Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

27
Jun18

Apetece-me escrever, mas...

(Imagem retirada daqui)

 

       Tenho andado com uma vontade inexplicável para escrever. Apetece-me escrever desenfreadamente, sem ter de pensar e apenas deixar os dedos fluir. Tenho lido pouco, mas a verdade é que a vontade não tem sido muita, ao contrário do escrever, apetece-me realmente escrever. O problema tem residido apenas num aspecto, escrever o quê? Tenho a minha cabeça tão cheia de preocupações, de timmings, de tarefas que não tenho conseguido desligar totalmente. Não me apetece escrever sobre o casamento, sobre a casa, sobre a minha vida pessoal, sobre o meu intimo, mas a verdade é que são apenas essas coisas que têm preenchido os meus pensamentos. A menos de três semanas do casamento sinto que agora tudo se está a acumular e, apesar de ainda não ter entrado em fase de stress, sinto que são demasiadas as pequenas coisas com que me preocupar. Tenho feito tudo aos poucos, mas tenho ocupado todos os meus momentos livres com essas pequenas coisas, que talvez num dia normal, com um horário de emprego normal, ficariam feitas em uma hora. Mas como a minha vida não é plenamente normal, consigo arrastar essas pequenas coisas durante semanas. O me time desapareceu, simplesmente desapareceu. Andei três semanas até conseguir ver o último episódio de 13 Reasons Why e ando há mais de uma semana a fazer 17 marcadores de mesa que não são nada de extremamente complexo. Ando com listas intermináveis de tarefas na agenda e na minha cabeça, coisas simples, mas que parecem ser de uma complexidade enorme para o cansaço que sinto em mim e para o tempo que voa.

       Tenho sentido uma vontade para escrever como não sentia há muito, talvez para conseguir escapar da romaria em que está a minha vida, mas nem para isso consigo tirar tempo, para dar um bocadinho de prazer a mim própria. Os objectivos de Junho ficaram num canto da minha vida, como se tivesse sido um absurdo lá colocá-los e o tempo tem voado, escasseado como se fosse água no deserto. Sinto-me cansada, atolada de coisas e coisinhas na minha cabeça e estou ansiosa para que tudo isto passe. Que venha o casamento, a casa arrumadinha e a bendita lua-de-mel. O que mais desejo é voltar à minha rotina, ao me time e mesmo com a quantidade de trabalho que irei manter, conseguir relaxar um bocadinho. Que venha o tempo para voltar a escrever com vontade e cabeça. Que venha o tempo para conseguir relaxar um bocadinho.

 

25
Jun18

Modo Zombie: Activado!

(Imagem retirada daqui)

 

        A semana anterior foi composta por muitos serões. Preparar as mesas, os marcadores de mesa, reuniões com a quinta, aulas de dança e a busca dos brincos perfeitos para o grande dia. Cheguei a sexta-feira à noite exausta e o pensamento apenas pairava nas poucas horas que iria ter oportunidade de dormir até voltar a levantar-me para ir novamente trabalhar. É fácil de compreender que de sexta para sábado dormi pouquíssimas horas, trabalhei umas quantas e entre a prova do vestido e a compra de umas almofadas para o quarto, ainda tive de fazer uma sobremesa para o São João. Como seria de imaginar a sardinhada de São João levou-me para a cama a tarde e a más horas, o que não teria sido um drama se o meu sobrinho às 9h15 da manhã não acordasse cheio de energia. Por isso objectivo de fim-de-semana, descansar, não cumprido. Hoje, segunda-feira de mais uma loooonga semana, activei o meu modo zombie às 8h00. Corpo mole, cérebro em modo pausa e com a sensação de peso nos olhos que tanto caracteriza o meu cansaço. Uma vontade inexplicável de ficar sempre sentada e uma vontade ainda maior de fechar os olhos apenas por uns segundos. Verifica-se: Modo Zombie Activado (e ainda é só segunda-feira)!

 

15
Jun18

Hoje apetece-me... #36

     ...Dormir!

     Dormir estatelada na cama como este pequeno. Estou terrivelmente cansada e tenho andado a deitar-me todas as noites tarde. Ou porque estou a tratar dos marcadores de mesas. Ou porque tivemos a aula de dança. Ou porque estamos a fazer a parte d'Ele das mesas. Estou de rastos e o que preciso mesmo é de dormir. Só de pensar que amanhã ainda me levanto mais cedo que o resto da semana, já me pesa a alma. O que eu dava agora por um bom soninho enrolada nos meus lençóis!

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal