Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

28
Ago14

É a vida...

(Imagem retirada da Internet)

 

Em conversa com uma amiga, apercebemo-nos que a vida continua e às vezes perdemo-nos um pouco das pessoas que nos eram próximas. Arranjamos inúmeras desculpas para o afastamento, é a falta de tempo, é o trabalho que não tem fim, é o achar que vamos incomodar a outra pessoa ao enviar uma mensagem e há até aquelas vezes em que achamos que não somos tão importantes para a pessoa em questão como ela é para nós. Tentamos encontrar justificações para a falta de notícias, para a brevidade das conversas que só passam por um 'Olá! Está tudo bem?'. Pelas poucas vezes que nos cruzamos com elas apercebemo-nos de que a sua forma de ser e pensar mudou, até a própria forma de falar. E mais uma vez tentamos encontrar justificações, se calhar era por já não estarmos juntos há muito tempo, se calhar é porque anda com problemas e não quis falar ou se calhar está com pressa para cumprir as suas tarefas. Mas a verdade é que apenas consigo encontrar uma única justificação, é a chamada vida. A vida leva-nos a isso, a mudanças e mutações que por vezes nos passam despercebidas, mas que ao longo do tempo se vão mostrando mais fortes e que parecem já não valer a pena voltarmos a tentar viver as coisas como elas eram. Mudamos as prioridades e os sonhos, e nós próprios mudamos de uma forma tão subtil que quem nos rodeia não repara, mas quem nos vê uma vez por outra nota a diferença. É a vida que nos obriga a essas mudanças e a essas adaptações, é a vida que nos obriga a mudarmos a nossa forma de ser e viver, e acontece tudo de forma tão inconsciente que só quando a transformação está completa é que conseguimos olhar ao espelho e verificar o que realmente mudou. Uns casam, outros têm filhos, outros emigram, outros têm namorados e mudam a forma de ver o mundo. Mas acho que a vida é assim mesmo e hoje em dia estas transformações já não me custam tanto, porque no fundo penso que eu própria mudei, não sei apontar no quê e nem dizer ao que se deveu a transformação, mas talvez um dia o consiga fazer. E as coisas e pessoas que se vão perdendo pelo meio do percurso da vida umas vezes são substituídas, outras vezes apenas desaparecem do caminho, umas chegam a voltar, outras não, mas nunca serão esquecidas. Aquelas pegadas que por cá passaram jamais serão apagadas, se me esquecem? Acredito que sim, mas sei que eu não esquecerei.

A vida é assim, em constante mudança, apenas devemos ter a certeza que demos sempre o nosso melhor. E se não o fizemos foi porque não o soubemos fazer de outra forma. Dói sempre um bocadinho, e acho que as redes sociais hoje em dia nos fazem ficar nostálgicos mais facilmente ao ver como a vida dos outros avançou sem nós, mas por um lado acho que nos leva a lidar com a realidade de outra forma, pois fecho os olhos e vejo como a minha também se transformou.

Não há culpa nem culpados, simplesmente é a vida.

15 comentários

Comentar post

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec