Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

19
Set18

Hábitos a incutir na minha vida

(Imagem retirada daqui)

 

       Comecei Setembro com a vontade de mudar e a verdade é que muita coisa mudou na minha vida. Mudei de emprego e tudo isso acarreta uma mudança em todas as outras áreas da vida, a enorme influência que um trabalho tem na vida de uma pessoa é indiscutível. Ainda assim, ao fazer o desafio 30 dias minimalista (que tal vos está a correr?) tenho-me apercebido que muitos dos desafios são coisas que já me estão incutidas há algum tempo ou até mesmo há alguns anos. Na fase em que me encontro já é normal encontrar o armário da roupa arrumado ou até passar dias sem gastar sequer um cêntimo, o que não quer dizer que ainda existam coisas a melhorar. E é isso que o desafio me tem demonstrado, que alguns dos passos sugeridos já foram adquiridos, mas que está na altura de dar mais um passo na organização e gestão do meu tempo, que está na altura de conseguir mudar alguns hábitos e até de criar outros. Tenho ponderado bem sobre os que são ou não viáveis e acho que cheguei a uma solução e partilhá-la com vocês, apenas me vai obrigar a entrar nessa rotina. Então, os hábitos que quero incutir na minha vida:

        - Limpar a casa ao longo da semana, voltar a esta rotina de trabalhar seis dias por semana fez-me compreender que estava a desperdiçar os meus sábados a limpar a casa. Saía do trabalho já cansada e em vez de ir passear, relaxar ou simplesmente descansar, ia terminar de limpar a casa. Isto vai acabar, quero ver se à quinta-feira e à sexta consigo fazer as minhas tarefas. Tenho a certeza que existirão excepções, mas quero ver se incuto este hábito de forma a poder aproveitar mais o tempo com Ele.

      - Criar um plano de refeições. A coisa não tem corrido muito mal, consigo sempre descongelar as coisas de véspera (desde que casamos ainda não tivemos de descongelar nada no microondas), mas admito que me chateia acabar de comer e começar já a pensar no que tenho de fazer para a refeição do dia seguinte. Assim, dava jeito sabermos sempre o que fazer e não repetir refeições, por isso, ao domingo vou ter de me sentar com Ele e planear a nossa semana em refeições, até porque agora levo sempre almoço para o trabalho.

       - Ir à piscina, vai ser para a próxima semana. Eu sei que ando sempre a adiar, mas na semana passada andei a dar formação, esta semana vou ter formação e os horários nunca são cumpridos, o que só complica as coisas. Mas já me mentalizei que na próxima semana, quando Ele for dar treino aos miúdos, que tenho mesmo de aproveitar e ir à piscina.

       - Experimentar uma receita nova por mês. Tenho inúmeras receitas no Pinterest guardadas à espera de serem concretizadas. Na Yammi então nem se fala, por isso, vou obrigar-me a uma vez por mês experimentar fazer algo novo. Começo a aprender que gosto de cozinhar e quero aproveitar essa vantagem para começar a experimentar coisas novas.

       - Comer fruta no lanche da manhã. Neste novo emprego tenho um horário bem definido para o lanche da manhã e queria aumentar a minha ingestão de fruta, por isso vou aproveitar este horário para comer mais uma peça por dia.

       - Planear os meus posts. E aqui chega o blog, aquilo que me tem feito um bocadinho de falta. Neste novo emprego não estou tanto tempo ao computador, nem tão disponível e tem-se tornado complicado gerir este espaço, pois à noite a única coisa que me apetece fazer é desligar o cérebro, mas vou ver se consigo nas minhas horas de almoço planear melhor este espaço que me faz tão bem.

        São simples hábitos, mas que os quero realmente incutir na minha vida, pois acredito que apenas me ajudarão a aproveitar melhor o que há de bom. Gostava de os implementar até Dezembro, pelo menos estou cheia de vontade para que isso aconteça! Desejem-me sorte!

31
Ago18

Para começar Setembro...

 

       Setembro traz sempre consigo o desejo da mudança, de mudar hábitos e criar novos comportamentos. Dá a vontade de ser mais e melhor, de arrumar tudo direitinho e de renovar o espírito para uma nova estação, para um novo desafio. Desde Agosto que ando com este desejo de mudança, de voltar a alguns dos meus hábitos antigos, de criar objectivos mensais e de crescer. Esperei por Setembro para sentir este desejo mais presente, esta vontade acrescida de realmente mudar as coisas que parecem não estar na posição certa e por isso tenho planos para este mês que se avizinha. A mudança vem realmente com Setembro, mais do que aquilo que alguma vez poderia imaginar, mas a verdade é que vem e sinto-me inspirada e entusiasmada por entrar neste novo mês.

       Setembro vai ser o mês do desafio minimalista. Encontrei-o algures pela blogosfera (peço desculpa mas já não me recordo do blog, se o desafio for vosso avisem!). Estou a precisar de um desafio para me focar e Setembro é aquele mês que traz sempre a sensação e vontade de mudança e por isso acho que é o mês ideal para tal coisa. A partir de amanhã irei começar o desafio de 30 dias minimalista. É verdade que há muitas coisas que já faço, algumas que já tenho meias feitas e outras que preciso de criar e por isso esta lista ser tão boa para isso. 

        Em Setembro quero também voltar à piscina, estou a precisar de voltar à minha rotina de exercício, algo que se perdeu no tempo alguns meses antes do casamento. Preciso de em Setembro voltar a encontrar o meu equilíbrio, tenho andado meia perdida, a falta de uma rotina concreta tem influenciado o meu humor e preciso de voltar a concentrar-me na criação de uma nova rotina. Adorava também conseguir planear as minhas refeições semanais, vou dar-lhe uma hipótese e tentar criar um plano de refeições para duas semanas, visto existirem dias em que não fazemos refeições em casa. Para acrescentar a isto tudo quero imenso implementar na minha rotina o hábito da leitura a alma tem precisado nos últimos tempos, mas tem-me faltado o tempo e a vontade, por isso preciso urgentemente de me reorganizar.

         A palavra de Setembro será: Rotina e Mudança. Estes são realmente os meus grandes objectivos para este mês.

 

P.S.: Quem alinha no desafio? Começo já dia 1 com um dia "offline".

13
Ago18

Loucuras do fim-de-semana

         Como toda a gente sabe, um casamento é um verdadeiro tombo para a carteira, uma espécie de queda livre da conta bancária, mas sem a sensação de conforto de quando se põe os pés no chão. No entanto, a vida continua e as contas continuam a surgir e as necessidades também. Umas das minhas resoluções de 2018 para o meu lado mais minimalista era comprar coisas para substituir as outras e apenas o estritamente necessário. Queria apostar na qualidade e não na quantidade. Ao longo do tempo e aos poucos tenho vindo a mudar o meu guarda-roupa para peças mais duradouras, mais caras, mas que pelo menos me permitirão substitui-las com menos regularidade (pelo menos essa é a minha esperança). Tenho tido mais cuidado com o que compro, desde calçado a calças, admito que uma ou outra vez ainda comprei peças mais baratas e com evidente menor qualidade, mas apenas pela necessidade e por realmente gostar delas (o verão exige mais trocas de roupa e lavá-las com maior regularidade).

         Uma das últimas compras de acessórios que comprei foi uma carteira na Zara para o dia-a-dia. Nunca tinha comprado lá carteiras, as últimas de dia-a-dia que tinha tido tinha-as comprado na Stradivarius e cada uma chegou a durar cerca de dois anos (ok, no final já estavam com péssimo aspecto). As minhas carteiras vão até chegar a mau estado por uma simples razão, só tenho duas carteiras, uma para o dia-a-dia e outra mais pequena para o fim-de-semana. Odeio andar a trocar de carteiras e ainda gosto menos de quando me esqueço de coisas na passagem de uma carteira para a outra, o que me levou a optar há cerca de quatro anos a manter apenas uma carteira para durante a semana e levá-la até à exaustão (uma excelente solução para alguém como eu!). Em Novembro de 2017 a carteira da Stradivarius já estava a dar os últimos suspiros quando na Black Friday comprei uma da Zara que andava a namorar há meses, mas que esperava que baixasse o preço. Era linda e tinha tudo a haver comigo, mas foi uma das piores compras que fiz nos últimos tempos. A carteira não tem um ano e já está a estalar, a rasgar-se de lado e a perder o tom de preto dos rebordos. Está simplesmente horrível em apenas nove meses! Mais do que frustrada pela compra fiquei triste porque adoro a carteira e na altura ainda a namorei imenso tempo. Decidi então que ao comprar uma carteira nova iria cometer uma loucura e comprar uma Bimba Y Lola, caríssimas de natureza, mas que muita gente apelida de duráveis (aliás, ainda quando comprei a da Zara disse que a minha próxima carteira seria da Bimba Y Lola).

           Ora, com a carteira da Zara a dar os últimos suspiros decidi nesta época de saldos cometer a loucura de dar uma fortuna por uma carteira da Bimba Y Lola, mas com a esperança de que dure uns quantos anos! Não sou uma pessoa de me cansar das coisas que realmente gosto e a verdade é que adoro algumas das carteiras da Bimba Y Lola (não andasse eu a namorá-las há quase dois anos!) e decidi que o investimento valeria a pena, pelo menos é o que espero. Fui tentar comprá-la este fim-de-semana na loja, mas estava esgotada e encomendei-a pela internet. A sensação de peso na alma por gastar tanto dinheiro numa carteira permaneceu durante alguns minutos, mas a ideia de que ela irá durar muito tempo agradou-me imenso, além de que estou completamente apaixonada pela dita! Depois de uma compra destas só espero mesmo que valha a pena e que dure uns quantos anos na minha mão, espero que o dinheiro investido tenha valido a pena.

      Saindo do shopping sem nada para mim, mas também só ia com a ideia da carteira e nada mais queria comprar, reparei na minha visão periférica num macacão vermelho da Cortefiel lindo! Prestes a descer as escadas rolantes, fugi para a montra e verifiquei o preço, não muito barato, mas estava com menos 20% do que o valor apresentado. Namorei-o um bocadinho, pensei em todos os contras de usar um macacão e no momento em que ia virar costas diz-me Ele "Não vais experimentar? É mesmo giro.", e era! Era a minha cara, vermelho e com pintinhas, por favor, tudo gritava a dizer que era a cara da Just (até o meu vestido de noiva tinha pintinhas!). O lado racional dizia que ir de macacão à casa-de-banho é uma trabalheira, que não estava propriamente a precisar de uma peça de roupa daquele género e que não era tão barato quanto isso. No entanto, o lado emocional (nossa! já nem me lembrava de fazer compras com o lado emocional!) gritava alto e bom som "É a tua cara!". Com alguma insistência d'Ele, que está sempre a dizer que só quero comprar livros e que me desleixo com a roupa, decidi dar-lhe uma oportunidade e experimentei o dito. Pronto, caldo entornado! Para quem não ia comprar roupa, para quem não precisava de roupa, descambei e saí da loja com um macacão pouco prático, mas lindo!

          Este fim-de-semana foi realmente um fim-de-semana de fazer umas quantas loucuras, algo a que não estou minimamente habituada! Apesar de tudo, de saber que foram peças um bocadinho mais caras do que aquilo a que estou habituada, estou na esperança que sejam peças para durar vários anos, pois só assim valerá o investimento. Quem diria que a Just se iria perder nas compras durante o fim-de-semana!

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal