Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

17
Set21

12 meses, 12 receitas vegetarianas #8

(Imagem retirada daqui)

          Há comidas de 'conforto' que não precisam de ser demoradas e que no fim sabem tão bem como uma mantinha aconchegante no sofá. Há uma comida que sempre que não temos tempo, mas nos apetece algo saboroso e aconchegante,  que nos lembramos e é o facílimo arroz de tomate com ovos escalfados e salsichas. Parece tão básico que nem nos lembramos que é uma daquelas refeições feitas em menos de 30 minutos. Quantas vezes não cheguei a casa sem nada descongelado, mas com vontade de comer comidinha caseira? Quantas não foram as vezes em que não quis usar o cérebro para pensar no que haveria de cozinhar? E as vezes que chegamos tardíssimo e que tínhamos mesmo de fazer algo rápido para jantar e já não nos apetecia tostas mistas? Pois é, de todas essas vezes a primeira coisa que nos lembramos é mesmo deste arrozinho tão fácil e rápido. E não é que é vegetariano? A única coisa que devemos ter em atenção para ser vegetariano são as salsichas, de resto é tudo feito de forma normal. Vamos lá?

Ingredientes:

  • 1/2 copo de arroz vaporizado (cá em casa é único arroz que usamos, fica sempre bom e soltinho);
  • 1+1/2 copo de água;
  • 1/2 cebola picada;
  • 1 fio de azeite;
  • 4 colheres de copa de polpa de tomate;
  • 2 salsichas de tofu (adoramos as da marca Nobre, são boas e têm uma boa consistência);
  • 1 pitada de sal;
  • 2 ovos.

        Ingredientes fáceis de ter sempre em casa e que não dão trabalho nenhum para preparar, sendo realmente rápida a confecção desta refeição (só de pensar já estou a ficar com água na boca).

 Modo de preparação:

        1º Num tacho ao lume colocar o azeite e a cebola picada e deixar refogar até a cebola ficar translúcida. 

        2º Adicionar a polpa de tomate e a água e deixar ferver, após ferver deitar o arroz e o sal. 3º Deixar ferver novamente e fica a cozinhar em lume médio por 10 minutos, só depois se adicionam os ovos partidos e deixam-se cozer por mais 11-12 minutos.

       4º Nos últimos 5 minutos da cozedura do arroz, acrescentam-se as salsichas.

        E já está! Não é fácil? Para mim é mesmo uma daquelas comidas que adoro, normalmente não deixo a água do arroz desaparecer toda para poder comer o arroz mais soltinho, mas adoro. Além de ser uma refeição rápida a vantagem é que não suja muita louça, facilitando a hora de arrumar a mesa. Têm por hábito fazer ovos escalfados?

06
Ago21

O novo champô sólido

1620655268813.jpg

(Imagem de Just Smile)

         O champô sólido já é uma realidade na minha vida há algum tempo, menos plástico, menos químicos e mais ecológico. Apesar de ter adorado o champô da Mind the Trash a verdade é que comecei a notar que com a utilização o meu cabelo já não ficava tão bonito como no início, por isso lá fui eu em busca de um novo champô sólido. É difícil acertar num champô sólido para cabelos oleosos e que o preço seja aceitável, assim decidi experimentar no site da Primor, onde costumo comprar vários produtos de higiene a preços bastante acessíveis, e foi quando me apareceu esta marca. Desconhecia a marca, mas o preço era tão acessível que decidi experimentar. Quando li as suas especificações, nenhum parecia ser 100% adequado para cabelos oleosos e por isso optei por mandar vir dois, o Apple Cider e o Pink Heaven. Comecei pelo Apple Cider e gostei bastante, o cabelo ficava solto, com um aspecto bonito, a única desvantagem? Fazia pouca espuma, acabando por ficar com a sensação de que o meu couro cabeludo nunca ficava bem limpo. Sei que poderá ser um pré-conceito, de que a espuma é que dá a limpeza, mas o cabelo parecia no fim do banho ficar na mais 'pesado' do que com os champôs anteriores .

        Esperei que o Pink Heaven me fosse dar uma melhor sensação de leveza ao cabelo, mas também não tive os resultados que esperava, aliás o Apple Cider conseguiu ter ainda melhores resultados que este. O Pink Heaven não é realmente a melhor opção para cabelos oleosos, apesar de fazer mais espuma do que o anterior. No entanto, a sensação de cabelo leve e brilhante não existiu. Estou a ponderar voltar a dar uma tentativa ao Apple Cider, mas aceito opiniões sobre champôs sólidos bons e a preços acessíveis!

29
Jul21

12 meses, 12 receitas vegetarianas #7

IMG_20210608_201737.jpg

(Imagem de Just Smile)

         Há uma comida que me vem sempre à cabeça quando não sei o que fazer, sabem aqueles dias em que não sabem o que cozinhar, mas em que vos apetece algo de delicioso? Pronto, acontece-me com alguma regularidade e quando isso acontece acabo sempre por optar por uma quiche. É uma óptima forma de aproveitar os restos de alimentos que temos no frigorífico e que não dão para mais nada, é uma maneira super rápida de fazer uma refeição (minimamente) saudável e sem grande trabalho. Volta e meia lá sai uma quiche, até porque é fácil de a deixar pré-preparada, chegar a casa e só meter no forno, algo que ultimamente tem acontecido de forma recorrente, as pré-confecções. E para os ignorantes desta maravilha que facilmente se torna vegetariana deixo-vos aqui a receita da última quiche que fiz, Quiche vai com tudo!

Ingredientes:

  • 1 embalagem de massa quebrada;
  • 4 espargos;
  • 2 salsichas de tofu (estavam a começar a estragar-se no frigorífico);
  • 1 cenoura partida às rodelas;
  • 1 courgete partida aos quartos;
  • 3 ovos;
  • 1 pacote de natas de cozinha de soja;
  • 100ml de leite sem lactose;
  • queijo ralado q.b.;
  • 1 cebola partida às rodelas;
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate;
  • pimenta preta q.b.;
  • azeite q.b..

        Como disse anteriormente, estes eram os ingredientes que tinha no frigorífico a serem preciso ser gastos, mas podem usar o que realmente vos apetecer, já usei um bocadinho de tudo, até restos de frango ou outras carnes. Pensei em alimentos que combinem ou que achem que fiquem bem e atirem lá para dentro, acho que nunca uma quiche me correu mal.

 Modo de preparação:

       1º Refogar a cebola até ficar translúcida, adicionar a polpa de tomate e colocar todos os legumes. Deixar ao lume até os legumes estarem quase cozinhados.

       2º 5 a 10 minutos antes do final da preparação dos legumes adicionar as salsichas, nós apreciamos muito tofu fumado e fica igualmente bem.

        3º Bater os ovos numa taça, adicionar as natas, o leite e a pimenta preta.

        4º Forrar uma tarteira com a massa quebrada, picar com um garfo e é só colocar o preparado dos legumes em cima. Espalhar bem os legumes e deitar o preparado da taça para poder unir todos os legumes.

        5º Deitar o queijo ralado por cima e levar ao forno a 180º entre 25-35 minutos.

      Simples, rápido e que não dá muito que pensar. São receitas como estas que me salvam muitas vezes a vida e que me fazem evitar ir buscar take-away à última da hora. Além de que é saboroso e mesmo aquecido para o almoço fica uma delícia. Alguém tem hábito em fazer quiche?

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec