Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

25
Jan21

12 meses, 12 receitas vegetarianas #1

        Nos últimos meses de 2020 eu e Ele alteramos a nossa alimentação cá em casa, tendo diminuído drasticamente o consumo de carne. Continuamos a comer carne, mas já não é todos os dias e fazemos várias refeições vegetarianas ao longo do mês. Esta necessidade surgiu de uma perspectiva de saúde após ter visto um documentário "What the Health"na Netflix, fiquei curiosa se realmente sentiria alguma diferença ao diminuir o consumo de carne e a verdade é que senti. Ele sinceramente não notou, mas eu como tinha alguns 'problemas' intestinais (nem sei se o poderei considerar problema), notei realmente a diferença. Desde então que privilegiamos o consumo de peixe e de refeições vegetarianas. O objectivo desta mudança alimentar não passa por nos virmos a tornar vegetarianos, mas apenas por nos sentirmos melhor fisicamente. Assim que entramos em 2021 considerei que uma boa forma de aumentar o meu conhecimento de receitas vegetarianas era partilhar com vocês, e a primeira que experimentei fazer este ano foi Strogonoff de Legumes da minha amiga Yammi.

Ingredientes:

  • 2 dentes de alho
  • 55 g de azeite, coloco sempre menos do que indicado na receita;
  • 280 g de cebola partidas em quadrados;
  • 1 alho-francês (só a parte branca – 150 g) e partido às rodelas;
  • 1 folha de louro;
  • 300 g de cenoura partida às rodelas;
  • 500 g de curgete partida em quadrados;
  • 200 g de cogumelos frescos inteiros partidos em quartos;
  • 30 g de vinho branco (30 ml aprox.);
  • 1 pacote de natas de soja (200 ml);
  • 1 cubo de caldo de legumes;
  • 1 c. de chá de mostarda, carreguei mais um bocadinho que cá em casa gostamos imenso;
  • Sal e pimenta a gosto;
  • Noz-moscada a gosto;
  • Algumas gotas de molho inglês, coloquei uma colher de chá;
  • Salsa picada a gosto, não tinha salsa por isso não usei.

          Modo de preparação:

      1º Colocar no copo/panela os dentes de alho picados com o azeite, a cebola, o alho-francês e a folha de louro. Deixar refugar durante 5º minutos.

        2º Adicionar as cenouras e deixar cozinhar mais 6 minutos;

       3º Juntar as curgetes e deixar cozinhar mais 4 minutos;

      4º Acrescentar os cogumelos, o vinho, as natas, o caldo de legumes, a mostarda, sal, pimenta e noz-moscada a gosto, cominhos e o molho inglês, deixar cozinhar mais 9/10 minutos;

     5º Verificar a cozedura dos legumes e se necessário deixar cozinhar mais alguns minutos, cá em casa precisei de deixar pelo menos mais 10 minutos para os legumes ficarem no ponto que gostamos.

     6º Deliciar-se com este strogonoff que pode ter como acompanhamento massa ou arroz.

     Foi uma receita bastante fácil de fazer e que ficou aprovadíssima cá em casa, de certeza que não será a primeira nem a última vez que a farei. Bom apetite!

27
Jun19

Bifanas à moda do Porto

IMG_20190622_203314.jpg

(Imagem de Just Smile)

         Não, não pensem que isto agora virou um blog de culinária porque realmente não é verdade, apenas foram felizes coincidências algumas pessoas me terem pedido receitas nos últimos dias. 

         Nunca tinha experimentado fazer bifanas e aqui diz-se à moda do Porto porque, já aprendi, em algumas zonas do país bifanas são apenas febras grelhadas, estas são realmente muito diferentes. Aqui na zona bifanas têm de ser finamente cortadas e para estarem no ponto têm de se desfazer, e não são como as das Vendas Novas Maria, mas estas também vão bem no meio do pão. Já há algum tempo que tinha no congelador as ditas bifanas, mas como só davam para uma dose andei a adiar o processo de as cozinhar, até que no passado sábado à noite decidi experimentar. Andei a ver pela internet várias receitas e acabei por combinar algumas delas, até porque tinha de me cingir ao que tinha por casa. O resultado? Surpreendentemente bom! Nem eu sabia que tinha tão boa mão para a culinária. Conselho para quem não é do norte e que dificilmente já encontra as bifanas assim cortadas, peçam no talho para as cortar na máquina para ficarem realmente finas.

         Ingredientes:

  • 150g de cebola
  • 3 dentes de alho
  • 35g de azeite
  • 1 folha de louro
  • 150g de polpa de tomate (a receita original pedia tomate aos pedaços de lata, mas lá em casa não se usa disso)
  • 1 cerveja de 25cl
  • 50g de água
  • molho inglês q.b.
  • 1 colher de chá de pimentão-doce
  • 1 caldo de carne
  • vinho do Porto q.b.
  • sal e pimenta q.b.
  • 400g de bifanas

        Preparação:

       1º  Refogar com azeite as cebolas e os alhos bem partidos, quando a cebola estiver alourada acrescentar a folha de louro.

        2º Acrescentar o tomate e deixar ferver.

       3º Adicionar a cerveja, a água, o molho inglês, o caldo de carne, vinho do Porto, pimentão-doce, sal e pimenta a gosto e as bifanas. Deixar cozinhar por 20/25 minutos. 

        4º É importante ir mexendo as bifanas para não colarem no fundo da panela.

         As bifanas são servidas no meio do pão e muito bem acompanhadas com as belas de umas batatas fritas. Tenho a dizer que para quem fez pela primeira vez elas ficaram muito boas e é uma refeição fácil e rápida de preparar. Quem vai arriscar?

20
Fev19

Bolacinhas com Pepitas de Chocolate

IMG_20190212_161652_682.jpg

(Imagem de Just Smile)

       Na semana em que estive de baixa, num daqueles dias em que já estava a sentir-me melhor (o último, diga-se de passagem), decidi experimentar fazer a receita de Bolachinhas Com Pepitas de Chocolate da Yammi. Os ingredientes já há muito que estavam lá em casa, a vontade de os comer também já era muita e aproveitei aquele momento em que já estava farta de estar em casa para experimentar a receita do mês de Fevereiro. A verdade é que há muito tempo que tinha esta receita na minha cabeça, Ele adora bolachas com pepitas de chocolate e lá em casa tem sempre Chipmix e coisas desse género, mas eu, como intolerante à lactose, mal as posso tocar. Então, tenho sempre ali no armário bolachas que não posso comer e que me fazem babar como uma criança, assim, a receita tinha mesmo de ser experimentada. As bolachas ficaram boas, contudo considero que ficaram demasiado doces e numa próxima experiência irei reduzir significativamente ao açúcar, seja o mascavado como o branco granulado.

        Depois de alguns pedidos pelo instagram, deixo-vos a receita que se encontra no site da Yammi, mas que pode perfeitamente ser feita à mão. Se gostam de coisas muito doces, tal como a minha mãe, não mexam na quantidade de açúcar, caso contrário diminuam a vosso gosto.

       Ingredientes:

  • 280 g de chocolate aos pedaços (ou pepitas de chocolate)
  • 115 g de açúcar
  • 140 g de açúcar mascavado
  • 140 g de manteiga amolecida
  • 1 ovo
  • Pitada de sal
  • 1 c. de sopa de aroma de baunilha
  • 240 g de farinha sem fermento
  • 1 c. de chá de fermento para bolos
  • 1 c. de chá (rasa) de bicarbonato
  • Película aderente
  • Papel vegetal

        Preparação:

       1º Misturar o açúcar, o açúcar mascavado e a manteiga ligeiramente amolecida até se obter uma massa homogénea. Eu usei a Yammi, mas acredito que o batedeira normal faça a mesma função.

        2º Enquanto a batedeira continua a trabalhar, adicionar o ovo, o sal e o aroma de baunilha.

        3º Acrescentar a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio e misturar até ficar uma massa homogénea, no fim é só envolver as pepitas de chocolate.

        4º Colocar a massa em película aderente no frigorífico, a receita dizia durante 2 horas, mas considero que deveria ter ficado mais tempo.

         5º Depois de passar o tempo de descanso da massa, pré-aquecer o forno a 180ºC, e em cima do papel vegetal colocar pequenas colheres de massa (cerca de 50g) e levar ao forno. 

         6º As bolachinhas deverão ir ao forno cerca de 15-20minutos.

       As bolachas ficaram boas e aguentaram mais de uma semana estaladiças e saborosas, mantidas num recipiente fechado. Os únicos conselhos que dou ao fazer estas bolachas? Além de diminuir ao açúcar, a não ser que sejam extremamente gulosos, é deixar a massa ficar mais tempo no frigorífico, pois fica mais fácil de a moldar, e também não se preocuparem com o formato da massa que colocam sobre o papel vegetal. Aqui a Just, na primeira fornada de bolachas tentou metê-las todas bonitas, redondinhas e tal (demorando imenso tempo), mas tal coisa não era necessário, pois quando a massa cresceu, cresceu uniformemente e apesar de existirem umas bolachas maiores que as outras, a diferença era quase nenhuma e dava menos trabalho.

           A quem experimentar a receita, bom apetite 

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec