Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

28
Set15

Lolita (18/15)

(Imagem retirada da Internet)

 

Lolita, um livro tão controverso no ano em que saiu como nos dias de hoje. Há um bom par de anos tinha visto o filme e fiquei com vontade de ler o livro, no entretanto ficou esquecido no tempo até a m-M o ter andado a ler. O bichinho ficou e na Feira do Livro do Porto lá veio ele parar às minhas mãos. Admito o meu receio em o ler, tanto pela pedófilia tão falada do livro, como a pornografia tão aclamada pelos mídia nos anos 50, mas lá agarrei o livro e tive na minha cabeça sempre presente a imagem de Humbert e Lolita do filme de 1997.

Na cabeça de Humber perdura a imagem de Annabel, uma paixão do início da adolescência, que mantém-se na idade adulta, transformada para uma paixão doentia por crianças. Nos comentários ao livro no GoodReads encontra-se o mais variado tipo de opinião, que é um livro sobre um grande amor, outros comentam que é um livro de um pedófilo e outros acham que é um livro banal. A minha sincera é opinião é que se trata de um amor doentio que não compreende limites e apenas se quer dar aos prazeres carnais sem nunca antes pensar no outro. Um amor unilateral que não é amor, mais uma doença obsessiva que vê em Lolita a concretização das suas fantasias sexuais. Se é um livro, pornográfico? Longe disso, para isso temas as 50 Sombras de Grey e outras tantas trilogias do género.

Porquê um amor doentio e obsessivo, para além do factor das idades das personagens? Simplesmente porque Humbert apenas se preocupa em manter em segredo o seu relacionamento nada saudável, cedendo a todos os caprichos de uma criança, sem nunca se preocupar realmente com a Lolita. Não existe nenhum momento em que a questione sobre si, sobre os seus desejos para além de guloseimas e filmes, não existe um único momento em todo o livro que Humbert pergunte a Lolita o que ela deseja da vida. E existem inúmeros exemplos do desejo carnal deste homem pela criança que traz como um prémio consigo, e da sua única vontade de manter os seus desejos carnais satisfeitos, mesmo quando a criança pouco lhe reage. Não existe nenhuma relação saudável que possa funcionar desta forma, mesmo que a diferença de idades não estivesse presente.

Existe ainda uma questão, Lolita dá o primeiro passo sobre Humbert, toma a iniciativa na sedução e no acto na primeira noite num hotel. Tornará isso todo o restante enredo mais correcto? Não, um homem que nem por um momento pára para pensar em corrigir o erro que está a cometer não merece a minha piedade, piedade que deve ter deixado para com tantos leitores. Não tenho pena do ridículo caminho de Humbert, mas se também acham que tenho pena de Lolita estão redondamente enganados. Não tenho sentimentos de piedade por nenhuma das personagens, apenas uma pequena frustração por nenhuma delas não ter o mínimo senso comum.

Quanto à escrita do livro tenho de admitir que tem um excelente estilo, prende a atenção do leitor, apesar dos inúmeros comentários em francês que pouco ou nada percebi. Uma escrita corrente, que traz outros grandes escritores como exemplo e que nos faz parar e pensar várias vezes na nossa sociedade. Uma leitura que tenta conquistar a simpatia do leitor com referências ao próprio e que chama a nossa atenção para uns quantos pormenores. Apesar de tudo, aconselho o livro, pois sem uma leitura do mesmo não conseguimos ter uma opinião.

 

"Orgulho-me tanto do que sei que tenho a modéstia de admitir que não sei tudo..."

 

P.S.: Se no filme fiquei com a ideia de um amor romantizado, no livro fiquei com a ideia de um amor doente e obsessivo.

 

8 comentários

Comentar post

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec