Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

08
Mar16

Fangirl (6/25)

(Imagem retirada da Internet)

 

Quando entrei no mundo da blogosfera (já me sinto quase um dinossauro por estes lados, já lá vão 8 anos), existia imensas fanfics de todo o tipo. Bloggers que escreviam histórias com base em cantores (na altura havia o boom dos Tókyo Hotel) ou sobre personagens de filmes. Era bastante comum encontrar esse tipo de leitura por aqui há 8 anos atrás. Apesar de eu na altura ter um blog de histórias que escrevia, em nada se comparavam com as fanfics que por vezes acabava por ler. Agora não sei se existem tantas, pois não me cruzo muito com elas, mas na altura era coisa que não faltava.

'Fangirl' levou-me a essa época, à minha adolescência e por isso é que gosto tanto de Rainbow Rowell, pois novamente me conseguiu transportar para uma época tão boa da minha vida e que tão boas memórias me traz. Cath é uma adolescente que se deixou envolver num mundo de magia (se o meu tinha sido o Harry Potter, o dela era o Simon) e refugiou-se nesse mundo para escrever, para escapar à sua própria vida (olha eu quando tinha o blog de histórias). A sua escrita tornou-se num sucesso mundial e Cath decidiu escolher Escrita Criativa na Universidade por essa razão. O problema começou quando Cath começou a recear viver a sua vida e fechava-se no quarto para poder viajar por terras mágicas. Rapariga insegura, com dificuldades em socializar, completamente o oposto da irmã gémea, que ao entrar na Universidade se tenta encaixar num mundo de oportunismo e que lhe é totalmente desconhecido. O amor é algo que a personagem vê como uma segurança, um porto seguro em que a maré é constante, mas é quando conhece Levi que tudo se começa a modificar. Cath evolui ao longo do livro, pelas situações que a autora nos apresenta, e é tão bom ver essa evolução à frente do nosso nariz.

É muito bom ler as palavras de Rainbow, a leveza como ela nos transporta para os sentimentos da adolescência e nos faz recordar coisas que pensava já não existirem em mim. A fluência da sua escrita é simples e saborosa, dá vontade de devorar o livro para conseguir acompanhar Cath e as suas aventuras numa nova vida, que nem sempre é fácil.

Um livro que veio mesmo a calhar, depois de uma leitura tão pesada como Guerra e Paz. Vale a pena ler Rainbow, vale a pena viajarmos no tempo e lembrarmo-nos da pessoa que éramos na adolescência e aonde chegamos.

 

"- Pois... até tenho vergonha de me ter agarrado assim durante tanto tempo. De ter pensado que realmente podíamos continuar como estávamos. Sinto-me triste, porque é como se o tempo do liceu tivesse finalmente acabado. Como se o Abel fosse um bocado de uma época verdadeiramente feliz que eu pudesse levar comigo."

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Just_Smile

    08.03.16

    Gostei mesmo muito :)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Inspiração do Mês

    Sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Segue-me ainda em...


    Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

    Nas páginas de...

    2020 Reading Challenge

    2020 Reading Challenge
    Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
    hide

    Parcerias

    Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec