Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

14
Nov18

Olha o desafio fresquinho! TAG 50 perguntas

A Ana Silva sugeriu-me para um desafio e verifiquei que já não respondo a tal coisa há muito tempo. Ora por esquecimento, ora porque já não tinha paciência e até porque não era desafiada. No entanto, com a escassez de ideias que andam para este lado, vou ali aceitar o desafio e responder a 50 questões! Vamos lá!

1. O que mais odeias em ti? Acho que não odeio nada em mim, já o fiz, mas agora não. Cheguei àquela fase da vida que aprendi a aceitar-me como sou e a melhorar naquilo que posso.

2. Peso recuso-me a responder, mas informo que sou mais magra do que deveria, mas apenas devido à genética!

3. Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde é que irias e porquê? Tenho tantos locais na minha lista! Mas ultimamente o que está no topo das prioridades, mas que teve de ser alterado para daqui a alguns anos, é a viagem a Nova Iorque. Hei de lá ir, mas a casa veio em primeiro lugar e, infelizmente, ainda não me saiu o euromilhões.

4. A última coisa que te fez chorar A fragilidade que se tem apoderado da minha avó, mas este é um segredo nosso.

5. Se pudesses voltar atrás no tempo o que mudarias? Rigorosamente nada, afinal fez de mim quem sou hoje. Se a vida tivesse sido diferente, se por alguma razão eu tivesse tomado uma outra opção hoje não estaria onde, orgulhosamente, estou.

6. Eu não vou morrer sem... Cumprir a minha lista de desejos, aquelas viagens que estão no top da lista de '5 sítios a visitar antes de morrer'.

7. Quanto tempo levas para ficar pronta para sair?

De manhã demoro 30 minutos, entre tomar o pequeno-almoço, preparar a lancheira e sair.

8. Último lugar que estiveste? Muito ambígua a questão. Viagens, Riviera Maya. Portugal? O trabalho.

9. Comida favorita Tudo que é massas cai muito bem. Lasanha, pizzas, bolonhesa, vai de tudo!

10. Comida que não comes de forma alguma Três coisas: atum, bananas e batatas cozidas.

11. Música do momento Nenhuma em especial, vou ouvindo o que vai na rádio, mas lembrei-me logo da dos Imagine Dragons.

12. Vivo perdendo... A paciência. Admito que a minha não é duracell.

13. Uma frase... Tudo acontece por uma razão, é mais o meu mantra.

14. Último concerto a que foste THE KILLERS, nossa! Como foi bom!

15. Última mensagem no whatsapp Do trabalho, algo sobre a terapia.

16. Última vez que te stressaste No sábado, os fins-de-semana têm sido tanto ou mais caóticos que a semana.

17. Tira uma selfie e mostra Havia de ser bom! 

18. Uma música com a palavra AMOR "O amor, uma palavra é a luz, o que é que eu faço, se é ela que me conduz"

19. O que é feio, mas tu achas bonito? Não faço a menor ideia...

20. Mostra a última foto do teu instagram Ora ide lá ao instagram da Just Smile !

21. Uma frase que a tua mãe diz sempre Coitadinho...

22. Eu estou...

Sentada a escrever estas respostas. Cheia de sono e sem vontade de fazer nada.

23. Eu sou... Sonhadora, simpática e positiva (pelo menos tento).

24. Eu quero... férias! Ando mesmo cansada, ou simplesmente ter assim um fim-de-semana inteiro sem trabalhar e sem sair de casa. Ambas complicadas de conseguir.

25. Ser amigo é... Ter sempre a pessoa ao teu lado quando mais precisas.

26. Quando morreres... Não estou preocupada, só quero ser cremada e não ficar em nenhum "mausoléu".

27. Um livro "A rapariga que roubava livros"

28. Um filme Oh tantos! Nem sei dizer um...

29. Uma meta a cumprir este ano Ter definido o projecto da nossa casa.

30. Queria ser uma formiga para... ver o interior de algumas vidas.

31. Calças ou vestidos? Calças, adoro vestidos, mas ando quase sempre de calças.

32. O que te faz feliz na TPM? Chocolate, pizzas, hambúrguer, resumidamente: porcarias.

33. Sê feliz ou... Faz a tua felicidade.

34. Queria ser... Mais corajosa.

35. Queria ter... Mais paciência.

36. Se eu fosse homem (mulher)... Seria um homem, despreocupado, penso.

37. Uma pessoa que tens/queres conhecer pessoalmente Não tenho ídolos, mas gostava de ter uma conversa com o David Fonseca.

38. Cerveja é bebida do homem, não minha de certeza.

39. Na noite passada... Deitei-me cedo e ainda assim acordei com vontade de não sair da cama.

40. Poderia ficar horas... A ler.

41. Uma careta... Oi?

42. O teu lema Cá vamos nós: Tudo acontece por uma razão.

43. Morres de medo de... Cobras, nossa!

44. Darias tudo para... Dar uma vida confortável àqueles que me rodeiam.

45. O teu maior defeito que é uma qualidade Teimosia, sei que sou teimosa e que por vezes devia desistir de algumas coisas.

46. A tua maior qualidade que é um defeito Confiança, quando confio em alguém confio demasiado. Por vezes corre bem, outras vezes a desilusão surge.

47. Uma blogger que tu admiras e 3 qualidades dela Há demasiadas bloggers que admiro, não só pelo blog, mas pelas pessoas que são. Não dá para falar apenas de uma.

48. Que horas são? 09h13

49. 5 palavras com a letra V Vida, vitória, velocidade, verde e voz.

50. Indique 5 pessoas para esta TAG Ora quem estiver interessado será muito "bem-vindo" a responder a este desafio :)

06
Jan16

O que não sabem sobre mim? II

IMG_6439.jpg

 

Não me importo nada de arrumar a cozinha, é algo que não me chateia. Odeio aspirar, aquele barulho intenso faz-me logo dores de cabeça. Porque não gosto de multidões? Porque tenho uma claustrofobia mínima e por isso mesmo também odeio elevadores e casas de banho de aviões. Porque não me agarro demasiado às pessoas? Porque tenho medo de me desiludir e como isso já aconteceu tantas vezes em tão poucos anos de vida, comecei a andar com um pé atrás com todos os que me rodeiam. Não gosto de partilhar os meus problemas porque me faz sentir impotente, como se eu própria não soubesse lidar com eles e porque acho que as pessoas não têm de andar com os meus problemas às costas. Odeio batatas cozidas porque parece que não me passam pela garganta. Tenho demasiado cuidado a comer peixe porque quando era pequena fui parar ao hospital com uma espinha na garganta e a minha mãe diz que a sorte era eu berrar tanto que o médico conseguiu logo tirá-lo. Tenho pavor a cobras porque quando era bebé e andava na fase de gatinhar uma cobra entrou dentro de minha casa e subiu as escadas todas e ia de encontro ao meu berço caso a minha cadela não tivesse alertado a minha avó para o perigo. Não gosto de gatos porque os acho falsos. Não gosto de bananas porque só o cheiro forte e doce delas deixa-me logo enjoada. Não gosto de chocolate branco porque o acho demasiado doce. Sou extremamente desarrumada nas minhas gavetas, acumulo papeis, fios e montes de lixo desnecessário e normalmente só as arrumo duas vezes por ano, mas pelo menos encontro sempre o que quero. Porque não gosto de entrar nas águas frias do norte? Porque descobri nas Canárias e na Tunísia o prazer das águas quentes e então desisti de entrar em águas frias. Sempre admirei grandes revolucionários, como o Salgueiro Maia, o Che Guevara e outros tantos. Por vezes em sonhar ser uma revolucionária acho que nasci na época errada. Porque sou tão independente? Porque tenho dois irmãos mais velhos que me ensinaram a ser assim, porque já viajei sozinha e estive longe dos meus pai durante algum tempo. Não gosto de ficar nas fotografias porque acho que fico sempre esquisita. Não consigo dormir em condições enquanto aquele raio de sol teimar em entrar no meu quarto. Desde sempre fui muito sonhadora, mas não era rapariga de sonhar com casamento, era mais de sonhar em mudar o mundo. Porque sou feminista? Porque li, vi e tomei conhecimento de muitas histórias de mulheres que nunca puderam ser o que queriam por causa do homem. Adoro azul porque é a cor do céu e do mar. Adoro crianças porque desde pequena que ajudo a minha avó a tomar conta dos meus primos. A minha mãe diz-me que quando era pequena eu acordava e nem me vestia, nem tomava o pequeno-almoço antes de ir a casa da minha avó cumprimenta-la e ao meu avô. Tenho horror a centopeias porque uma vez estava a ler no meu quarto e uma me caiu no ombro e fiquei com o trauma. 

 

Assim até me ficam a conhecer melhor! 

04
Jan16

O que não sabem sobre mim? I

IMG_6439.jpg

O que não sabem sobre mim? Imensa coisa e até ando por cá há imenso tempo. Nasci por volta das nove horas da noite de um solarengo domingo em que a minha mãe pensava que podia aproveitar o sol de Inverno. Foi então a 17 de Fevereiro de 1991 que nasce a Just dos padrinhos, Smile porque o pai insistiu imenso. Ninguém esperava que esta família aumentasse e fora do tempo lá nasci eu, não fosse eu 10 e 13 anos mais nova que os meus irmãos. Cresci, praticamente com os meus avós maternos e depois com a minha mãe até entrar na primária. Nunca andei no infantário, brincava muito sozinha e muitas vezes ia para o monte e para o campo com o meu avó brincar. O meu primeiro beijo foi por volta dos sete ou oito anos, com o meu amigo de infância, num campo rodeado de malmequeres e milho. Aprendi a nadar com o meu irmão no rio da terrinha. Aprendi tardiamente a andar em bicicleta sem as rodinhas, já tinha cerca de 8 anos quando me espetei pela primeira vez contra um muro. A cicatriz que tenho no meu joelho esquerdo foi de ir à mercearia fazer um recado à minha mãe. A cicatriz que tenho na testa do lado esquerdo, que o cabelo tenta sempre tapar, foi de varicela. A cicatriz no queixo de um sinal que tive genético, a minha tia já o teve e aos vinte e poucos anos tirou-o, a minha mãe também já o teve e aos trinta e poucos anos também o tirou e à minha madrinha aconteceu a mesma coisa. Tenho 4 furos nas orelhas, 3 numa e 2 noutra, dois foram feitos aos 12 anos, outro aos 14 e o último aos 18. Aos 22 anos fiz a tatuagem de que tanto me orgulho (e que tão pouca gente conhece). Porque odeio GreenDay? Porque o teimoso de um amigo do início da adolescência obrigou-me a ouvir o disco deles inteiro uma vez e aquilo irritou-me de tal modo que nunca mais quis ouvir GreenDay. Fiz teatro durante cinco anos e foi o local onde fiz as figuras mais tristes da minha vida, todas elas me trouxeram imensos sorrisos mas também muito trabalho. Porque adoro girassóis? Porque gostam tanto do sol quanto eu. Porque não gosto de atum? Porque uma vez comi uma massa de atum que me parou a digestão e a partir dai nunca mais quis comer atum. Não gosto de cor-de-rosa porque essa cor sempre foi associada às mulheres, chama-lhe feminismo ou o que quiseres mas desde pequena que odeio rosa e ainda hoje só uso nas unhas. Quando era pequena tinha repinhas e o cabelo super-curto, odiava aquele cabelo mas a minha mãe obrigava-me a andar assim porque eu arrancava travessões e qualquer coisa que me prendesse o cabelo. Porque comecei a ler? Porque o meu irmão quando foi estudar para Coimbra vinha todos os fins-de-semana a casa e quase sempre trazia-me um livro, agarrei-me aos livros devido à saudade do meu irmão e foi assim que lhe tomei o gosto. Tenho a terrível mania de ser teimosa, defendo as minhas ideias com unhas e dentes, mesmo às vezes acabando por não ter razão e raramente cedo. Odeio casas de banho desarrumadas, posso ser muito desarrumada em muitas outras coisas mas quando alguém vai tomar banho e deixa a casa de banho de pernas para o ar eu passo-me. Porque não vejo novelas? Porque odeio a realidade irreal que tentam transmitir e porque têm um final sempre feliz.

 

Já sabiam algumas destas coisas sobre mim?

 

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec