Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

10
Set18

Um mais Um (8/12)

(Imagem retirada daqui)

 

       A vida tem estranhas formas de nos surpreender. Adora pôr-nos à prova, adora fazer-nos cair e obrigar-nos a fazer um enorme esforço para nos levantarmos. A vida joga connosco, um jogo com poucas ou nenhumas regras, em que a única opção que nos dá é continuar a tentar. Assim é a vida de Jess, por mais provas que a vida lhe tenha dado do contrário o seu positivismo e a sua vontade de continuar foram sempre mais fortes. Com dois filhos um tanto ou quanto estranhos para o mundo, mas maravilhosos aos seus olhos, Jess sempre foi lutanto para lhes dar o melhor. Achando que o ex-marido estava doente e em tratamento, fez de tudo por todos, esquecendo-se de si própria, como tantas mulheres por esse mundo fora. Até ao dia em que a sua vida dá uma volta, numa viagem louca para levar a filha a umas Olímpiadas da Matemática em que o prémio a ajudaria com inúmeras contas.

    Assim começa a aventura de Jess, de Tanzie e de Nick, três personagens inesperadas num romance, três personalidades totalmente opostas, mas uma família como tantas outras. Um livro inesperado, um romance familiar e imprevisível, cheio de aventura e momentos cheios de emoção, um livro que me prendeu e que me fez continuar a desejar ler. Não é um livro complicado, não é um livro poético nem fislosófico, mas a verdade é que é um livro com que facilmente nos conseguimos identificar em algum momento ou com uma personagem ou com algum momento em particular. Um livro que adorei por isso mesmo, pela preserverança de Jess, que tantas vezes precisei, pela persistência e resiliência, mas também pelo amor que tem aos filhos, que tem à família.

     Este éum livro que aconselho a quem deseja uma leitura leve, simples, mas que nos mexa com as emoções. Jojo Moyes, mais uma vez não me falhou.

40978497_897202473817451_7776264264817311744_n.jpg

06
Set18

La Casa de Las Flores

(Imagem retirada daqui)

 

      Uma das mais recentes séries da Netflix é La Casa de Las Flores, o nome chama logo à atenção, principalmente depois de ter visto La Casa de Papel. Mas enganem-se se acham que esta nova série de Língua Espanhola é algo semelhante à Casa de Papel, é que nem de perto, nem de longe. Esta é uma série Mexicana, uma espécie de sátira às novelas Mexicanas cheia de humor negro e um dos enredos mais complexos e ridículos a que já assisti. É uma série cheia de personagens loucas e descompensadas. Uma espécie de família perfeita que começa a ruir a partir de um único acontecimento e que durante o máximo de tempo possível tenta manter a perfeição da sua imagem.

     É uma série com actores fantásticos que conseguem encarnar na perfeição a sua personagem, que envolve os temas mais controversos da sociedade como homossexualidade e transexualidade, mas sempre acompanhada de um humor fantástico. É impossível não se rir das personagens e das situações em que se metem. Ele acha a série uma foleirice, mas digamos a verdade, sempre que tenho de parar Ele reclama e sempre que sugiro ver uma série que sugere Ele? La Casa de Las Flores é claro! A série não é de génio, é realmente a espécie de uma novela, mas em versão mais resumida e sem existir a necessidade de "encher chouriços", com situações tão absurdas e tão estúpidas que só dá vontade de a continuar a ver.

        Já alguém viu?

10
Ago18

Perdida por terras Mexicanas... #3

IMG_2553.JPG

        Se uma das excursões no México foi para visitar a parte cultural e típica da história do México, a segunda foi para conhecer um dos melhores parques do Mundo, Xcaret. Xcaret é um parque gigante que envolve todo um conjunto de cultura, pequenos paraísos, fauna e flora fantásticos. Num só local conseguimos fazer de tudo um pouco, desde relaxar à beira da praia, ver animais nunca antes vistos, como ainda fazer actividades como snorkeling e nadar com golfinhos e até conhecer mais um bocadinho das tradições Mexicanas. Toda a gente nos dizia que o Xcaret era um local de passagem obrigatória e lá decidimos ir. Foi sem dúvida uma excelente escolha e que aconselho a todos os que pensem um dia passar por terras Mexicanas irem conhecer o parque Xcaret. 

IMG_2556.JPG

      O parque está organizado por zonas e por cores e apesar de ser gigante, sim, que foi andar desde as 10h da manhã até às 18h30 apenas com uma paragem para almoçar, está extremamente bem organizado. As linhas que estão pintadas no chão guiam-nos penas variadas zonas do parque e não é difícil chegarmos ao local desejado. Umas das zonas mais bonitas do parque são as zonas de repouso com praias de água cristalina e areias brancas. A paisagem do rio em confronto com o mar é simplesmente paradisíaca, pena não ter tido muito tempo para aproveitar e esticar-me ao sol. O parque possui ainda imensas actividades que podemos realizar, todas extras, mas que valem a pena. Eu e Ele decidimos ir fazer Snorkeling e foi uma das melhores experiências da vida, assim que entramos na água uma raia passou por debaixo dos nossos pés e nadar com peixes de tantas cores e espécies foi uma das melhores sensações que já tive. 

        Tivemos ainda a oportunidade de fazer o percurso do Rio a nado, foram 800m a nadar debaixo de terra, em grutas e debaixo das águas mais cristalinas que já vi. É difícil de explicar por palavras todas as experiências que tive ao longo desta viagem, é difícil de expressar as emoções que me percorreram a pele e os pensamentos que ficaram gravados na mente. Um dos momentos mais bonitos que tive ao longo deste dia foi também o Jardim das Borboletas. Eu adoro borboletas, adoro a sua perfeição e cores e no parque existe um espaço inteiramente dedicado a elas, fácil será dizer que me perdi nesse local. Adorei, é lindo estarmos envolvidos por tamanha beleza e perfeição. 

IMG_2566.JPG

          O México foi a melhor escolha que poderíamos ter feito para a nossa lua-de-mel, mesmo eu na altura não acreditando nessa possibilidade. Adorei toda a experiência (vá, dispensava as milhentas horas de avião), desde a comida, às visitas e ao hotel. O México demonstrou ser um pequeno paraíso com pessoas simpáticas, com uma enorme cultura e com uma forma leve de levar a vida. O México é um local que aconselho qualquer pessoa a conhecer, é um abrir de olhos para uma realidade que nos é desconhecida, vale a pena sair dos Resorts e conhecer um bocadinho do país, um bocadinho dos seus hábitos, mas principalmente as iguarias (mas esqueçam as doces, essas são terríveis). O México consegue ser tudo aquilo que nos dizem, que vemos na televisão e ainda mais. O México é realmente uma experiência para a vida na qual vale a pena nos perdermos.

          Não se esqueçam de ver a Parte #1#2 desta aventura.

 

P.S.: Imagens d'Ele e de Just Smile.

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal