Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

13
Jan20

Desejos de Poupanças para 2020

(Imagem retirada daqui)

      Uma das minhas resoluções de 2020 é, sem dúvida alguma, poupar mais do que em 2019. Não é que não tenha poupado, mas este ano de 2020 espero começar a fazer a nossa casa e sei que daí irão advir muitas despesas extras com as quais, provavelmente, não estamos a contar. Assim, sabendo que vem aí um par de anos bastante dispendiosos (coisa que tanto me assusta ao construir uma casa) sei que tenho de poupar no máximo de coisas possíveis. Há apenas uma coisa de que não quero abdicar, que a alguns poderá parecer bastante fútil, umas férias, considero-as essenciais à minha sanidade mental e até considero que é importante contar já com essa despesa para fazer orçamentos futuros. No entanto, há outras coisas nas quais não me importo minimamente de poupar ou que até, aos meus olhos, são menos essenciais, nomeadamente:

      - Poupar nas idas a jantar fora, nunca me tinha apercebido do quanto gastamos ao longo de um ano em ir jantar fora, mas no final das contas de 2019 apercebi-me que ainda é um valor considerável. É verdade que não é muito comum irmos os dois jantar fora, mas no meio das jantaradas com os meus amigos, com os amigos dele o orçamento utilizado em 2019 para essa fatia das despesas assustou-me! Uma das coisas em que 2020 quero poupar é nas idas a jantar fora, take-way não é algo a que recorremos com frequência, mas as jantaradas com estes e com aqueles levaram-nos um bom valor do orçamento. Em 2020, as coisas serão diferentes!

      - Poupar nas despesas de roupa e calçado, durante o ano de 2018 fomos demasiado contidos ao comprar este tipo de produtos, o que fez em que 2019 o orçamento desta área triplicasse! Como no ano passado conseguimos ir substituindo a roupa necessária e como acabamos por encher mais o armário, com calçado e roupa de melhor qualidade (coisa que também se paga mais caro), espero que este ano a roupa não tenha uma fatia tão grande nas nossas despesas. Afinal, espero que o facto de ter investido em qualidade me leve a ter de substituir menos peças de roupa.

      - Poupar em médicos e farmácia, apesar de não ter começado 2020 da melhor maneira (já fui ao médico e já fui duas vezes à farmácia), espero este ano ao ter melhorado a minha alimentação, ao tentar diminuir alguns factores de stress na minha vida (como foram os estudos no ano passado) e até a ter começado a praticar exercício físico, considero que os valores gastos em saúde sejam menos dispendiosos ao longo de 2020. Aliás, este ano até na prevenção apostei ao tomar a vacina da gripe e ao tomar vitaminas, por isso no fim de 2020 espero dizer que as minhas despesas com médicos e farmácia diminuiu drasticamente!

    Há noutras coisas que adoraria conseguir diminuir o orçamento, mas são coisas demasiado incertas, como por exemplo no combustível, no mecânico e no supermercado. Para tais contas diminuírem o seu valor seriam necessárias algumas alterações na nossa vida profissional, nomeadamente, trabalhar mais perto, como me parece que tal facto está longe de acontecer, volto a definir objectivos que estão inteiramente e exclusivamente dependentes de mim (e da boa sorte!).

        Ao falar aqui destas coisas, até parece que em 2019 não poupei em nada, o que não é verdade. Conseguimos poupar ainda algum dinheiro que nos permite começar a avançar com as coisas para a construção da nossa casa, o que faz com que algumas das nossas técnicas de poupança sejam para manter em 2020, nomeadamente:

        - Continente Online, parece que não mas pagar a anuidade de entrega das compras do Continente Online permitiu poupar algum dinheiro, porquê? Porque quase tudo o que compramos para casa está em promoção, sejam detergentes, mercearias ou outros afins. Começou a ser mais fácil verificar as verdadeiras promoções das supostas promoções e ainda conseguimos poupar dinheiro em deslocações e tempo.

      - Registar todas as despesas, eu fui muito certinha ao longo deste ano, Ele nem tanto. O que não nos dá uma informação fidedigna sobre as nossas despesas no final de 2019, no entanto esta é uma daquelas técnicas que temos de manter em 2020, para ver como andam os pontos de situação dos nossos orçamentos.

Estas foram sem dúvida aqueles dois aspectos que mais me ajudaram ao longo de 2019 a manter as minhas finanças debaixo de olho. Quero preservá-las para 2020, mas quero realmente cortar alguns custos, de modo a conseguir poupar mais e melhor ao longo de 2020. Têm mais sugestões para poupanças?

23
Set19

Ir à descoberta na Feira do Livro no Porto

IMG_20190919_090214.jpg

         Sou cliente assídua da Feira do Livro do Porto. É um dos momentos mais ansiados ao longo do ano, evito até de comprar livros alguns meses antes de modo a conseguir comprar na Feira (vida de pobre é assim mesmo...). Lembro-me de há alguns anos ir com uma lista infindável de livros que queria comprar, lista que vai crescendo ao longo do tempo, mas que deixei de levar comigo para a Feira do Livro do Porto.

IMG_20190919_090234.jpg

        Nos últimos dois anos descobri duas excelentes coisas na Feira do Livro, coisas que já existiam, mas para as quais não dedicava a minha atenção: Caixas de livros a menos de 5€ e Livros usados. Contudo, também aprendi que as melhores oportunidades surgem logo no primeiro fim-de-semana da Feira, pois cheguei a ir em outras alturas e não encontrei nada que realmente me chamasse à atenção. Admito que deixar-me encaminhar pelas livrarias sem procurar nada em concreto tem sido uma delícia que me permite conhecer novos autores, a revelação de alguns excelentes livros e conhecer o desconhecido. Olhar para livros que parecem abandonados, que nunca os tinha visto na vida, não só é uma oportunidade de abrir novos horizontes, como também acaba por ser uma bênção para a carteira. Este ano decidi manter exactamente este tipo de pensamento "vamos ver o que há este ano na Feira do Livro" e lá fui eu toda contente, como uma criança na ida ao parque, comprar mais que uma mão cheia de livros.

         Gosto de variar nas minhas leituras e este ano isso não foi excepção, um bocadinho de história ali, um bocadinho de romance acolá e um nadinha de acção aqui. Adoro manter as minhas leituras diversificadas, caso não o sejam acabo por me cansar do mesmo estilo e fico facilmente aborrecida. Desta vez vim da Feira com um saco cheio de livros, por menos de 45€ e com bastante variedade de escrita. Andava ansiosa por ler o Tatuador de Auschwitz, assim como Carry On e na Feira estavam realmente mais baratos, foi a oportunidade certa para os trazer para casa. Chocolate é um daqueles livros que já vi algumas vezes o filme, mas nunca li e estava tão barato que decidi arriscar e ler mais um livro de filmes que já vi. Os restantes soaram bem aos meus ouvidos, pareceram ser os livros certos e acredito que se tenham cruzado comigo por algum motivo. Este passeio à Feira foi perfeito, agora só falta comprovar as boas compras. E que compras fizeram vocês?

26
Ago19

Conhecem o Plano Well's Saúde?

(Imagem retirada daqui)

         Quem segue o meu blog sabe que no início deste ano a minha saúde não andava a melhor. Estive alguns dias de baixa, sem saber o que se passava realmente comigo e acabei por frequentar as consultas privadas para ver se a coisa se resolvia mais rapidamente. Costumo ir a um Hospital Privado aqui da zona onde normalmente as consultas são atempadas e de fácil acesso. Acabei por gastar uma pequena fortuna em consultas, exames e afins, sim porque ao ir ao público apenas me despacharam com antibióticos e a coisa não estava a correr muito bem. Na hora de pagar utilizava o Plano de Saúde da Medicare de quem era cliente há alguns anos, até que a senhora da secretaria (bendita seja!) me perguntou se tinha Cartão Continente, afirmei positivamente, "Compensa-lhe utilizar o Plano da Wells", responde-me a senhora. Sem perceber bem lá pedi que me esclarecesse e agora passo-vos a informação que desconhecia.

           Quem tem Cartão Continente, tem acesso a um Plano de Saúde da Wells de forma totalmente gratuita em que as consultas de especialidade e exames ficam significativamente mais baratos, com o acréscimo de ficar ainda algum valor em Cartão Continente. Ou seja, as consultas ficaram-me ainda mais baratas do que com o meu Plano de Saúde da Medicare, onde pagava mensalidade, pelo simples facto de acumular dinheiro em Cartão Continente. Parece sorte a mais não parece? Mas a verdade é que o Plano é totalmente gratuito, basta sermos Clientes Continente e dar o nosso número de cliente na recepção na hora das compras. Podem tirar todas as vossas dúvidas aqui. E não, não é qualquer tipo de publicidade é simplesmente para vos ajudar a poupar

           Já conheciam?

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec