Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

01
Set17

Renovações em Setembro

      Há duas alturas do ano que as vejo como a altura ideal para mudanças. Eu sei que há quem diga que todas as alturas são boas para se começar a mudar e apesar de concordar, noto em mim uma preferência por dois meses para o fazer. Setembro, cheira-me sempre a renovação de energias, a entrada numa nova estação, o regresso ao trabalho para muitos e o regresso dos casacos, do calçado fechado e das roupas leves voltarem aos cabides. Setembro chega-me sempre com boas energias para novos começos, para novos projectos e para novos objectivos. A passagem do ano também me costuma dar estas energias, aliás, todos os anos me imponho a alguns objectivos, mas este último ano tenho crescido tanto que Janeiro não me foi suficiente para definir objectivos (que foram estes).

      Sei que 2018 será definitivamente um ano de enorme mudanças, mas é em 2017 que estou a fazer as mudanças em mim mesma e em que estou a preparar as mudanças do próximo ano. Desde que comecei a minha caminhada pelo minimalismo que compreendi que quero melhorar quem sou e os meus hábitos. Há até mudanças que quero começar já e porque não começa-las com o início do mês de Setembro? Para mim parece-me a altura ideal, até porque gosto de me colocar a desafios e porque sei que colocando os objectivos a mim mesma faço de tudo para os cumprir. Assim, para mim este mês de Setembro começa com quatro desafios que apenas visam melhorar a minha qualidade de vida e os meus hábitos do dia-a-dia.

 

      1º Uma semana sem Facebook, depois de ter feito o desafio de um mês sem Facebook sinto novamente a necessidade de me desintoxicar dele. Não tanto como já senti em 2015, mas neste novo emprego dou por mim a recorrer mais vezes do que queria ao Facebook para relaxar um bocadinho de números e emails. Sinto que não estou tão viciada como já cheguei a estar um dia, até porque fora do trabalho (shame on me) não olho quase para ele, mas sei que está na altura de me desintoxicar um bocadinho. A aplicação no telemóvel tornou a coisa bastante mais acessível e por vezes dou por mim a usá-la sem reparar. Por isso, vou ficar uma semana sem Facebook para uma leve desintoxicação. (Entre dia 4 e 10 de Setembro).

 

      2º Uma semana sem porcarias , se a Maria aguentou 66 dias sem porcarias e a Gorduchita anda a tentar separar-se delas durante um mês, eu vou tentar uma semana. Não com o objectivo de emagrecer, nem sequer de tornar-me fit maníaca, mas para perceber o efeito que o meu corpo tem sem açúcar. Eu, uma gulosa assumida, que faz doces em casa apenas para acabar com a gula, vou tentar estar uma semana sem tocar em açúcar, doces e guloseimas (lá se vai a minha goma ou o meu chocolate depois do café). Quero simplesmente experimentar e tomar mais consciência daquilo que ingiro. (Entre dia 4 e 10, para não acertar no aniversário da mãezinha).

 

     3º 21 dias a acordar ao primeiro despertador, este é um hábito que quero mesmo mudar. Li pelos imensos blogs de minimalismo e até de aconselhamento médico que uma coisa que fazemos erradamente é o Snooze, ou seja, toca o primeiro despertador e ficamos na cama. Toca o segundo e ficamos mais um bocadinho e só ao terceiro, no meu caso só quando ouço o sino (coisa de viver na aldeia) é que me dou realmente ao trabalho de levantar. Isso, de acordo com alguns artigos, não é produtivo e é pior para o nosso despertar. Sendo assim, queria mesmo mudar este meu hábito para ver se acordo mais bem disposta (tenho um mau humor matinal desgraçado...). Até o Mr. Wonderful considera que Setembro é altura para mudar hábitos!

IMG_20170828_162136.jpg

      4º Voltar à piscina e à ioga, este ano melhorei a minha capacidade física. Finalmente estou com a tonificação corporal que desejava, a minha resistência respiratória melhorou a olhos vistos e sinto falta do desporto. Consegui encaixar de tal forma o desporto na minha rotina que o corpo já sente falta. Tendo sido Julho o mês das minhas férias e Agosto o mês em que a piscina fecha e até o ginásio parou com as aulas, contas feitas e já estou há dois meses parada. O corpo recente-se. Dói-me mais as costas, sinto-me mais cansada e o pescoço nem se fala! Por isso Setembro tem de ser o mês em que volto à minha rotina de desporto. Estou focada para isso, sinto a falta de exercício e agora até tenho o objectivo de chegar à data do meu casamento com o corpo como desejo, bem tonificado. 

 

      Setembro tem de ser também o mês de definir completamente as nossas obras e contratar as pessoas indicadas para os serviços desejados. Setembro tem de ser o mês em que encontramos padre e até o mês em que começamos a definir os convites para o casório. Setembro é o mês de propaganda eleitoral e só espero arranjar tempo para tudo isto e ainda assim ter tempo para a minha leitura, para Ele e para as coisas boas que a vida me traz. Setembro é ainda o mês da Feira do Livro do Porto que não posso faltar!

      Que venha daí Setembro, que venha daí um mês cheio de mudanças boas!

 

 

 

 

03
Nov16

Ai o raio do galo!

(Imagem retirada daqui)

 

Há três noites seguidas que tenho um despertador às 4h00 da madrugada. E não, não é um passarinho como costuma dizer a música, é mesmo um galo. O raio da vizinha decidiu mudar o galinheiro de sítio, em vez de estar a uns quantos metros longe da minha casa, agora as galinhas e o dito galo andam à solta bem perto das janelas da minha casa. Na primeira noite ouvi um barulho estranho, mas estava tão cansada que nem me apercebi do que se passava. Na terça, na quarta e esta noite já não aconteceu a mesma coisa, identifiquei bem o barulho que me acorda às 4h00 e às 6h00 da manhã. É o raio de um galo que deve ter problemas com as cordas vocais, porque não só não aprece um galo como parece um carro velho que nunca mais pega. O raio do galo começa a madrugar quando o sol ainda nem está a nascer e depois vai de hora a hora cantando as badaladas como se eu quisesse acordar! Para melhorar ainda a situação, o galo mau cantor ainda entra ao desafio com o galo da outra vizinha, em vez de ouvir um galo já ouço dois. Um até parece mesmo galo, o seu cantar é o mais famoso, mas raios para o rouco que em vez de poupar a goela ainda aumenta a sua música (ou será mesmo ruído?).

Já sugeri à minha mãe fazer um arroz de cabidela, coisa que nem aprecio, mas em casos extremos até vai. Já pensei em pegar numa chumbeira e matar o dito cujo, mas cá em casa não há dessas coisas. Pensei ainda em atirar-lhe um balde de água fria, mas não me parece que lhe fosse acertar. Hoje, venho aqui, desesperadamente pedir-vos dicas de como calar o raio do galo. Juro que há três noites que tenho este despertador terrível e já não sei como o calar.

 

P.S.: Sim, sou mesmo menina da aldeia.

 

21
Set16

De manhã, de manhãzinha…

(Imagem retirada daqui)

 

Costumo acordar com o som do primeiro despertador. Aquela música irritante que toca que no telemóvel e que dá mais luz que o próprio sol. Desligo-o assim que o agarro, ainda com os olhos pouco abertos e viro para o outro lado. Cinco minutos depois toca o segundo despertador. A vontade de o atirar contra a parede e deixar-me ficar na cama surge todos os dias, não há um em que não pense na possibilidade de ficar a dormir mais um bocadinho, mas para não me deixar a adormecer e cair na tentação ligo sempre o candeeiro do quarto. Visto-me em modo zombie, abro a janela e tento perceber se vou ter frio ou não, no entanto, noventa porcento das vezes nem ao trabalho de mudar de roupa me dou.

Desço as escadas, meto-me em frente ao espelho da casa de banho mas ainda não vejo, ou não reparo no meu ar de quem acabou de sair da cama e só quer ficar a dormir. Lavo a cara com a água mais gelada e é a primeira vez que pela manhã começo a despertar. Penteio o cabelo, ponho o creme no rosto e vou para a cozinha. TODAS as santas manhãs espero não encontrar lá ninguém para não ter de falar. Sou uma mal-humorada, de manhã que não gosta de falar, ouvir ou ter de comentar seja o que for durante a primeira hora do dia é um crime! Assim posso tomar o pequeno-almoço descansadinha e ainda tenho tempo de ver as últimas notícias no tablet.

Quando tudo corre dentro do planeado ando bem-disposta o dia todo, tenho tempo cronometrado, mas dá-me tempo para tudo e sem ter de correr. Quando tal coisa não acontece, como o dia de hoje, em que o adormeço por mais cinco minutos do que devia, em que o leite molha a banca ou a falta dos dentes salta para a camisola acabadinha de vestir, começo o dia com um terrível humor. Odeio correr logo de manhã. Odeio ter fugir da minha rotina matinal que me faz começar bem o dia.

A minha rotina matinal é a entrada num dia com boa disposição. Manias!

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec