Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

02
Out18

A minha garrafa Zero Desperdício

IMG_20181001_094416.jpg

(Imagem de Just Smile)

 

      Há algum tempo que andava à procura da garrafa ideal para levar a minha água. Estava cansada de usar as garrafas de água descartáveis e de cada vez que as comprava sentia um peso na minha consciência ambientalista (isto existirá?). Admito que a minha esquisitice complicou esta procura, não queria garrafas de plástico, pois facilmente adquirem sabor e mais tarde ou mais cedo iria ter o mesmo destino que as outras. Não queria de vidro, pois andar com uma garrafa de vidro na carteira é pesado e seria um risco ao trabalhar com crianças. Queria de 750ml, o que nem sempre é fácil, pois muitas das que vi eram de 500ml ou de 1l, não existindo aquele meio termo que tanto desejava. E ainda queria que fosse agradável esteticamente e que não me levasse à falência. Para uma simples garrafa estes eram muitos critérios o que me levou a ir adiando a sua compra. Ora as garrafas não tinham a medida que queria, ora eram de plástico (o mais comum), ora eram pesadas. Durante bastante tempo mantive a minha busca e não desisti até encontrar o que realmente queria.

       Sem saber bem como descobri o Chilly Bottles que tinha tudo aquilo que desejava e muito mais. As garrafas eram esteticamente bonitas, eram na medida desejada e ainda tinham a vantagem de conservar o calor ou o frio, ou seja, cházinho quente no Inverno e água fresca no Verão. O preço? Admito que não foi o mais amigável, mas dentro do género de garrafa e das suas características foi realmente a mais barata. E se gosto dela? Adoro! Nestes dias quentes de Outono (que mais parece ainda Verão) a água tem-se mantido fresca até à última gota, não verte, não é demasiado pesada e cabe na perfeição na minha carteira. Adorei o investimento e para quem ainda está na dúvida? Arrisquem, vale bem a pena, além de gira é super-prática.

 

P.S.:Este post não tem qualquer tipo de patrocínio, mas aceito ofertas :P 

23
Mai18

Os vernizes Rimmel 60 segundos

IMG_20180522_120143.jpg

(Imagem de Just Smile) 

 

       O meu primeiro post sobre os vernizes Rimmel 60 Segundos (aqui) tem sido um dos posts visitados com maior frequência, o que me leva a crer que nós mulheres preocupamo-nos imenso com as nossas unhas. Eu admito que brincos e unhas arranjas são aquilo que me fazem sentir bem, fazem-me sentir feminina, mesmo que ande 80% do tempo de sapatilhas e jeans, são estes pequenos pormenores que me fazem sentir a confiança feminina que todas as mulheres devem sentir. Pode parecer ridículo, mas são realmente estas duas pequenas coisas que me fazem sentir mulher e gosto de ter sempre uns brincos e as unhas arranjadas (nota-se bem que quando não as tenho é porque são alturas de maior trabalho). Durante grande parte da minha vida não pintava as minhas unhas, apenas para ocasiões especiais e casamentos, no entanto, quando comecei a trabalhar apercebi-me que precisava de ter um bocadinho de mais atenção à minha imagem e as unhas foi um desses factores que mudou, além de que para quem andava todo o dia de farda, ter as unhas pintadas era apenas dar um bocadinho de caracterização à minha indumentária.

        Por altura do meu segundo emprego, fazia imensas massagens, passava o dia a lavar as mãos, a desinfectá-las, a pôr cremes e luvas e consequentemente as minhas unhas começaram a ficar quebradiças. Qualquer coisa tinha uma unha estalada, por muito pequenas que estivessem era normal ter unhas meias partidas e lascadas, o que com verniz era um verdadeiro tormento, foi então que decidi começar a usar o verniz gel. Durante um ano ia de 3 em 3 semanas à manicura e realmente compreendi os milagres de tal verniz, contudo o desemprego chegou e por questões de poupanças tive de deixar de fazer tal tratamento de beleza. Apesar de ter deixado de fazer as unhas de verniz gel apercebi-me de que estava de tal forma habituada a pintar as unhas que não fazê-lo estava a começar a deixar-me estranha, foi então que dei início à minha busca pelo verniz perfeito. Eu, como em tantas outras coisas, sou uma verdadeira esquisita. As minhas unhas, quando pintadas com verniz, demoram uma eternidade a secar e como consequência inúmeras foram as vezes (vá, quase todas) em que as pintava e ao fim de algumas horas já tinham defeito, ou uma marca ou o tecido das calças gravado nas unhas ou alguma unha que lascou ou até a parvoíce de ter de ir à casa de banho logo após de as ter pintado. O drama era real, principalmente para mim que me habituei a tê-las sempre tão bonitas. Até que descobri, como mero a acaso, os vernizes Rimmel 60 Segundos e foi amor à primeira experiência.

       O Rimmel 60 segundos tem um pincel largo para pessoas menos aptas a saberem pintar as unhas, tal como eu, o que não faz com que surge tanto os dedos porque parece ter o desenho perfeito para pintar as minhas unhas. Ao fim de uma hora, e não estou a exagerar, já não preciso de ter receios com marcas e verniz estalado, faça o que fizer o verniz seca realmente rápido e posso na mesma noite passar duas camadas seguidas que, seguramente, não fico com a marca dos lençóis. O verniz aguenta perfeitamente uma semana sem estalar e posso fazer as minhas tarefas diárias sem qualquer tipo de medo de estragar seja o que for. Fiquei de tal forma satisfeita com o verniz que nunca mais comprei outra marca. O único 'se' é que uma camada não é suficiente para durar a semana toda, esteticamente não fica nada mal, mas a segunda camada dá mais brilho e faz com que aguente mais tempo sem lascar, mas nem isto me parece ser um contra.

Em Portugal o verniz é um bocadinho caro, em média 4,50€, mas tenho-o comprado na Primor a 1,50€. Tem imensas opções, têm saído cores novas e realmente este tornou-se o meu verniz de eleição. Adoro as cores que mandei vir, adoro a rapidez com que seca e, acima de tudo, a facilidade com que consigo pintar (e olhem que sou bastante trapalhona!). Para mulheres, como eu, sem tempo, sem muita paciência, mas que adoram ter as unhas sempre arranjadas sem dúvida alguma que o verniz Rimmel 60 Segundos é o verniz perfeito!

 

P.S.: E não, não tenho nenhuma parceria com a Rimmel, mas não me importava nadinha!

27
Abr18

Água Micelar Simple

(Imagem retirada daqui)

 

       Só há pouco tempo conheci os benefícios da água micelar e admito que durante algum tempo estive um bocadinho reticente. No entanto, desde que mudei de creme hidratante para o Sérum Caudalie que notei que a minha solução de lavagem facial estava a ser demasiado agressiva para ser utilizada duas vezes por dia. Talvez por o Sérum ser um hidratante mais suave, talvez por ao fim de tantos anos a solução de lavagem já estar a ser demasiado para a minha pele que tem mudado nos últimos tempos. Assim, decidi que iria experimentar utilizar uma vez por dia água micelar e que na outra iria utilizar a solução de lavagem. A primeira questão foi encontrar uma água micelar que combinasse qualidade, peles sensíveis e um bom preço. Sugeriram-me Garnier e umas outras quantas marcar de água micelar, mas em que todas estavam com valores mais elevados que aquilo que estava disposta a dar. Assim, decidi ir ao Continente e investigar. Vi algumas com preços bastante acessíveis, vi outras de marcas bastante acessíveis mas acabei por optar pela Simple. Já há algum tempo que utilizo as toalhitas desmaquilhantes da Simple que são realmente fantásticas, não só têm um preço acessível como removem facilmente a maquilhagem e deixam a pele bastante suave. A melhor parte? Não fiz reacção negativa ao produto, o que costuma ser algo bastante raro, contudo também compreendo que é um produto bastante básico e que evita utilizar corantes e sem álcool ou odores artificiais.

      Assim, cheguei a casa com a água micelar da Simple e decidi que iria utilizar de manhã antes de colocar o hidratante para tentar agredir o menos possível a pele e que só à noite iria utilizar a minha solução de lavagem, que controla a sebosidade da pele, e só depois colocaria o sérum da Caudalie. Nos primeiros dois dias percebi que a minha pele estava um bocadinho mais oleosa que o costume e comecei a ficar preocupada, afinal sebosidade excessiva em pele sensível dá mau resultado. Ao terceiro dia decidi tentar mudar a rotina de limpeza da pele, até porque parei para ler cuidadosamente a embalagem da Simple e verifiquei que a água micelar também é hidratante. Optei então por alterar a rotina, de manhã continuaria a utilizar a solução de lavagem, colocaria o Sérum e à noite só utilizaria a água micelar. Mudei esta minha rotina há duas semanas e a minha pele tem estado fantástica! Pouca oleosidade, hidratada e suave, como gosto de a ter.

       Bastou alterar a minha rotina que comecei a adorar a água micelar Simple. Limpa, suaviza a pele e ainda a hidrata, não tendo de usar cremes durante a noite. Espero não estar a cometer nenhum erro com esta minha mudança, até porque pela primeira vez 'auto-medico' a minha pele em alguns anos e estou sempre receosa de cometer algum erro crasso. Que dizem fashion blogger e entendidas em beleza, estou a fazer bem? Pelo menos a minha pele tem gostado!

 

Inspiração da Semana

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal