Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

29
Mai18

As séries que se perdem pelo caminho...

(Imagem retirada daqui)

 

       Gosto de ver televisão. Admito que cada vez menos vejo televisão e o que vou acompanhando são séries, séries que realmente gosto. Sempre gostei de séries, acho que sempre foi o meu ponto fraco no que toca a televisão. Com a Netflix então nem se fala, apesar de ainda só acompanhar três séries que o tempo anda escasso. Normalmente apaixono-me por uma série não no primeiro, não no segundo, mas por volta do terceiro episódio. É raro conseguirem agarrar-me no primeiro episódio, mas há séries que realmente me prendem e me deixam a desejar mais. O problema? O problema é quando nos apaixonamos por uma série, ela tem demasiado sucesso, faz umas quantas temporadas e depois... Depois começa a engonhar.

        Anatomia de Grey foi uma dessas séries, com 14 temporadas, garanto-vos que não vi todas elas. No início a série agarrou-me, parecia-me uma espécie de E.R., mas com mais dramas pessoais. Adorei a série e ainda vi umas quantas temporadas, até ao momento em que o sucesso tornou-se tanto que deu para perceber que apenas a mantinham viva para ganhar umas quantas audiências. Desisti. Deixei de ter paciência para aqueles novelos que estavam cada vez mais enrolados e que já não faziam o mínimo sentido. Contudo, alguns anos depois, na temporada em que o Derek morre, decidi voltar a ver e esta semana apercebi-me, com a saída deste novo episódio que a probabilidade de eu continuar a ver Anatomia de Grey é de 1%. Adorava a série, abandonei-a e voltou a agradar-me, mas agora volta a dar demasiadas voltas, demasiadas saídas, demasiado drama e a recair sempre nas mesmas personagens, já não há paciência! Preferia que a série tivesse terminado, em vez de a continuarem a estragar ano após ano.

       O mesmo se anda a passar com How to Get Away With Murder. Adorava a série, cheguei a falar do meu vício por ela aqui no blog, mas ao fim da quarta temporada já começo a não ter paciência para a ver. A sério que não! Adorava a imprevisibilidade da série, mas neste momento é apenas ridículo. O novelo está tão grande, com tantas pontas soltas que se torna difícil de acompanhar e em vez de se começarem a resolver algumas coisas, o mistério está cada vez mais denso que até eles próprios parecem perdidos. Adorava a série, mas acho que o sucesso a tem vindo a estragar, demonstrando uma necessidade tão grande de a manter viva que já não começa a ter sentido. Uma série só tem sucesso ao longo de muitas temporadas se mantiver a sua essência, se começa a chegar à parte de 'engonhar' começa a estragar-se e a vontade de a ver começa a ser nula.

      Na verdade, acho que o problema das boas séries é esse mesmo, começam a ter tanto sucesso que não sabem quando lhe devem meter um fim. É claro que não acontece com todas as séries, acho que Friends nunca chegaram a esse ponto porque sempre mantiveram a sua essência, do início ao fim. Não reparamos acontecer em séries com menos temporadas e até com séries com menos audiência, pois simplesmente compreendem os seus limites. O sucesso quando alcançado quer tanto ser esticado que perde toda a sua essência e isso está a acontecer com séries que realmente gostava, mas para as quais já não começo a ter paciência. Acho que está na altura de quem faz, escreve e realiza as séries, de compreender que existe um limite para tudo, apenas precisam de compreender o seu. Será que sou só eu a notar isto?

10 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)
Revista Inominável

Nas páginas de...

2018 Reading Challenge

2018 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal