Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

30
Jul15

Somos um povo esquecido

Sem Título.png

(Imagem do Diário de Notícias)

 

Ontem, a caminho do trabalho ouvi a notícia de que o novo fármaco contra a Hepatite C tinha já salvo a vida de alguns milhares de doentes. No entanto, enquanto ouvia a notícia parecia-me surgir na cabeça a imagem de um governo e ministério salvador que decidiu de forma voluntária fornecer o tratamento. Hoje ao ler as notícias no Diário de Notícias, no Público e no Jornal de Notícias deparo-me com a mesma imagem de um governo espectacular que decidiu salvar a vida destas pessoas que, felizmente, com o tratamento aumentam a esperança de vida. Até aqui tudo bem. É o dever do Serviço Nacional de Saúde proteger e salvar os seus doentes, doentes que descontam todos os dias para esse mesmo serviço, com o suor do seu trabalho, e que lhe recorrem quando necessitado. É realmente de louvar o tratamento que o Ministério da Saúde conseguiu disponibilizar e que de forma tão rápida começou a salvar vidas.

Mas será que nos esquecemos de como esse tratamento foi conseguido? Não, não foi pelo número de mortes por hepatite C. Não, não foi apenas porque alguém se lembrou que se existe uma cura para tal doença o melhor é usá-la. Não. Foi graças a este acontecimento e a esta manifestação! Disso, pouco se fala na notícia ou simplesmente se omite. Surge agora um governo heróico e esquecem-se as pessoas que lutaram para conquistar esta vitória.

É triste, mas somos um povo muito esquecido.

06
Jan15

What a great day...

(Imagem retirada da Internet)
 
Ora... para não dar por terminada a necessidade extrema de relaxar, depois do dia 'maravilhoso' de ontem, hoje volto a ter um dia 'excelente'. Aqui a 'inteligente' da Just perdeu o cartão de multibanco. E quando dá por isso? É claro, um dia depois quando precisa de o usar novamente.
Quase em pânico revirei o carro todo e a carteira (que apesar de mulher, tem relativamente pouca coisa) para encontrar o bendito. Sem qualquer sinal, ligo para o banco para cancelar o cartão.
- Mas onde o perdeu? - questiona o homem do outro lado da linha telefónica.
- Acho que foi no próprio banco, mas como já disse não tenho bem a certeza.
- Ah e qual foi a última vez que o usou?
- Que me lembre, porque memória não é o meu forte, foi no próprio multibanco. Mas como digo não posso dar a certeza.
- E a última compra menina? 

- Sinceramente? Não faço ideia, quer que vá ver à internet? - A minha má memória atraiçoa-me em todos os momentos.

- Já agora. - E lá fui eu procurar a última compra.

- Mas não o roubaram? Não deu pela falta de mais nada? - volta o homem a insistir pela quarta vez.

- Não, que me lembre não e não dei pela falta de nada. Mas mais uma vez, a memória não é o melhor de mim. - Esta minha memória nunca me ajuda em nada!

E lá fiquei eu, a fazer figura ridícula por não me lembrar de nada,por ter perdido um cartão e por agora ter de pagar um, quando a anuidade do anterior tinha sido paga há 15 dias. Haja sorte!

 

P.S.: Querido 2015, é bom que as tuas partidas terminem já, senão isto não vai correr muito bem!

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec