Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

13
Set17

A Feira do Livro do Porto foi um sucesso!

 

IMG_20170911_202038.jpg

    Como prometido fui à Feira do Livro do Porto no domingo passado. Não no sábado como o programado, porque o trabalho, as obras e as compras urgentes o obrigaram, mas deste fim-de-semana não passou. Como referi aqui este ano ia essencialmente em busca de boas promoções, novos livros e novos autores, se por algum motivo tropeçasse nos livros que estão na minha lista a ler, melhor. E apenas vos tenho a dizer, foi das melhores feiras do livro dos últimos anos. Saí de lá com seis livros e com um nível de poupança fantástico.

      A Feira do Livro do Porto já faz parte da nossa tradição, desde que estou com Ele que se realiza nos Jardins do Palácio de Cristal, que só pela paisagem que oferece já compensa a ida. Mas este ano, como sempre, não foi só a vista que me apaixonou, mas sim as promoções que consegui apanhar. Este ano queria mesmo ir à descoberta, fui com mais paciência, fui na esperança que olhando para os livros eles me chamassem à atenção e viessem parar às minhas mãos. Afinal, é muitas vezes nesse tipo de situação que se descobrem livros e autores fantásticos que nunca antes tinha ouvido falar, Tardes de Chuva e Chocolate foi um desses livros fantásticos a preço irrisório que me sorriu numa das feiras.

IMG_20170911_202009.jpg

       Este ano adquiri seis livros por menos de 42€, dois estavam na minha lista e os outros quatro simplesmente me saltaram à vista e aliado a umas capas e primeiras páginas atractivas, estava um excelente preço. (Já vos disse que leio sempre a primeira página do livro antes de o adquirir? É a minha forma de perceber se o livro me atrai ou não.)

      Mataram a Cotovia era um dos livros que estava na minha lista, já ia com o trabalho de casa feito e sabia quanto custava nas livrarias normais por isso sabia que só se estivesse a um bom preço é que o compraria, e não é que tal coisa aconteceu? Mataram a Cotovia custou-me 12,80€.

      Drácula de Bram Sotker custou-me 6,82€, é um livro de bolso mas que nunca li e chamou-me à atenção, afinal estava na lista de livros para ler ao longo da vida. Não pensei é que fosse ser agora. A capa estava em perfeito estado e o vendedor apenas disse que ficou surpreendido por uma rapariga como eu adquirir aquele livro, não me perguntem porquê porque nem eu sei responder.

      Noites Brancas e A Linguagem Secreta das Mulheres foram uma daquelas boas surpresas por 2€ cada um. Foram livros que me chamaram imediatamente à atenção e que as suas histórias me fizeram agarrar neles e não os largar até ser atendida para pagar. 

      Fetiche era um livro que já estava na minha lista de desejos e guardado à algum tempo, até que no domingo o vi a 5€. Foi o momento perfeito para o adquirir e guardar num saco para o ler mais tarde.

     No fim das compras e quase a ir-me embora apercebi-me que me faltava um livro mais leve, um romance daqueles que não é necessário pensar muito para se ler. Precisava de um livro juvial que me permitisse fugir aos thrillers e terror que tinha acabado de adquirir. Fui então dar mais uma pequena volta pelas barraquinhas e encontrei o Fala-me de um Dia Perfeito ('All the Bright Places') por apenas 12,82€. Nem procurei mais, olhei para Ele com ar de 'Já está decidido' e vim-me embora com um ar de criança feliz. 

      Este foi o ano em que fiz as compras mais económicas na feira do livro, sei que ia com o espírito aberto para novos livros e novos autores, mas sem dúvida que consegui adquiri livros que me atraíram por um preço bastante acessível. É claro que demorei quase duas horas na feira (parece muito, mas até fui rápida), dei a volta a todos os stands (que este ano me pareciam muito mais organizados comparado com os outros anos) e ainda voltei a alguns, mas saí de lá com a sensação de que fui extremamente poupada e que vim com o saquinho cheio.

      "Pareces uma criancinha" lá repetiu Ele, frase que ouço todos os anos quando estou a sair dos jardins com sacos na mão e com a sensação de felicidade a preencher-me o coração. Sem dúvida que foi uma Feira do Livro do Porto de sucesso!

 

P.S.: Imagens de Just Smile.

07
Set17

Desejos para a Feira do Livro

 

      A Feira do Livro do Porto começou no dia 1 de Setembro e há quase um mês que ando a pensar nos livros que quero procurar. É um dos meus programas preferidos de fim-de-semana. Adoro ir com Ele perder-me no meio das Editoras e Alfabarrabistas em busca dos livros perfeitos. Adoro ver os títulos dos livros e partilhar com Ele os mais absurdos. Adoro vê-lo por ali perdido a ver alguns livros, que nunca chega a comprar, mas em que se mostra interessado. Até gosto de o observar enquanto me ajuda a procurar o livro perfeito. Muitas vezes o drama é encontrar demasiados livros perfeitos e não querer fugir demasiado ao orçamento. Por vezes vou com uma lista definida de livros que quero comprar, outras vou simplesmente na procura de novidades, de livros que nunca ouvi falar ou que nunca me passaram pela cabeça comprar. Ainda outras vezes vou em busca de promoções fantásticas. Normalmente não assisto a debates e tão pouco me importo com livros autografados, mas gosto sim de aproveitar para estar ali, para ver aquelas pessoas todas de livros na mão. Gosto de ver pessoas já de idade cheias de livros e tento-me imaginar com setenta anos na mesma posição que eles. Adoro assistir aos pais a comprarem livros para os mais pequenos para lhes incutirem o gosto pela leitura. E até gosto de apreciar as pessoas que nem parecem ser leitores, como Ele, a tocar nos livros, a lerem contracapas e a remexerem nas promoções. É giro, é um ambiente agradável que envolve todos os amantes da leitura e até aqueles a aspirantes. É um local para todas as idades e todos os estratos sociais.

      Mas ia falar da minha lista, não era? Então, este ano não tenho uma lista muito grande de desejos, talvez três ou quatro, que nem tenho a certeza se os irei encontrar ao valor desejado. Nesta lista incluo o único livro que me falta adquirir da lista de dez livros para ler em 2017.

 

      Mataram a Cotovia é um livro que desejo muito ler, até porque nunca li nada da autora e é o único livro da minha lista de 2017 que falta adquirir. Os livros do fim da tua vida, é um livro que ultimamente tem sido muito recomendado e levantou-me uma enorme curiosidade pelo título que tem. O mesmo posso dizer de um Homem Chamado Ove que tem feito um enorme sucesso, havendo já um filme baseado no livro. All the Bright Places é mais um romance que me anda a apetecer ler, não tem sido muito recomendado, mas um dia cruzei-me com ele e ficou sempre na minha cabeça.

       Não sei se encontrarei todos estes livros a bons preços e se tal coisa não acontecer não os irei adquirir, este ano vou à Feira do Livro com a intenção de encontrar pequenas preciosidades que em mais lado nenhum posso encontrar. Vou à descoberta de novos autores e livros que nunca ouvi falar, só espero que tal coisa aconteça. Inevitavelmente vou para a Feira com um orçamento (há que manter os meus critérios de poupança), simplesmente para não me perder nas contas (normalmente, neste aspecto, Ele é que me incentiva a perder-me) e vou manter o meu pacto de comprar livros apenas quando tenho um na estante, pois neste momento só tenho ainda por iniciar o livro Mulherzinhas que adquiri numa promoção da Wook no mês passado.

       Por isso, tenho planeado sábado, depois do trabalho, ir ali perder-me um bocadinho e aproveitar óptimos negócios para aumentar a minha biblioteca. Quem vai?

01
Set17

Renovações em Setembro

      Há duas alturas do ano que as vejo como a altura ideal para mudanças. Eu sei que há quem diga que todas as alturas são boas para se começar a mudar e apesar de concordar, noto em mim uma preferência por dois meses para o fazer. Setembro, cheira-me sempre a renovação de energias, a entrada numa nova estação, o regresso ao trabalho para muitos e o regresso dos casacos, do calçado fechado e das roupas leves voltarem aos cabides. Setembro chega-me sempre com boas energias para novos começos, para novos projectos e para novos objectivos. A passagem do ano também me costuma dar estas energias, aliás, todos os anos me imponho a alguns objectivos, mas este último ano tenho crescido tanto que Janeiro não me foi suficiente para definir objectivos (que foram estes).

      Sei que 2018 será definitivamente um ano de enorme mudanças, mas é em 2017 que estou a fazer as mudanças em mim mesma e em que estou a preparar as mudanças do próximo ano. Desde que comecei a minha caminhada pelo minimalismo que compreendi que quero melhorar quem sou e os meus hábitos. Há até mudanças que quero começar já e porque não começa-las com o início do mês de Setembro? Para mim parece-me a altura ideal, até porque gosto de me colocar a desafios e porque sei que colocando os objectivos a mim mesma faço de tudo para os cumprir. Assim, para mim este mês de Setembro começa com quatro desafios que apenas visam melhorar a minha qualidade de vida e os meus hábitos do dia-a-dia.

 

      1º Uma semana sem Facebook, depois de ter feito o desafio de um mês sem Facebook sinto novamente a necessidade de me desintoxicar dele. Não tanto como já senti em 2015, mas neste novo emprego dou por mim a recorrer mais vezes do que queria ao Facebook para relaxar um bocadinho de números e emails. Sinto que não estou tão viciada como já cheguei a estar um dia, até porque fora do trabalho (shame on me) não olho quase para ele, mas sei que está na altura de me desintoxicar um bocadinho. A aplicação no telemóvel tornou a coisa bastante mais acessível e por vezes dou por mim a usá-la sem reparar. Por isso, vou ficar uma semana sem Facebook para uma leve desintoxicação. (Entre dia 4 e 10 de Setembro).

 

      2º Uma semana sem porcarias , se a Maria aguentou 66 dias sem porcarias e a Gorduchita anda a tentar separar-se delas durante um mês, eu vou tentar uma semana. Não com o objectivo de emagrecer, nem sequer de tornar-me fit maníaca, mas para perceber o efeito que o meu corpo tem sem açúcar. Eu, uma gulosa assumida, que faz doces em casa apenas para acabar com a gula, vou tentar estar uma semana sem tocar em açúcar, doces e guloseimas (lá se vai a minha goma ou o meu chocolate depois do café). Quero simplesmente experimentar e tomar mais consciência daquilo que ingiro. (Entre dia 4 e 10, para não acertar no aniversário da mãezinha).

 

     3º 21 dias a acordar ao primeiro despertador, este é um hábito que quero mesmo mudar. Li pelos imensos blogs de minimalismo e até de aconselhamento médico que uma coisa que fazemos erradamente é o Snooze, ou seja, toca o primeiro despertador e ficamos na cama. Toca o segundo e ficamos mais um bocadinho e só ao terceiro, no meu caso só quando ouço o sino (coisa de viver na aldeia) é que me dou realmente ao trabalho de levantar. Isso, de acordo com alguns artigos, não é produtivo e é pior para o nosso despertar. Sendo assim, queria mesmo mudar este meu hábito para ver se acordo mais bem disposta (tenho um mau humor matinal desgraçado...). Até o Mr. Wonderful considera que Setembro é altura para mudar hábitos!

IMG_20170828_162136.jpg

      4º Voltar à piscina e à ioga, este ano melhorei a minha capacidade física. Finalmente estou com a tonificação corporal que desejava, a minha resistência respiratória melhorou a olhos vistos e sinto falta do desporto. Consegui encaixar de tal forma o desporto na minha rotina que o corpo já sente falta. Tendo sido Julho o mês das minhas férias e Agosto o mês em que a piscina fecha e até o ginásio parou com as aulas, contas feitas e já estou há dois meses parada. O corpo recente-se. Dói-me mais as costas, sinto-me mais cansada e o pescoço nem se fala! Por isso Setembro tem de ser o mês em que volto à minha rotina de desporto. Estou focada para isso, sinto a falta de exercício e agora até tenho o objectivo de chegar à data do meu casamento com o corpo como desejo, bem tonificado. 

 

      Setembro tem de ser também o mês de definir completamente as nossas obras e contratar as pessoas indicadas para os serviços desejados. Setembro tem de ser o mês em que encontramos padre e até o mês em que começamos a definir os convites para o casório. Setembro é o mês de propaganda eleitoral e só espero arranjar tempo para tudo isto e ainda assim ter tempo para a minha leitura, para Ele e para as coisas boas que a vida me traz. Setembro é ainda o mês da Feira do Livro do Porto que não posso faltar!

      Que venha daí Setembro, que venha daí um mês cheio de mudanças boas!

 

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal