Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

09
Dez14

Querido Pai Natal,

(Imagem retirada da Internet)

 

Já estás tão habituadinho às minhas cartas cheias de pedidos que este ano até estranhavas caso não a recebesses. A tradição deve-se manter (2010, 2011, 2012, 2013) e cá venho eu com uma lista cheia de pedidos. No ano passado pedi-te umas coisitas, coisa pouca como o costume, e a verdade é que viste que sou uma boa rapariga e me concedeste quase todos os meus desejos. Se não os concedeste de forma completa, conseguiste concede-los de forma parcial. Os bens materiais foram-me oferecidos, o tablet tornou-se num aliado nas minhas sessões e o telemóvel acabou por vir como uma auto-prenda, mas que me permitiu receber propostas de emprego. E até, finalmente, a viagem me conseguiste dar! Para este ano? Chocolates apenas, ando perdida no meio das guloseimas e coisas boas dos últimos tempos (ai que o colesterol anda super animado!), mas não necessito de nada material, apesar de um livro também vir sempre a calhar. Nunca se diz não a um livro!

Este ano nem tenho muito para pedir para a família, anda tudo tão calmo e feliz que até para eles é difícil pedir seja o que for. O meu irmão e cunhada andam encantados com os pequeninos e a única felicidade que lhes podes dar é mandar o João Pestana para eles dormirem em condições, é que o meu irmão começa a parecer 10 anos mais velho do que é. Para a minha irmã e cunhado, faz com que o novo rebento não chegue antes do Natal, é que o rapaz está com pressa, mas está tanto frio que devia ganhar juízo e ficar dentro da barriga por mais alguns tempos. Aos meus pais? Apenas peço um bocadinho mais de folgo (e que os patrões paguem a horas), pois a felicidade deles com os netos já é tanta que nem sei o que mais lhes desejar. Para os meus sobrinhos? Ora muito mimo, muita música, muitas gargalhadas e muitas noites bem dormidas. São a alegria da casa e a verdade é que todos devíamos andar com uma babete quando os temos por perto. Para o namorado desejo a chegada do novo emprego, o rapaz nem há um mês está em casa e já anda a ficar com os cabelos em pé. Para aqui a Just, dá-me um emprego, logo no fim deste e nada peço mais. A paciência tem-se vindo a restaurar, os laços de amizade que valem a pena têm vindo a ser reforçados e as pessoas que não importam têm vindo a desaparecer gradualmente da minha vida. Há mais alguma coisa que possa pedir? Se há, não o sei, sinto-me feliz como nunca pensei vir a sentir-me. Sinto-me concretizada como nunca pensei ser possível e agora só te peço ajuda para que aos pouquinhos vá conquistando aquilo que me falta, que vá crescendo profissional e pessoalmente. Que venham mais passeios, mais amor e mais chocolates!

Obrigada Pai Natal, 2014 foi um excelente ano. Teve as suas histórias e as suas lágrimas como todos os anos, mas devo agradece-lo a todos os que fizeram parte deste ano inesquecível.

Beijinhos da tua Just Smile 

 

P.S.: Oh Pai Natal, seria muito pedir mais uma viagem no próximo ano? :P

14 comentários

Comentar post

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec