Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

20
Mai19

Coisas de mulher: Enrolador de cabelo

IMG_20190515_111011 (1).jpg

(Imagem de Just Smile e daqui)

       No ano passado, enquanto experimentava penteados para o casamento, apercebi-me que adorava ver-me com o cabelo ondulado. O meu cabelo é demasiado fino e sem volume, além de extremamente liso, e quando me vi pela primeira vez com o cabelo ondulado adorei o resultado. Há algum tempo que andava a investigar estes enroladores de cabelo, sem experiência na matéria (e normalmente muito pouca paciência para) não queria fazer um grande investimento sem compreender se a coisa ia resultar ou não, até porque uma coisa é vir da cabeleireira com o cabelo arranjado outra sou eu a tentar fazê-lo em casa.

      Na semana passada, no Bazarão do Continente vi o dito a 20€, algo realmente muito básico, apenas o botão de ligar e desligar e o próprio enrolador. Logo no primeiro dia à noite decidi experimentar, o meu jeito para a coisa não foi realmente o melhor. Tentei utilizar e até consegui alguma ondulação (o meu principal objectivo). Na segunda tentativa a coisa já correu melhor, o aparelho aqueceu bastante rápido, consegui fazer mais cachos no cabelo e a verdade é que no dia seguinte, depois de uma noite de sono, o cabelo conseguiu manter o volume. É verdade que os cachos estavam longe de serem perfeitos no dia seguinte, mas consegui atingir o meu objectivo. O aparelho é bastante básico e muito, muito simples de usar, principalmente para pessoas leigas na matéria como eu, mas consegui o que prendia. O meu cabelo ficou com alguma ondulação, algum volume e olhando ao espelho a coisa não ficou tão mal assim. 

       Afinal esta coisa de enrolar o cabelo até é bastante giro!

08
Mar18

Sou, orgulhosamente, mulher

(Imagem retirada daqui)

 

       Este dia não é para mostrar o quão diferente uma mulher é de um homem.

       Este dia não é para reforçar a necessidade que temos de pedir a igualdade de direitos.

   Este dia é para demonstrar que somos mais fortes, que continuamos uma luta que os nossos antepassados deram início e que ainda, em pleno século XXI, as coisas continuam com tanta desigualdade. 

       Este dia é para lembrar que precisamos de continuar a lutar. Que não nos podemos calar. Que não nos podemos resignar. Que não podemos parar.

     Este dia é para mostrar que o mundo precisa de mulheres. Este dia é para mostrar que merecemos, precisamos e devemos ser respeitadas. Não como um igual, porque não queremos ser iguais aos homens, afinal somos orgulhosamente mulheres, mas com justiça, com direitos.

      Hoje, no dia a seguir a sair uma notícia que nos faz viajar para o século passado, em que a igualdade salarial das mulheres continua longe de acontecer em Portugal, é preciso lembrar que o mundo é também das mulheres.

       O mundo pertence às mulheres que lutam, que se esforçam mais que os homens, que se dividem em milhares de tarefas e que ainda assim conseguem.

       O mundo sem mulheres não existia, era pura e simplesmente o caos.

       Hoje o dia é para lembrar que precisamos de continuar a lutar. 

       Hoje o dia é das mulheres.

18
Jan18

Encontrei o champô milagre!

(Imagem retirada daqui)

 

       Recentemente partilhei com vocês a minha ida a um dermatologista que, se anteriormente se tinha mostrado prestável, desta vez me deixou sair de uma consulta completamente frustrada. Desde que me lembro que sofro de uma pele e cabelo bastante oleosos, ao ponto de ter problemas de pele devido à excessividade de produção sebácea e ao ponto de ter de lavar o cabelo todos os dias. Sim, digo todos os dias. Há alguns anos que tenho sido acompanhada por um dermatologista e já fiz alguns tratamentos, experimentei uma quantidade infinita de champôs, fiz tratamentos medicamentosos para reduzir a produção de sebosidade e até experimentei mil e quinhentos cremes XPTOs. Se na pele melhorei significativamente, no cabelo o caso não foi o mesmo. Não me lembro sequer de não lavar o cabelo todos os dias. Já fiz todas as mezinhas e mais algumas, já andei dias com o cabelo oleoso a ver se secava e se permitia diminuir a frequência das lavagens, já experimentei uma grande gama de produtos, já usei o champô seco do qual não obtive diferença nenhuma e os resultados foram sempre inexistentes.

        Depois da consulta 'maravilha' passei na minha farmácia de eleição e partilhei a minha indignação com a farmacêutica. Depois de uma conversa ela sugeriu-me um champô que nunca tinha ouvido falar, mas na falta de melhor aceitei e decidi experimentar. O dito do champô não foi propriamente barato, cerca de 13-16€, no entanto o desespero já era tamanho que estava por tudo. Durante uns dias experimentei e não aconteceu nada, o que me irritou, tive de continuar a lavar o cabelo todos os dias e via o frasco a diminuir sem qualquer tipo de resultados. Até que no final da primeira semana, antes de tomar banho me apercebi que no final do dia o cabelo tinha bom aspecto, um bocadinho de oleosidade, mas nada de especial. Decidi lavá-lo na mesma, mas a minha surpresa foi no dia seguinte à noite quando reparo que realmente o champô estava a ter resultados, o cabelo estava com menos volume, mas não estava oleoso. Há três meses que uso este champô e ando extremamente contente com os resultados. Pela primeira vez na minha vida (pelo menos desde que me recordo) que lavo o cabelo dia sim, dia não. Há dias em que o cabelo está em pior estado ao final do dia, dias com chuva e maior humidade costumam ser o caso, mas nada como anteriormente, nada que um elástico não resolva. 

       O champô milagre foi o Curbicia da Rene Furterer Paris, segundo a embalagem, 100% de ingredientes activos de origem natural, o que vai ao encontro da minha vontade de cuidar de mim sem químicos, uma das minhas resoluções do último ano, começar a eliminar o excesso de químicos na minha higiene pessoal (sem perceber bem o rótulo, espero que realmente assim o seja, mas tive a confirmação da farmacêutica que não teria qualquer tipo de reacção indesejada por serem produtos naturais). O preço é que não é o mais apelativo de sempre, no entanto uma embalagem durou-me três meses e realmente passei a lavar o cabelo com menos frequência, o que nunca me tinha acontecido. Acho que neste aspecto valeu a pena, não só comecei a lavar menos o cabelo, a utilizar menos vezes champô nele, como também poupo imenso tempo a não ter de lavar e secar o cabelo todos os dias. O produto aconselha a ser utilizado apenas 2-3 vezes por semana e nos outros dias em que é necessário lavar o cabelo usar um champô normal, o que me acontece é apenas passar o champô normal quando tenho demasiada oleosidade no cabelo e só depois aplico o produto. O resultado tem sido fantástico e pela primeira vez perdi o cepticismo quanto aos champôs para cabelos oleosos.

        No site da marca encontrei mais alguns produtos para cabelos oleosos, para já não irei experimentar, mas espero no futuro comprar para verificar os resultados. Até lá, mantenho-me fiel a este champô que finalmente resolveu o meu problema (vá, parcialmente) de oleosidade excessiva no cabelo. Que truques usam para o vosso cabelo oleoso?

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec