Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

05
Mar16

Do amor... #6

 

Eu e Ele, sentados no sofá, e passa esta publicidade da Vodafone. Decido então acompanhá-la com uma palavra alternativa:

 

- Quer dizer, eu não lhe chamaria um problema, é maiiiis uma condição. O Ele é a pessoa mais atrasada do mundo, 'Estou atrasado'. Do mundo não, do uniiiiiverso! - a última palavra acompanhada com o devido gesto e tudo.

- Ahahah que engraçadinha que está a minha mulher. - diz Ele com aquele ar de ironia.

- Eu sei, mas é verdade e sabes. - E sorrio de orelha a orelha e continuo a ver a televisão.

 

Não fofinhos, não somos? 

07
Jan16

O telemarking transforma-me numa mal-educada!

 

(Imagem retirada da Internet)

 

Não sou mal-educada. A minha mãe deu-me boa educação e evito ao máximo ser desagradável, principalmente com pessoas que fazem apenas o seu trabalho, mas às vezes perco a paciência! Há uns tempos dei um 'raspanete' ao Banco Totta que passava a vida a ligar-me e que a senhora que me ligava era super desagradável. Há cerca de um mês passei-me com as ofertas de Seguro de Saúde que só desistiram de me vender o produto ao fim de mais de cinco chamadas e de eu me lhes ter dito que era publicidade abusiva. Hoje ligam-me mais uma vez, mas desta vez da suposta Vodafone. Ligam-me duas vezes e ambas as vezes desligam-me a chamada, à terceira finalmente alguém fala.

 

- Blá blá blá era para dar a conhecer a nossa oferta de fibra. - um ruído de fundo ensurdecedor, mas lá falava o homem.

- Obrigada, mas não estou interessada, estou fidelizada e fechei à pouco contrato com outra empresa. - até aqui simpática o quanto baste.

- Ah! Mas deixe-me confirmar o seu código-postar. - já se ouviam as teclas ao fundo.

- Obrigada, mas volto a dizer que estou fidelizada.

- Mora na 4****, certo? - e lá continuava ele a bater nas teclas.

- Olhe, desculpe, mas está a ouvir-me? - a minha paciência já estava no limiar.

- Sim, mas é esta a morada?

- Olhe! Não quero ser mal-educada, mas já lhe disse que estou fidelizada e não preciso de saber de outras propostas. - odeio que façam de conta que não me ouçam e neste ponto a paciência já tinha acabado.

- Pronto está bem e diga-me, qual o seu tarifário de telemóvel. - respirei fundo e respondi.

- Yorn X.

- Estaria interessada em 5000 minutos de chamadas grátis para outras redes, com 200 mb de internet e 2000 mensagens para outras redes grátis, por Z€? - Aqui parei, processei a informação e depois respondi.

- Não estou a perceber, o meu tarifário não é esse, mas com mais internet? -  ele hesitou e perguntei - Mas isto é da empresa vodafone?

- Ah, mas é claro.

- Mas da vodafone, empresa mesmo? - E puff, não se fez chocapic, mas o homem desligou-me a chamada.

 

Não gosto de ser mal-educada, mas parece que às vezes eles pedem respostas parvas para perguntas parvas e desligo a chamada, irritada e até com pena de quem lá trabalha. Mas falta de educação, tem como resposta falta de educação.

Tenho sido só eu que nos últimos meses recebo este tipo de chamadas 'espetaculares' com ofertas estranhas?

10
Nov15

As crianças precisam de tempo

 

Ontem pela primeira vez vi o anúncio do Ikea de Espanha para o Natal, uma excelente ideia mas com uma mensagem tão forte que obrigada qualquer um a parar e pensar. A ideia é simples, é pedido às crianças para escreverem a carta ao Pai Natal (em Espanha, são os três Reis Magos) e uma para os pais para pedirem os presentes de Natal. Na primeira carta as crianças pedem bens materiais, brinquedos como qualquer criança pederia, mas na segunda elas apenas pedem uma coisa tempo com os pais. Se há manipulação nas cartas ou na mensagem não sei, até porque é uma campanha publicitária, mas por experiência própria penso que não.

Hoje em dia muitos dos pais não têm tempo para serem pais, muitas vezes não é por vontade própria, mas porque a sociedade ou os empregos assim o obrigam. As crianças passam imenso tempo em escolas, actividades extra-curriculares e ATLs e pouco tempo em casa, pouco tempo para brincarem, pouco tempo para serem crianças no seio familiar. Se antigamente a escola terminava e as crianças iam para casa dos avós enquanto os pais ainda trabalhavam, hoje com o aumento da idade da reforma poucos são os casos assim. Se antigamente a escola acabava às 15h30, hoje acaba às 18h e quando saiem é a rotina dos trabalhos de casa, banho, jantar e cama. Se nos queixamos da falta de educação que muitas crianças apresentam, também é necessário compreender que pode ser apenas uma chamada de atenção. Uma chamada de atenção para os pais que não têm tempo para serem pais. Uma chamada de atenção para a sociedade, que pouco se preocupa se os pais têm tempo para as suas familias.

O que as crianças precisam é de tempo para serem crianças, para serem filhos e para crescerem. Por isso, este Natal dê ao seu filho tempo com ele, aposto que ele vai adorar.

 

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec