Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

03
Nov15

5 Aplicações para uma Desempregada

Nesta minha segunda vez como desempregada, decidi que não iria vegetar, que não iria deixar-me parar e que iria procurar maneiras de desenvolver os meus neurónios e a minha saúde sem gastar dinheiro. Gostava de tirar formações, mas essas são pagas. Gostava de ir para o ginásio nos dias de chuva, mas também isso se paga. Então, com a ajuda do tablet e da internet decidi apostar em aplicações gratuitas que me obrigam a mexer e pensar. Aqui vão as minhas preferidas.

Toshl Finance, para qualquer desempregado que não receba nenhum tipo de apoio, a pior parte é o dinheiro que vai desaparecendo da conta. Já há muito que uso esta aplicação, em que insiro o meu orçamento mensal e todos os gastos que faço vão para lá, permite-me assim manter um controlo nas minhas finanças e perceber para onde vai o dinheiro.

Lumosity, da última vez que fiquei desempregada senti os meus neurónios morrerem a cada dia que passava por falta de utilização. Desta vez recusei-me a que tal acontecesse, assim encontrei esta aplicação que trabalha as competências cognitivas: memória, atenção, concentração, flexibilidade, velocidade de raciocínio, entre outras. É uma aplicação sensacional e que realmente tenho verificado melhorias, principalmente ao nível da memória.

Duolingo é uma aplicação que permite aprender línguas. Com ela tenho melhorado significativamente o meu inglês e desta vez decidi começar o meu tão odiado francês, apenas porque me irá ser útil em breve. É uma forma simples de aprender e muito prática, ensinando a língua de uma forma bastante acessível. Eu que não percebia nada de francês já aprendi qualquer coisinha.

Sworkit, com os dias de chuva tenho sido impedida de ir caminhar/correr, mas achei que estava a tornar-me demasiado sedentária. Investiguei e lá encontrei uma aplicação que todos os dias me lembra de que tenho de fazer exercício. É fantástica, apresenta sempre os vídeos com exercícios muito acessíveis, mas que ao fim de 15 a 20 minutos de exercício me fazem sentir como nova. A melhor parte, os exercícios são adaptados ao tempo que queremos e às nossas necessidades.

Pinterest, já aqui falei deste site e que agora utilizo muito como aplicação. É bom para passar o tempo, como tem imensas sugestões de trabalhos manuais, receitas simples e baratas e excelentes ideias para prendas. Esta aplicação é a minha perdição, mas tenho aprendido tanta coisa útil com ela que nem me importo.

 

Estas são aplicações que melhoram o dia de uma desempregada e que podem melhorar a rotina de qualquer trabalhador. Há mais sugestões? 

31
Ago14

Querido Blog,

(Imagem de Just Smile)

 

Ouvi dizer por estes lados que hoje é o dia internacional do Blog. Nem fazia ideia que tal dia existia, mas talvez seja o momento mais indicado para me expressar a ti e o quão importante tens sido na minha vida ao longo destes 6 anos de relação. Não tem sido uma relação perfeita, nem uma relação constante. Tem tido algumas pausas e deixei muitas vezes descuidar-me de ti, por cansaço, por tristeza ou por falta de inspiração. Mas tens permanecido vivo nas minhas mãos (o que para mim é uma vitória), nunca mantive algo vivo durante tanto tempo como este espaço. Acompanhaste o meu crescimento nos últimos anos, viste-me a passar de uma mera adolescente com problemas existenciais (que ainda hoje não desapareceram) a tornar-me na pessoa que sempre desejei vir a ser. Foste tu e este mundo que muitas vezes me impediram de afundar na tristeza, tu como a minha fonte de desabafo e todos os que aqui passam como fonte de força e conselhos. Tens-me dado, juntamente com toda a comunidade blogosferiana, um aconchego no coração que é difícil de explicar, só quem por cá passa consegue compreender. Viste-me passar por mutações e metamorfoses, e continuas ao meu lado. Viste o meu lado negro e o meu lado mais feliz, mas nem por isso as pessoas que me acompanham desapareceram. Tens resistido ao passar do tempo e ao trabalho, tens conseguido manter-te em pé e aumentado o meu grupo de amigos. Tem sido um prazer escrever aqui nos últimos seis anos, tem sido fantástico conhecer pessoas novas e tão semelhantes a mim por estes lados, mas mais que isso tens sido o meu alívio da alma, o pedaço de mim que não me sai pela boca, mas apenas pelos dedos e palavras silênciosas..

Obrigada a quem decidiu inventar o Blog, obrigada a quem me permite todos os dias expressar por palavras e ter a honra de ser lida por todos vocês! Um enorme obrigado a ti meu blog, a ti que passas por aqui e a ti que me deixas conselhos e palavras carinhosas.

 

Um abraço enorme e cheio de carinho, da tua Just Smile

 

24
Jul13

Para que serve as redes sociais?

(Imagem retirada da Internet)

 

Ao Domingo é dia de Jornal de Notícias e Revista Magazine cá em casa. E no domingo passado a grande reportagem era sobre pessoas viciadas no Facebook. Uma das 'vitimas' dizia que passava 24 horas online, outra que mal acordava ia ao Facebook e outra que se isolou do mundo dedicando-se só à rede social. Afinal qual é o objetivo das redes sociais? Não têm como objectivo aproximar as pessoas, conhecer-se gente nova e restabelecer velhas amizades? Começo a considerar que estas redes começam a ser utilizadas como único meio de socialização para grande parte da população e isso torna-se um bocadinho assustador. O contacto humano é importante, e não retiro as vantagens da internet nem do Facebook porque eu própria as utilizo, mas não é por recorrer a esses meios tecnológicos que deixo de sair de casa e estar com pessoas reais, em carne e osso. Continuo a tentar viver e a aproveitar as coisas para além da janela virtual. Reconheço que 'falar' pela internet é muito mais fácil, as expressões faciais não contabilizadas e não precisamos de estar preocupados com o nosso aspecto ou postura, acaba por ser uma protecção enorme ao ego e à auto-estima, mas não substituiu a comunicação real. Sei também que hoje é mais que uma rede de socialização, mas sim de publicidade, de notícias e de coscuvilhice, ainda assim... A vida lá fora é muito melhor. Faz-me confusão pessoas que se isolam e que colocam tudo no Facebook, desde problemas existencias (ok, eu sei que o faço no blog... mas é o blog) a crises amorosas e novos relacionamentos que surgem todos os dias. Mas para quê? Há uns dias a minha prima disse, e muito bem, 'Fui a um concerto e as pessoas estavam tão preocupadas em gravar e tirar fotografias que se esqueceram de aproveitar a música e de apreciar o que viam', acho que com o acesso da internet a telemóveis e tudo mais a ter ligação ao Facebook acontece muitas vezes isso. Tenho pena, porque a vida lá fora vale muito mais a pena. É muito melhor ir tomar café com um amigo do que conversar com ele no Facebook. É muito melhor ver um concerto ao vivo do que ver uma publicação de alguém. É bom estar na praia sem estar preocupado em colocar uma foto do mar na internet.

Há montes de coisas giras no Facebook, mas a vida lá fora é muito melhor!

 

Opiniões?

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec