Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

22
Jan20

A saga da casa... #4

(Imagem retirada daqui)

       E vocês que andam desse lado devem questionar-se (ou não!), "Então Just, já começaste a construir a tua casa?", afinal já fez um ano que partilhei o primeiro post sobre a saga da casa e em setembro até escrevi um post sobre a aprovação da parte de arquitectura na Câmara, certo? Mas a resposta até é bastante simples, NÃO. "E porquê?", questionam-se vocês como se isso fosse do vosso interesse (que nem é e vocês nem se lembram sequer do assunto!), e eu nem respondo, porque se não corro o risco de esfolar algum engenheiro que anda a prolongar o meu sofrimento em fechar o crédito para a construção da mesma. É que nem o raio das especialidades ainda nos entregaram!

 

04
Set19

A saga da casa... #3 Ando a panicar um bocadinho...

(Imagem retirada daqui)

        A saga de fazer a nossa própria casa tem-se prolongado mais do que o esperado, mas sinceramente não é isso que me tem apoquentado. Já deu entrada na Câmara a primeira fase, já voltou para as nossas mãos e já foi novamente entregue com as devidas correcções, o tempo que tem demorado não me preocupa minimamente, pois admito que ainda não me encontro psicologicamente preparada para avançar para a pior fase: a construção. No entanto, há algo que ultimamente me tem tirado um bocado o sono, tenho a sensação que esta casa saiu completamente fora do meu controlo. As pessoas responsáveis pelo projecto da nossa casa são amigas d'Ele, por consequência, eu raramente estou com eles e sinto que todo o processo me escapou das mãos. Vou descobrindo pormenores novos de cada vez que Ele me fala da casa que me têm aterrorizado, o muro de suporte do terreno não está incluído no orçamento, a área já ficou acima daquilo que achava e começo a ter a sensação que a casa vai estar a cima das nossas posses. Se calhar não acima, mas não estou disposta a deixar de viver ou ter uma vida para simplesmente pagar uma casa. Admito que ultimamente as questões financeiras me têm tirado o sono e sinto que não sei tudo o que deveria saber deste protejo, desta minha casa, acredito que Ele não o oculte propositadamente, no entanto, inconscientemente não tem partilhado comigo alguns dados importantes. Aliás, no outro dia reparei que tinhamos duas janelas que eram totalmente denecessárias!

         Para juntar a isto tudo, esta incerteza de ainda não termos orçamentos e só o podermos pedir depois da especialidade feita, a coisa tem-me deixado bastante inquieta. Ultimamente tenho pensado em números quase todos os dias e sei que continua a ser mais barato do que comprar uma casa ou um apartamento na zona onde queremos viver, mas tudo me assusta. Sei que muito disto advém do histórico da minha família e por já ter passado por graves dificuldades financeiras, e estou sempre com a sensação que poderá existir a ínfima possibilidade de reviver tudo outra vez. Se calhar estou a ser ridícula e a exagerar e no fim todos os valores se irão alinhar com aquilo que temos possibilidades e com aquilo que imaginamos, mas ultimamente parece que só tenho conseguido ver problemas e mais problemas. Admito que agora que vejo o projecto entrar na Câmara e começar a dar, verdadeiramente, os primeiros passos, começo a panicar um bocadinho.

21
Ago19

E onde para esse Minimalismo?

(Imagem retirada daqui)

        Por estes lados as coisas parecem um bocadinho estagnadas ou se calhar alcançadas. Neste rodopio que tem sido a vida sinto que alcancei o que desejava, uma casa de fácil manutenção e que facilmente é arrumada. Temos alguma falta de espaço, o que me incomoda em alguns momentos (a casa tem 45m2 por isso é fácil de entender), principalmente no que diz respeito a materiais e arquivos de trabalho, no entanto gosto da disposição das coisas que neste momento tenho em minha casa. Não sinto falta de mais coisas, sinto-me bem com aquilo que tenho e não sinto a necessidade de ser consumista. Continuo com a minha regra de comprar para substituir, armazeno alguns bens na dispensa porque estão em promoção, mas nada em excesso. Continuo a comprar roupa apenas em promoção e quando é realmente necessário. As superfícies dos meus móveis têm alguns apontamentos de decoração, principalmente fotografias, mas são de fácil limpeza e as superfícies mantêm-se maioritariamente livres. Na cozinha alcancei a arrumação desejada, seja na parte da dispensa, como dos armários. As coisas estão de fácil acesso e à vista, no entanto, bem arrumadas e até Ele não parece ter dificuldade em encontrar seja o que for na nossa cozinha. Neste momento sinto que atingi aquilo que há muito desejava, não sinto a necessidade de diminuir ou aumentar seja o que for na minha vida.

      Gosto da minha casa assim pequenina, onde tudo está perto e onde tudo tem o seu lugar. Calçado nas cestas da entrada, dispensa organizada nas prateleiras, todos os produtos de cozinha nos seus frascos e até as fotografias têm lugar cativo nas estantes. Gosto da praticabilidade da coisa e se às vezes nem tempo tenho para a arrumar ou limpar a fundo a casa, mas acaba por não se notar muito. Ele já aderiu às técnicas de arrumação, o que ajuda imenso e pelo menos sabemos sempre onde estão as coisas, neste assunto estou no meu ponto de equilíbrio perfeito. O que me tem atormentado a mente? Mas juro que tenho tentado afastar essa imagem da minha mente. O tamanho da minha futura casa. O projecto tem mais do triplo do tamanho da minha actual casa, o número de divisões quadriplica e isso assusta-me. A funcionalidade, a prática da minha actual casa irá manter-se na próxima, mas com o triplo do tamanho. Toda a gestão me assusta, mas sei que já não a conseguimos diminuir mais, pois quero criar lá a nossa família e ter o meu escritório. Acredito que quando essa mudança acontecer (que ainda me parece bastante longínqua), todo este tema do minimalismo me volte a fazer sentido e que todas as técnicas de arrumação tenham de ser revistas. Até lá? Vou aproveitar este ponto perfeito de harmonia entre mim e a minha casa.

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec