Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

30
Abr18

Inspirações e Resumo de Abril

 

       Abril já passou. Volto a dizer, não sei bem para onde tem ido o tempo, mas aposto que tem sido para todo o trabalho, para todas as idas ao Leroy e ao Ikea e até para os pormenores do casamento. Um mês chuvoso que combinado com obras torna tudo muito mais pesaroso. Mais um mês sem o meu quarto, mais um mês com a casa num caos e mais um mês sem saber bem onde andam as minhas coisas. Mas mais um mês de muitas decisões e de pequenos passos para prepararmos o nosso futuro. Apesar de Abril ter sido um mês que passou a correr, foi também um mês bastante produtivo, mesmo tendo alguns objectivos ficado pelo caminho.

       O mês começou com chuva e com mais atraso nas obras que já deveriam ter sido terminadas há muito, mas de uma forma (mais ou menos) compreensiva deixou-se andar a situação até porque o São Pedro não deu grande ajuda. Ainda assim agradeço de terminar bem o mês para ter conseguido finalizar tudo o que era necessário (não vá o São Pedro rogar-me alguma praga). Isto de obras e o caos que está instalado na minha vida fez-se sentir este mês e andei um bocadinho desorientada (aqui). No entanto, Abril teve muitas coisas boas, rendi-me às evidências e ando viciada nas séries da Netflix, mesmo com o pouco tempo livre que me resta, e tive um momento de auto-aprendizagem. Este mês mentalizei-me que só posso focar-me numa coisa de cada vez e sem dúvida que este foi um passo muito importante para o meu desenvolvimento e crescimento pessoal, até diria mais, foi a consciencialização disso que me fez conseguir encontrar um bocadinho de tranquilidade no meio do caos em que está a minha vida. Assim, Abril termina bem, com energias positivas e com a maioria dos meus objectivos realizados.

 

        1º Experimentar receber uma massagem. Este era um objectivo que gostava bastante de ter realizado, só que não. Tentei marcar com o fornecedor do voucher e só para Junho, Junho minha gente! Tive de marcar uma massagem com dois meses de antecedência porque simplesmente não existiam vagas! Eu sinceramente não acho muito normal, mas lá tive de aceitar até porque a senhora foi super simpática e aumentou a validade do voucher que terminava este mês.

 

      2º Ir jantar fora. Vamos reformular este objectivo: Ir almoçar fora. O que pretendia era uma refeição a dois feita com calma, sossegadinha e sem pressas e isso conseguimos. No dia em que fomos tratar dos papéis ao registo civil para o casamento aproveitamos e fomos almoçar os dois ao Steak'n Shake (uma desilusão diga-se de passagem), mas não só experimentamos um restaurante novo como aproveitamos para saborear a companhia um do outro sem pressas, sem stresses e sem problemas. Foi um momento que soube mesmo bem, jhá muito que não faziamos um plano destes a dois.

 

        3º Fazer uma lista das peças de roupa que preciso de comprar. Penso que a minha lista está concluída, preciso de pelo menos duas blusas, uns calções, um biquíni e umas sapatilhas (ou sandálias? Ainda estou na dúvida.). Tenho dois vestidos há espera que cheguem da China, um já chegou da Asos e parece-me que estou satisfeita de roupa para a próxima estação, mesmo achando que ainda é muita coisa.

 

       4º Dar início às mudanças. Finalmente aconteceu! Já estou a dormir no meu quarto novo, já tenho quase a minha roupa toda no quarto e já durmo numa cama maior que eu! Este fim-de-semana, enquanto eu trabalhava, Ele ajudava a montar o quarto novo e limpava para que fosse possível eu dormir naquela caminha nova ainda naquela noite. Sem dúvida que este foi o momento alto do meu dia e dormir no meu quarto, na minha cama nova, foi das melhores coisas que aconteceram nos últimos tempos. Ainda queríamos ter arrumado a sala e montado a televisão, mas as 48h do fim-de-semana não foram realmente suficientes para tantos planos. Ainda assim já ando com um sorriso no rosto e acredito que agora vai ser sempre a melhorar.

 

       Abril foi um mês bastante produtivo. Trabalhei bastante, mas também fui muito recompensada por isso, tenho visto evolução nos meus meninos e estou pronta a dar alta a um deles que evoluiu de uma forma fantástica. Foi um mês em que aproveitei para estar com os meus sobrinhos, que consegui ler mais que um livro e meio e até que consegui começar a acompanhar séries televisivas fantásticas (já vos disse que estou a ver La Casa de Papel?). Este mês não só deu para avançar com muita coisa, para dar as obras quase como terminadas, como ainda senti que me 'reorganizei' espiritual e mentalmente. Sinto-me com as energias mais renovadas, apesar do cansaço físico, sinto-me mais positiva e até menos stressada. No que respeita ao casamento ainda conseguimos tratar dos papeis no registo civil, comprei a minha pulseira para o casamento, os meus sapatos e até o nosso porta-alianças. As minhas Inspirações para este mês? Nada muito concreto, talvez a própria vida tenha sido a minha inspiração (acho que basta ver pelos posts deste mês). Abril deu-me muitos motivos para sorrir e isso fez dele um bom mês.

27
Abr18

Água Micelar Simple

(Imagem retirada daqui)

 

       Só há pouco tempo conheci os benefícios da água micelar e admito que durante algum tempo estive um bocadinho reticente. No entanto, desde que mudei de creme hidratante para o Sérum Caudalie que notei que a minha solução de lavagem facial estava a ser demasiado agressiva para ser utilizada duas vezes por dia. Talvez por o Sérum ser um hidratante mais suave, talvez por ao fim de tantos anos a solução de lavagem já estar a ser demasiado para a minha pele que tem mudado nos últimos tempos. Assim, decidi que iria experimentar utilizar uma vez por dia água micelar e que na outra iria utilizar a solução de lavagem. A primeira questão foi encontrar uma água micelar que combinasse qualidade, peles sensíveis e um bom preço. Sugeriram-me Garnier e umas outras quantas marcar de água micelar, mas em que todas estavam com valores mais elevados que aquilo que estava disposta a dar. Assim, decidi ir ao Continente e investigar. Vi algumas com preços bastante acessíveis, vi outras de marcas bastante acessíveis mas acabei por optar pela Simple. Já há algum tempo que utilizo as toalhitas desmaquilhantes da Simple que são realmente fantásticas, não só têm um preço acessível como removem facilmente a maquilhagem e deixam a pele bastante suave. A melhor parte? Não fiz reacção negativa ao produto, o que costuma ser algo bastante raro, contudo também compreendo que é um produto bastante básico e que evita utilizar corantes e sem álcool ou odores artificiais.

      Assim, cheguei a casa com a água micelar da Simple e decidi que iria utilizar de manhã antes de colocar o hidratante para tentar agredir o menos possível a pele e que só à noite iria utilizar a minha solução de lavagem, que controla a sebosidade da pele, e só depois colocaria o sérum da Caudalie. Nos primeiros dois dias percebi que a minha pele estava um bocadinho mais oleosa que o costume e comecei a ficar preocupada, afinal sebosidade excessiva em pele sensível dá mau resultado. Ao terceiro dia decidi tentar mudar a rotina de limpeza da pele, até porque parei para ler cuidadosamente a embalagem da Simple e verifiquei que a água micelar também é hidratante. Optei então por alterar a rotina, de manhã continuaria a utilizar a solução de lavagem, colocaria o Sérum e à noite só utilizaria a água micelar. Mudei esta minha rotina há duas semanas e a minha pele tem estado fantástica! Pouca oleosidade, hidratada e suave, como gosto de a ter.

       Bastou alterar a minha rotina que comecei a adorar a água micelar Simple. Limpa, suaviza a pele e ainda a hidrata, não tendo de usar cremes durante a noite. Espero não estar a cometer nenhum erro com esta minha mudança, até porque pela primeira vez 'auto-medico' a minha pele em alguns anos e estou sempre receosa de cometer algum erro crasso. Que dizem fashion blogger e entendidas em beleza, estou a fazer bem? Pelo menos a minha pele tem gostado!

 

26
Abr18

Arregaçar as mangas!

(Imagem retirada daqui)

 

      Há um ano passamos o dia de 25 de Abril a limpar o nosso terreno recém adquirido. Foi quando nos apercebemos que não tínhamos comprado um terreno, mas sim uma selva. No ano passado dei cabo das minhas costas, das minhas pernas e até as minhas mãos que ficaram numa desgraça, mas que com a ajuda dos amigos e da família demos um grande avanço na limpeza do terreno que um dia virá a albergar a nossa tão ansiada casa. Este ano, a pouco mais de dois meses do nosso casamento, passamos o dia de 25 de Abril numa situação um tanto ou quanto semelhante, mas em vez de motos-serras, máquinas de cortar erva e de ancinhos, passamos na companhia de aspiradores, limpa-vidros, lixívias e esfregões (eu sei, coisas muito pouco ecológicas, mas a verdade é me pareceu impossível usar outro tipo de produtos). Ontem decidimos começar a limpar a grande poeira da casa que nos dará abrigo durante o próximo par de anos. As obras ainda não estão terminadas, continua a falhar o picheleiro/electricista, mas neste momento o meu grande objectivo é o quarto e então aproveitamos o feriado para começar a limpar a casa, visto aqui a Just ao sábado trabalhar quase um horário laboral normal.

     Ontem, munidos de todos os apetrechos e mais alguns, arregaçamos as mangas e atiramo-nos à guerra.  Depois de uma parede ter ido a baixo, depois da mudança de chão, janelas, estores e portas a casa estava num verdadeiro caos. Não era possível ver nenhuma superfície limpa, além da sujidade dos vidros que tapava a vista lá para fora. Ele atirou-se ao pó e ao quarto, eu atirei-me à casa-de-banho de onde não saí durante a tarde toda. Sem aviso, sem estarmos a contar um casal de amigos passou lá por casa e atiraram-se às limpezas como nós. Pegaram em panos, em limpa-vidros em vassouras e aspiradores e começaram a limpar todos os vestígios de obras. Sem estarmos a contar, sem sequer imaginarmos que teríamos qualquer tipo de ajuda, aqueles dois 'anjinhos' surgiram-nos no caminho e ajudaram-nos a dar uma avanço enorme nas limpezas, principalmente a Ele que eu, volto a referir, não sai da casa-de-banho. Depois de umas quantas horas a tirar tinta dos azulejos, a limpar vidros (que continuam porquinhos como tudo), depois de limpar móveis e louças de casa de banho e o chão senti que a casa já tinha um outro ar. É verdade que está longe de ficar limpa, é verdade que hoje (benditos trolhas que hoje apareceram!) a casa vai ficar outra vez suja com as últimas pinturas, mas nada que se assemelhe ao estado em que estava ontem antes das limpezas. Ontem, já ao final do dia, com uma caixa de pizza no chão, sem mesas ou cadeiras, sentados no chão a comer e completamente cansadinhos senti-me como há muito não me sentia, realizada. Senti que aquela imagem de nós e os amigos sentados no chão, com a caixa de pizza, com a casa ainda vazia, mas com material espalhado era a imagem que tinha um dia idealizado na minha cabeça para um dia começar a minha nova vida. Sem saber como, sem saber bem porquê estava na minha mente idealizado aquele momento, como uma espécie de déjà vú, e isso fez-me sentir completa, realizada. A minha vida está finalmente a mudar.

       Espero ainda este fim-de-semana começar as mudanças para o quarto, voltar a dar uma limpeza à casa, mas a melhor sensação de todas é que a minha nova vida está prestes a começar (mesmo com os braços e as costas doridas de tanta limpeza!).

 

Pág. 1/8

Inspiração do Mês

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Segue-me ainda em...


Justsmile91's book recommendations, liked quotes, book clubs, book trivia, book lists (read shelf)

Nas páginas de...

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Justsmile91 has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide

Parcerias

Emprego em Portugal estudoemcasa-mrec