Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

04
Out19

Treinar a mente para as coisas boas

(Imagem retirada daqui)

         Cada vez mais acredito que somos aquilo que acreditamos ser. Cada vez mais acredito no poder que a nossa mente e os nossos pensamentos podem ter sobre o nosso dia-a-dia. Não quero dizer que ao pensar que iremos ficar ricos nos saia o euromilhões no dia seguinte, mas acredito que acreditar que conseguimos algo é meio caminho andado para o sucesso. Acredito que o nosso positivismo nos consegue alterar o quotidiano, assim como acredito que deixar de lado os maus pensamentos faz com que as coisas fluam com mais facilidade. Não tenho a tendência a acreditar em milagres, sou demasiado céptica para isso, mas acredito que conseguimos atrair algum tipo de energia. Acredito que devemos estar preparados para o bem e para o mal, ser cem por cento positivo também pode ter o outro lado da moeda e trazer-nos um belo balde de água fria, mas a verdade é que se conseguirmos equilibrar os nossos pensamentos, ou seja, saber as coisas menos boas que possam acontecer, mas apostar mais nas boas que possam vir acaba por nos dar a tranquilidade necessária para o dia-a-dia. É bom estar preparado para as consequências, mas o ideal é sempre acreditar que afinal o milagre poderá acontecer, por muito ínfima que seja essa hipótese.

          Tenho aprendido que acreditar, confiar na vida e deixar as coisas rolarem torna tudo muito mais leve e mais fácil. Não acredito que com o poder da mente consigamos levantar objectos ou até alterar a cor dos nossos olhos, mas acredito que pensamentos bons atraem coisas boas, mesmo que não sejam as que esperamos. Acredito que evitar os pensamentos negativos, deixá-los mais de lado do que presentes, nos dá a tranquilidade necessária para sobreviver aos nossos problemas. É claro que não os devemos esquecer e os problemas têm de ser resolvidos, de uma maneira ou de outra, mas a verdade é que não precisam de estar sempre na nossa mente e não precisamos de os estar a reviver a cada minuto. É isto que tenho tentado incutir no meu pensamento, no meu dia-a-dia, respirar fundo, relaxar e deixar a vida decorrer. Como é óbvio, não é fácil, existem dias em que isso simplesmente não acontece, até porque a vida tem sempre forma de nos surpreender, mas a verdade é que com treino se consegue alterar os nossos pensamentos. Não fazem milagres, também é verdade, mas dão nos novas perspectivas e uma frieza que muitas vezes é necessária para encontrar a solução para os problemas. É também verdade que ao mudarmos os nossos pensamentos não mudamos o mundo, mas pelo menos alteramos a forma de como lidamos com o mundo e tudo fica mais fácil. Exige trabalho, dores de cabeça e estratégias, mas a verdade é que com treino conseguimos alterar o nossos pensamentos. Se treinarmos a mente conseguimos ver mais coisas boas.

14
Mar19

Conversas de café

(Imagem retirada daqui)

       Esta semana, numa escapadinha rápida, fui tomar café com uma amiga que não via há anos. E não recorro à expressão "há anos" como eufemismo, mas como uma expressão literal. Amiga desde a época do ciclo, raramente nos encontramos, raramente até trocamos mensagens, mas a nossa amizade é uma daquelas que por muito que o tempo passe as coisas parecem estar exactamente na mesma. É uma daquelas amizades reconfortantes que por muito tempo que passe a conversa flui e não existe qualquer tipo de tabú entre nós, sem dúvida que é uma daquelas amizades reconfortantes e que nos aconchegam o coração.

      Depois de tanto tempo sem nos vermos ou pararmos para tomar um café as coisas continuaram iguais, a conversa fluiu naturalmente, não houve qualquer tipo de constrangimento e falamos durante uma hora e meia sem parar e terminamos com a sensação que ainda havia tanto por dizer. No entanto, no fim desta nossa conversa ambas ficamos com a sensação de que só falamos de coisas negativas que aconteceram na nossa vida ao longo dos últimos anos. Falamos de empregos, de desemprego, de perdas, de sustos, de problemas e a lista foi tão grande, tanto para uma como para outra, que nem deu tempo para contar as coisas boas que a vida nos trouxe. Ambas estávamos com tanta vontade de falar sem filtros sobre as nossas preocupações que apenas falamos sobre coisas negativas, logo eu que não costumo ser uma pessoa muito negativa. Sinceramente não sei dizer como tal coisa aconteceu, parece que por momentos nos esquecemos das coisas boas que nos aconteceram pelo caminho, que o negativo teve maior relevância que o positivo e isso nunca é verdade. Nem sei bem como a conversa se encaminhou para tanto problema, mas a verdade é que demos por nós a pensar só em coisas menos boas. 

        Na hora de nos despedirmos, com a promessa de um novo café, ficou também a promessa de uma conversa sobre as coisas boas. Admito que fiquei a pensar na nossa conversa, não sobre as coisas que se passaram, mas no seu geral, de como naquele momento apenas nos focamos nos problemas, de como apenas falamos que coisas que nos doeram que custaram a ultrapassar, e fiquei triste com isso. Gostava de ter falado das coisas boas, tanta coisa me aconteceu nos últimos dois anos, tantas mudanças, tantas conquistas, contudo, inconscientemente o negativo sobrepôs-se as coisas boas terão de ficar para uma próxima conversa.

          Será que estas coisas só acontecem comigo?

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec