Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

17
Set19

Perdida por terras de Caminha e Ponte de Lima

IMG_20190914_161840.jpg

       Ao fim de mais de um ano de casamento tivemos, finalmente, a oportunidade de ir gozar a prenda de casamento que a Passarada nos ofereceu. Sim, aquelo bando de Pássaros que me aconchega o coração. Consegui, mais uma vez finalmente, um fim-de-semana livre e lá fomos nós à descoberta e sem um plano bem traçado. Queriamos algo minimamente perto, afinal iria ser apenas um fim-de-semana fora e não nos estavamos para matar em horas sentados num carro. Optamos então por ir para o Prazer da Natureza Resort & Spa, queriamos piscina e sol e conseguimos deixar as nuvens em casa e aproveitar um excelente dia de piscina. Admito que o hotel, apesar de esteticamente bonito e de uns jardins fantásticos, deixou a desejar em alguns pormenores e também admito que nunca tinha dormido tão mal num hotel, no entanto comi muito bem pela zona e aproveitei o bom tempo. O jantar foi n'O Chafariz, bem no centro de Caminha, onde nos deliciamos com as melhores costelinhas que já provei na minha vida. O jantar, de tão bom que estava, obrigou-nos a ir dar uma boa caminhada pela cidade de forma a conseguir fazer a digestão.

IMG_20190915_133631.jpgIMG_20190915_135210.jpg

       Depois de um sábado de piscina, o domingo foi dedicado à natureza, fomos descobrir a Cascata do Pincho. Um quilómetro e meio de caminhada pelo meio do monte e cheio de insectos, mas sem dúvida que compensou (o que custou mesmo foi fazer o quilómetro e meio de regresso sempre a subir). O local era absolutamente maravilhosa, com uma água terrivelmente gelada, mas de uma magia encantada que em poucos locais se encontra. Um lugar tranquilo que me permitiu voltar a reconectar com a natureza. Fiquei tão encantada com este lugar, ainda por cima com pouca gente, que ficou a promessa de lá voltar.

IMG_20190915_163418.jpg

       Terminamos o nosso fim-de-semana encantado, longe da realidade e dedicado um ao outro, em Ponte de Lima para provar as suas belas iguarias. Um almoço bastante tardio, depois de uma caminhada longa, mas que nos encheu a barriga para o regresso a casa e nos deixou na expectativa de uma chuva iminente. Foi um fim-de-semana maravilhoso que nos fez sair um bocadinho da rotina e só à Passarada tenho a agradecer!

 

P.S.: Fotografias de Just Smile.

15
Jul19

Bodas de Papel

IMG_2495.JPG

(Imagem de Just Smile)

       Um ano passou desde que demos o nó. Gostaria de falar de um mundo cor-de-rosa, de um ano dedicado apenas e exclusivamente um ao outro. Poderia até dizer que nos encaixamos que nem luvas assim que começamos a viver juntos ou até que nunca discutimos e que este foi sem dúvida o melhor ano da minha vida. Estaria a mentir. Um ano passou e se por um lado tenho a sensação que apenas passaram alguns dias desde o dia do nosso casamento, por outro parece que já se passaram vários anos desde que vivemos juntos. O que tinha idealizado para o nosso primeiro ano de casados não se concretizou, tinha imaginado uma vida dedicada um ao outro, uns fins-de-semana fora e até tempo de qualidade, saiu tudo ao lado. Os problemas surgiram pouco depois de casarmos, não entre nós, mas fora daquela bolinha em que apenas existíamos nós. É claro que tivemos as nossas brigas sobre as sapatilhas desarrumadas, sobre a porta aberta e a minha necessidade de ter sempre tudo arrumado, mas essas pequenas coisas foram as mais fáceis de lidar. Ao fim de alguns meses de casados, já tínhamos a nossa rotina, assentada sobre um número infinito de tarefas, sobre mudanças de emprego e novas actividades voluntárias, até as tarefas já estavam bem divididas e cada um sabia bem a sua função. O problema foram as questões externas, aquelas coisas que não estão nas nossas mãos e que nos abalaram pessoalmente, o cansaço foi extremo e existiram momentos em que a impotência nos bateu de frente. No entanto, se o último ano foi tão conturbado e com tantas questões que nos levaram à exaustão, a verdade é que também foi um ano de crescimento e de provas de amor.

        O primeiro ano de casados não foi fácil, longe disso, mas foi também a maior prova e a maior certeza de que casar com Ele foi a melhor decisão que tomei na minha vida. Ao longo do último ano crescemos juntos, apoiamo-nos mutuamente, com momentos de mais ou menos paciência, com mais ou menos discussões, mas com um amor que foi reforçado com tudo o que foi vivido, com todas as dificuldades e adversidades que nos foram surgindo pelo caminho. Em cada momento do último ano apercebi-me do quão certos somos um para o outro, de que tudo faz sentido para estarmos juntos, de como nos encaixamos um no outro. É no final de cada dia, ao regressar à nossa casa que sinto o coração aconchegado, é nos momentos em que nos cruzamos no sofá, abraçados um ao outro, que sinto que tudo faz sentido. Este primeiro ano de casamento não foram só maravilhas, mas sinto que foi um ano de provas de amor, de crescimento em conjunto e de provar que fomos feitos um para o outro.

          Juntos será para o infinito e mais além, que este seja apenas o nosso início.

Inspiração da Semana

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal