Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

25
Nov19

Organizar a agenda, a pensar em mim

IMG_20191120_155419.jpg

(Imagem de Just Smile)

         Para a maioria das pessoas, incluindo eu mesma, os dias com 24horas parecem ser sempre insuficientes para fazer todas as listas de tarefas que há para fazer, sejam profissionais ou domésticas. Entre Outubro e Dezembro a minha agenda torna-se verdadeiramente caótica, voluntariado aqui, voluntariado ali, relatórios acolá, reposições de consultas além e jantares mais do que os próprios dias do mês. Admito que esta altura do ano costuma ser bastante custosa e que, apesar de adorar tudo o que faço, voluntariado ou não, acabo por ficar de rastos antes das férias do Natal. Este ano obriguei a manter a minha agenda aberta para as minhas coisas de forma a não chegar às férias do Natal em modo zombie. Nem sempre é fácil conseguir gerir tudo, sou uma pessoa bastante activa na minha comunidade, evito dizer que não e depois dou por mim com um cansaço extremo que acaba por afectar a minha saúde. Ao colocar-me como uma das minhas prioridades não estou a ser egoísta, estou apenas a ser mais criteriosa naquilo a que posso dar resposta com o meu melhor. Estou simplesmente a definir melhor as minhas prioridades e a melhorar a gestão do meu tempo.

         Alguns nãos tiveram de ser proferidos, claro que as minhas responsabilidades na associação e no meu cargo foram mantidas, mas tudo o que era extra tive de começar a dizer que não. Jantares e mais jantares (só de pensar o meu estômago já fica ressentido), longas noites com poucas horas de sono e grandes despesas na carteira tiveram de ser cortados. Optei por aceitar os convites das pessoas que mais gosto e que não via há mais tempo, sei que por vezes isso faz com que perca a oportunidade de conhecer melhor outras pessoas, mas neste momento sinto a necessidade de preservar quem já está na minha vida e é a elas que prefiro dedicar o meu tempo.

      Voluntariado sim, mas não exageremos. Estou envolvida directamente, ou seja na gestão da coisa, em pelo menos duas situações, a terceira simplesmente a faço se tiver tempo, algo que nesta altura do ano não acontece com regularidade (já disse que até ao fim-de-semana antes do Natal tenho a agenda toda cheia?). Nos últimos dois anos ainda disse que sim e vi-me atrapalhada na gestão do tempo, este ano tive mesmo de optar por dizer que não.

        Organização e não só na agenda. Manter o ginásio, conseguir ler, manter os amigos, acalentar a relação, trabalhar seis dias por semana e ainda ver séries não é fácil e a minha gestão tem sido enorme. Noto que por vezes falho num ou noutro compromisso, nada de importante, mas sei que não dei o meu melhor (algo que me irrita profundamente). Tento sempre deixar tudo prontinho, jantar, roupa, mala e coisas para o dia seguinte, antes de ir para o ginásio. A roupa tem sido arrumada todos os dias e tenho tentado manter a cozinha 100% limpa para não ter de perder uma hora só a limpa-la. Organização na agenda implica organização no resto da vida.

         Antecipar o mais possível, seja as compras, seja as limpezas. Admito que esta é a área que mais preciso de desenvolver, a única coisa que realmente consigo antecipar são as refeições e é um trabalho feito apenas na véspera. Consigo antecipar eventos e semanas completas de trabalho e tarefas para realizar, contudo não consigo ir além disso e é nessa área que mais preciso de desenvolver as minhas competências.

           A verdade é que gerir a agenda acaba por ser uma questão de gerir a própria vida e as nossas prioridades. Nem sempre é fácil saber prioritizar as coisas que nos são realmente importantes e esse é o primeiro passo, saber o que realmente é mais importante nas nossas vidas, mas só a partir desse momento é que saberemos organizar a nossa agenda.

02
Set19

Vamos lá definir novos objectivos?

(Imagem retirada daqui)

         Setembro soa-me sempre a renovação de energias. 2019 tem sido um ano terrível e o meu principal objectivo deste novo mês é deixar para trás das costas todas as coisas más que têm acontecido. Quero renovar a minha energia e a minha tranquilidade no início deste novo ano lectivo, quero voltar à minha rotina das escolas com maior positividade e transmitindo boas energias a quem me rodeia. Sinto que tenho de deixar de lamentar o que se passou até aqui e que preciso de enfrentar o que ainda está por vir. Este irá ser o mês em que me concentrarei um bocadinho mais em mim, nas minhas coisas e em tentar manter a tranquilidade da vida que tanto gosto. Sei que já tenho a agenda cheia de muitos afazeres, formações para dar, o início do novo ano lectivo, consultas para dar ao sábado e até reuniões da associação, mas quero que cada uma destas coisas seja devidamente organizada na minha mente e gerida com alguma facilidade. Por isso, este mês sei que preciso de definir objectivos para mim própria de forma a conseguir colocar o trabalho e a rotina de lado e começar a dar sustentabilidade a uma rotina de 'mim própria'. Assim durante os mês de Setembro existem algumas coisas que quero fazer:

           - Ler 1 livro, vamos lá voltar à rotina. Já vos disse que já terminei a pós-graduação (por acaso estou com a sensação que não...)? Por isso espero ter mais algum tempo e disposição disponível para ler um bocadinho. Vamos ver se consigo voltar a introduzir este hábito na minha rotina diária.

            - Ir a uma aula de ioga, o ginásio da terrinha, onde ainda fui a uma ou outra aula há alguns meses, vai agora ter ioga por isso gostava mesmo muito de pelo menos ir experimentar uma aula de ioga. Gostei quando fiz ioga e sei que preciso de melhorar a minha elasticidade.

             - Ir pelo menos 4 vezes ao ginásio, outra coisa que preciso desesperadamente de voltar a incorporar na minha rotina. Já não é só uma questão de bem estar, mas de saúde, as minhas costas precisam de melhorar e sei que preciso de voltar a fortalecer os meus músculos.

              - 1 refeição por semana vegetariana, comecei a tentar implementar na nossa alimentação algumas refeições vegetarianas em Agosto, em Setembro pretendo dar continuidade a este objectivo de forma a diminuir o impacto no meio ambiente da nossa alimentação.

              - Ir à Feira do Livro do Porto, manter tradições. Este ano tenho a ideia de comprar menos livros e gastar menos dinheiro, não tenho conseguido ler ao ritmo que desejava, o que faz com que tenha três livros lá em casa em que ainda nem sequer toquei. A intenção este ano é ir realmente à descoberta de novos livros e novos autores.

            Setembro que seja mês de renovar energias, mês de me voltar a re-organizar e de voltar a ter tempo para mim. Que o mundo conspire a meu favor, por favor!

30
Abr19

E já foste Abril... E agora Maio?

(Imagem retirada daqui)

      Estou à espera que o ano comece a decorrer com alguma estabilidade, com mais saúde e com mais descanso. Parece que 2019 teima em ser um ano cansativo, cheio de percalços e de uma instabilidade generalizada que me deixa desagradavelmente ansiosa. Contudo, apesar de nada à minha volta ter mudado, Abril trouxe consigo alguns dias de férias essenciais à minha sanidade mental e ao meu bem estar físico. Os sinais de cansaço que o corpo já dava eram mais que evidentes e as férias surgiram na altura perfeita (e agradeço aos céus por as ter tido, pois houve ali momentos em que achei que tal coisa não aconteceria). As férias permitiram colocar muita coisa em dia, mas mais que isso permitiram-me reestabelecer algumas das energias perdidas e isso foi fundamental. Além disso consegui concretizar alguns dos meus objectivos, coisas simples, mas que me fizeram procurar tempo para fazer aquilo que gosto.

       - Experimentar uma nova receita, cozinhar tornou-se numa espécie de escape do final do dia e este mês arrisquei mais na cozinha, nada de especial para alguns experts, mas para mim soube-me bem e fiquei contente com o resultado das novas experiências. Infelizmente não existem fotos para o comprovar, só no fim da refeição é que me lembrei de que poderia ter tirado uma fotografia.

         - Terminar de ler "Os homens que odeiam as mulheres", e valeu tão a pena! A opinião já está no blog e já tenho em cima da mesa "Admirável Mundo Novo", apesar de nem o ter aberto.

       - Tarde de sol, na esplanada com um livro, não aconteceu bem assim, mas aproveitei algumas tardes de sol. Não na companhia do livro, mas em boas companhias e isso soube-me pela vida.

       Foi um mês de fazer uma limpeza geral à casa (ai como odeio limpezas!), de ver muitas séries, de ver filmes e passar um bom par de horas a ver televisão. Foi mês de mais um antibiótico, mas em compensação de muito descanso. Foi mês de ver empreiteiros e o desenho da casa finalizado. Foi mês de gastar fortunas em reposição de algumas peças de roupa e até mês dos amigos. Abril foi mês de almoço em família, de Páscoa e de um aconchegozinho no coração maravilhoso. Apesar de tudo, Abril foi um bom mês.

       E para Maio? Nem sei bem o que quero para Maio, queria voltar ao exercício, mesmo tendo de deixar a piscina de lado. Queria ler mais e até conseguir dormir mais, mas a verdade é que entre Maio e Julho os mês avizinham-se com tanto trabalho que só de pensar é assustador e nem sei bem como encaixar aquilo que gostava de fazer nos horários de loucos que vou ter. Contudo vou auto-obrigar-me a fazer objectivos positivos, a pensar unicamente em mim, de modo a conseguir aproveitar alguns momentos de descanso mental.

      - Fazer algum exercício, não será piscina certamente e até ando em busca de alguma aula que me chame à atenção em algum ginásio, mas para este mês quero é mexer-me, nem que sejam algumas caminhadas a bom ritmo durante a semana.

        - Ler 30 minutos por dia (tirando o dia da Guerra dos Tronos), ora vamos lá voltar ao ritmo, mas sem prejudicar a série do momento.

        - Jantar fora, vamos lá ver se nos concentramos um bocadinho em nós mesmos e aproveitamos para ir jantar fora, seja lá onde for.

       Não são objectivos de génio, mas são objectivos centrados na minha necessidade de escapar ao trabalho e à rotina, objectivos que me permitirão desligar o botão e aproveitar um bocadinho daquilo que a vida tem para dar. Vem Maio e traz boas energias contigo!

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec