Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

06
Nov18

Truques para manter uma casa arrumada

(Imagem retirada daqui)

 

       Considero-me uma minimalista e como tal adoro ver uma casa arrumada, adoro ter a minha casa devidamente arrumada e sem montes de coisas espalhadas por todo o lado. Adoro entrar em casa e ver o sofá arrumado, ver a cama do quarto feita e em cima da cadeira apenas uma camisola. Adoro ver a luz entrar pela janela da cozinha e iluminar a bancada arrumada. Se isso acontece muitas vezes? Nem por isso, Ele é o último a sair de casa e de minimalista não tem rigorosamente nada, nem de arrumado tem, quanto mais de minimalista! Eu bem que vou tentando incutir-lhe as minhas técnicas de arrumação, mas não têm nutrido efeito e vou aceitando, afinal já sabia como Ele era quando me casei. Mas passando à frente, apesar das dificuldades em ter uma casa arrumada acabo sempre por ter algumas estratégias para conseguir ficar com a casa bonita e sem muita tralha.

         Lá em casa há sempre um local para tudo, a casa é pequena, quando entramos deparamo-nos imediatamente com a cozinha e a sala, onde existe uma porta para a casa-de-banho e uma para o quarto, apesar do pequeno espaço que temos obriguei-nos a termos um local de arrumação para tudo e mais alguma coisa. As chaves têm um lugar para serem guardadas, a minha carteira fica sempre dentro de uma das portas da sapateira e até a lancheira tem um local próprio para ficar. Lá em casa raras são as coisas que ficam à vista dos olhos e as que ficam é por praticabilidade ou por decoração.

         Outro hábito que tenho, vá, não sei se já lhe posso chamar de hábito, é o facto de chegar a casa e tentar arrumar a sala. Odeio chegar a casa e ver as almofadas do sofá espalhadas pela sala, com a manta meia no sofá meia no chão, e com os comandos todos espalhados pela casa. Assim, chego a casa e tento pôr tudo no seu devido lugar e deixar a divisão da casa mais importante devidamente arrumada

         A roupa é um drama para Ele, mas para mim tem sido minimamente fácil. Desde que aprendi que tenho de usar e de arrumar as coisas têm sido muito mais fáceis. Uso, deixo a arejar de um dia para o outro e antes de pegar na roupa para o dia seguinte arrumo a que estava do dia  anterior. Esta técnica impediu-me de acumular roupa numa cadeira e de ao fim da semana já nem saber o que era roupa limpa ou suja.

       As superfícies com pouca coisa são também uma das melhores técnicas para manter a casa arrumada, com a sensação de minimalista e limpa. É muito mais fácil limpar o pó numa sala em que as superfícies são lisas e com apenas duas fotografias, do que uma sala atolada de coisas decorativas que pouco significado têm e que apenas lá estão por serem bonitas. É muito mais prático, muito mais fácil de arrumar e bem mais agradável à vista.

        Ter pouca coisa. E aqui entra o minimalismo. Eu sei, sou uma chata por estar sempre a falar sobre o minimalismo, mas verdade seja dita, se tivermos pouca coisa não vai ser muito mais fácil de a manter arrumada? Quanto menos coisas tivermos em casa, mais espaço temos, menos tempo perdemos a arrumá-la e menos dinheiro gastamos em coisas que não têm muita utilidade, esta prática ajuda a manter uma casa bem mais arrumada.

       Adorava conseguir manter a minha casa num brinco, mas vivo com alguém que não tem a mesma teoria e torna-se dificil "co-habitar" com alguém que tem uma ideia e hábitos opostos aos nossos. Mas tenho feito por manter o meu cantinho arrumadinho e sempre com aquele ar "clean" de quem entra e sente logo a tranquilidade na casa. Aceitam-se mais dicas!

31
Out18

Guarda-roupa do Verão para o Inverno

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

A mudança de estação é uma óptima altura para selecionar roupas. Na semana passada comprei uma blusa e hoje mando uma para o lixo, mais duas camisolas e umas calças (fico claramente em desvantagem), mas são peças que já estão muito desgastadas, que perderam a sua elasticidade natural e algumas já têm uns quantos anos (outras nem tanto...). Ainda fiquei de olho em dois casacos que precisam de substituição e de duas camisolas quentes, mas esses só irão sair do armário quando tiverem substitutos😊 P.S.: consegui em dois gavetões e uma porta do guarda-roupa encaixar duas estações, são mais de 30 peças, mas menos de 30 por estação 😊 #justsmile #justsmileblog #minimalismo #roupa #guardaroupa #fashion #arrumação #armáriocapsula

Uma publicação partilhada por Just Smile (@justsmileblog) a

 

        Admito que não tinha vontade. Admito que preferia continuar com as blusas leves de meia estação, que pouca oportunidade tive de utilizar. Admito até que senti o verão passar e que pouco usufrui das suas boas temperaturas, mas a verdade é que o Outono chegou. Ou será o Inverno? Este fim-de-semana, numa semana em que começou com 27º e que terminou com 0º, decidi que o Verão e o Outono já não regressariam e que o Inverno tinha chegado em força. Inspirei fundo e ganhei coragem para arrumar a roupa de verão e substitui-la pela de Inverno e a de meia estação (será que ainda voltarei a utilizar aquelas blusas lindas?).

       Esta é a altura ideal para voltar a rever o guarda-roupa e aquilo que precisa de ser renovado. Infelizmente, tenho de substituir mais peças de roupa do que imaginava, o casaco bege já não pode sair à rua (raios, como é que ainda saiu tanto tempo?), duas camisolas de lã precisam de ser doadas e acabei por enviar para o lixo (que já nem para doar fazia sentido) duas camisolas, uma camisa e umas calças. Deixo a roupa chegar a tal estado de desgaste que quando a envio para o lixo até tenho uma certa vergonha... Mas a pior parte? É conseguir encontrar substituição para isto tudo, a carteira vai doer e até a alma e a paciência.

        Quem sofre dos mesmos males que eu?

      Ah e já agora, aceitam-se dicas de onde comprar camisolas de lã quentinhas e que tenham alguma qualidade e durabilidade!

16
Ago18

Check list do feriado

(Imagem retirada daqui)

 

      Falar e escrever sobre os nossos problemas sempre nos ajudou a lidar com eles de uma melhor forma. Fazer listas também ajuda a manter a organização e a gerir melhor o tempo. Nos últimos tempos as únicas listas que tenho feito são as de supermercado, apenas por uma razão, a lista de coisas a fazer era tão grande que acreditava que iria criar um elevado nível de pressão e frustração ao ver uma lista enorme de tarefas para concretizar. No entanto, dei por mim a criar uma espécie de lista quando partilhei com vocês o que me andava a fazer confusão no início desta nova vida a dois. Inconscientemente ao partilhar com vocês as coisas que ainda não tinha conseguido arrumar e organizar, dei por mim a fazer uma lista de tarefas que precisavam de ser cumpridas. Ao exteriorizar o caos que ainda sentia na minha nova casa, apercebi-me realmente do que tinha que fazer e ontem foi o dia de o concretizar.

        Durante o feriado de ontem tinha a ambição de ir à praia, mas a verdade é que o nevoeiro que aparecia nas câmaras online não atraiu a nossa atenção e decidimos ficar por casa. Enquanto Ele optou por ficar no sofá a ver notícias e mais notícias (eu já vos disse que Ele sóoooo vê notícias e o repeat das mesmas e os comentários das mesmas?), eu decidi que o melhor seria aproveitar e arrumar aquelas gavetas da mercearia, escrever nos frascos das mercearias e arrumar a temida gaveta dos recibos e fazer a respectiva lista das nossas despesas. Ainda de pijama, depois de ter feito o almoço e ter arrumado a cozinha (Ele ontem teve a sorte de eu estar cheia de genica e de fazer tudo), atirei-me às tarefas que me andavam a atormentar a alma de cada vez que me sentava no sofá. Tarefas feitas:

       - Todas as despesas lançadas na aplicação do telemóvel e recibos devidamente guardados na minha adorada caixa de sapatos;

       - Gaveta das mercearias e armário das mesmas arrumados e muito mais organizados;

       - Uma máquina de roupa escura lavada, seca e ainda dobrada;

       - Organizar o móvel da entrada de forma prática e coerente, finalmente tal coisa aconteceu e agora está bem mais prático;

       - Congelar alguns legumes para não os deixar estragar;

      Quando Ele me viu a mexer muito, decidiu deixar a morrinha de lado (vá, parcialmente) e forrou as gavetas e os armários que estavam em falta. Além destas tarefas todas ainda consegui fazer o meu primeiro bolo na Yammi, dar um jeito à depilação (ainda não vos falei do milagre da depilação a laser, pois não?) e pintar as unhas dos pés  Foi um dia bastante produtivo e ao final da noite consegui sentar-me no sofá sem a sensação de peso na consciência das inúmeras coisas que tinha para fazer, afinal já todas foram descartadas da lista.  Pela segunda vez, em mais de um mês, tive a oportunidade de me sentar no sofá no final da noite e ler um bocadinho do meu livro, tenho-vos a dizer que foi a melhor sensação do mundo!

       Um feriado caseiro, mas muito produtivo!

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec