Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

07
Out20

A mudança para champô sólido

IMG_20200926_211850_780.jpg

(Imagem de Just Smile)

       Um dos meus objectivos para 2020 era diminuir o meu lixo, aliado de mudar alguns produtos de beleza para produtos mais naturais. Admito que essa mudança tem sido lenta, mas já consegui dar alguns passos, o gel de banho já não é utilizado por mim e agora passei também para um champô sólido. Admito ainda que esta última mudança ainda foi a que mais receei e mais pesquisei por vários motivos, tenho uma pele bastante sensível e faço facilmente reacção alérgica a qualquer produto e ainda o preço para investir em algo que não sabia se iria ser do meu agrado ou não. Mas como o meu champô estava a terminar, lá decidi arriscar.

       Antes de comprar um champô sólido decidi fazer uma pesquisa sobre os que estavam à venda no mercado e procurei por opiniões reais, afinal o meu cabelo é demasiado oleoso e fino para experimentar qualquer coisa (já para não referir, novamente, as minhas ricas alergias). Vi vários preços e opiniões nos próprios sites, mas foi em blogs que procurei as opiniões e onde me baseei sobre os mais variados produtos, afinal já existem muitas marcas de champôs sólidos. Acabei por optar pelo champô sólido para cabelos oleosos da loja Mind The Trash, produtos naturais e as opiniões pareceram-me ser bastante boas. Lá comprei o champô e...

        Não é que gostei? No primeiro dia em que o usei abusei do champô e demorei imenso tempo a tirar a espuma do cabelo, nunca pensei que um champô sólido desse tanta espuma. Nas vezes que se seguiram tive mais cuidadinho. E o cabelo? Ficou com uma leveza que já não sentia há algum tempo e com um cheirinho fresquinho bastante agradável. Quanto à oleosidade, consigo lavar o cabelo dia sim dia não, o que para mim já é óptimo. Fiquei bastante surpreendida por ter gostado deste champô e ainda para mais é feito de produtos naturais.

        Este champô foi sem dúvida mais um passinho no desperdício zero e para me tornar mais amiga do ambiente, até porque a embalagem é de papel reciclado. Yupi! Mais um passinho!

04
Mar20

Cuidar dos Olhos

(Imagem retirada daqui)

          No dia em que fiz anos, recebi um desconto da farmácia da minha localidade. Como andava com alguma irritação na pele à volta dos olhos, fui decidida em gastar o meu cupão num creme especifico para os olhos. Após me aconselhar com a farmacêutica, ela sugeriu-me escolher um creme hidratante para os olhos, mas já focado na prevenção e redução de rugas. O HORROR! Nunca ninguém me tinha falado em rugas, até porque a maioria das pessoas que me vêem ainda consideram que tenho apenas 20 anos! Admito que me senti um bocadinho atordoada quando me sugeriram um creme para combater as rugas, mas depois de verificar aquilo que me sugeriam apercebi-me que o creme parecia realmente ser adequado para mim.

            "Este creme suave e confortável atenua visivelmente as olheiras e alisa o contorno dos olhos e dos lábios." A verdade é que apesar de não notar que tenha obtido grande diferença quanto às rugas (até porque são quase nulas), noto alguma diferença quanto às olheiras em que diminuíram o seu inchaço de forma significativa, além de não andarem tão negras. E informo que as minhas olheiras são crónicas! A Caudalie tem sido uma marca que não me desilude, é cara, bem o sei, mas já consegui obter produtos a bons preços na internet e ao juntar pontos no próprio site, além de que consigo fazê-los durar imenso tempo. E apesar de não ser um produto zero desperdício, a embalagem continua a ser de plástico e vem envolvido em demasiado papel (algo em que ainda poderão melhorar), é um produto 91% feito à base de produtos naturais e não é testado em animais, o que nos últimos tempos são critérios na escolha de qualquer produto cosmético.

            Estou a tornar-me numa fã da Caudalie!

 

05
Mar18

Caudalíe uma marca orgânica

(Imagem retirada daqui)

 

       Como já vos referi por estes lados, tenho uma pele bastante sensível, seja no corpo como na cara, e quando me receitam ou descubro um produto que tenha bons efeitos não o largo até que a minha pele diga que está na altura. Em Outubro fui a uma nova consulta com o dermatologista em que saí de lá completamente frustrada, sem ouvir os meus problemas ou os valorizar, o senhor doutor receitou-me um fixador de maquilhagem. Ora aqui a Just, que não usa maquilhagem, que tem uma pele extremamente oleosa, mas pouco nutrida e que tem mil e quinhentas sensibilidades vai lá usar fixador? Na farmácia, onde me ouviram e compreenderam a minha frustração, aconselharam-me a usar outros produtos, o champô da Furterer e o Serúm S.O.S. Hidratante da Caudalíe. Andando eu numa fase da vida em que quero ter mais cuidado com os produtos que uso e pretendo os mais naturais possíveis, questionei imediatamente a origem de ambos os produtos e a resposta satisfez as minhas necessidades.

       Sobre o champô já partilhei com vocês as maravilhas que ele faz, nomeadamente, uma pessoa que lavava todos os dias o cabelo, passou a lavá-lo dia sim, dia não. Quanto ao Sérum quis deixar passar mais algum tempo para vos conseguir dar uma opinião mais formada e a verdade é que só tenho a dizer coisas boas. Quando a farmacêutica me sugeriu o Caudalíe S.O.S. Hidratante admito que fiquei um bocadinho reticente, até porque a minha pele é tão oleosa que precisaria de um hidratante S.O.S.? E foi então que compreendi que este Sérum, seria de fácil absorção pela pele devido à sua consistência bastante aguada e que só assim se poderia filtrar na pele e realmente a começar a hidratar de dentro para fora. Aceitei o argumento, que me pareceu ter uma boa dose de lógica e foi quando questionei sobre a origem dos produtos e se me fariam algum tipo de reacção, ao que a farmacêutica me respondeu que a Caudalíe é uma marca orgânica, ou seja, utiliza apenas produtos naturais para a sua produção. Com um sorriso no rosto, mas um bocadinho céptica, lá levei os produtos para casa e experimentei. E o resultado?

       Ao fim de cinco meses a usar o Sérum da Caudalíe, indo já na segunda embalagem, apenas tenho a dizer coisas boas. A minha pele parece completamente diferente! Neste momento não tenho a pele extremamente oleosa, só ao final do dia noto que realmente já existe um bocadinho de gordura na zona da testa e do nariz. Ao contrário dos meus receios não fiz rigorosamente reacção nenhuma, nem vermelhão, nem comichão, nem outra coisa qualquer. A única coisa que notei nos primeiros dias foi que as pálpebras, zona onde nunca passei creme, começaram a esfolar ligeiramente devido a continuar a utilizar a solução de lavagem Acnaid, contudo a partir do momento em que também comecei a passar nas pálpebras nada posso apontar. A pele fica suave e fresca durante o dia todo e não existe aquela sensação de desconforto. Estou com a pele fantástica e nota-se a diferença. O único 'se' é realmente o preço, cerca de 26€, no entanto, se há algo que não me importo de gastar dinheiro é em produtos para a pele, visto ser uma esquisitinha de primeira, além de que consigo fazer o creme durar cerca de três meses.

      O próximo passo? Será experimentar a utilização de água micelar de manhã e só usar a solução de lavagem à noite, para ver como a pele se comporta. Para já, e espero que por muito tempo, manter-me-ei fiel ao Sérum Caudalíe S.O.S. Hidratante.

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec