Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qui | 01.10.15

Vida de desempregada 10#

(Imagem retirada da Internet)

 

Faz amanhã três semanas que me encontro desempregada.

Nestas últimas três semanas tenho aproveitado para pôr o sono em dia (tenho dormido uma maravilhosa média de 10 horas diárias). De tarde arrumo a cozinha, arrumo a casa e sento-me ao computador a mandar cerca de 25 currículos diários, em certos dias entrego 6 ou 7 em mão. A minha maior felicidade é de quando recebo um email em resposta a um dos meus currículos, mesmo que seja 'neste momento não nos encontramos em fase de recrutamento, mas guardaremos o seu currículos para possíveis oportunidades futuras.'

Hoje, fui eu ao correio e com o que me deparo? Com uma carta do IEFP para eu comparecer num curso intitulado 'TÉCNICAS DE PROCURA DE EMPREGO' e agora deparo-me com o quão ridícula a situação é. O IEFP nunca me ajudou em rigorosamente nada, chama-me empregada de escritório em vez de Terapeuta da Fala, obrigada-me a correr para lá mil e quinhentas vezes para os informar de que trabalhava e ainda me vêm com falsos moralismos para me ensinar como devo procurar emprego? Nunca me ajudaram a procurar um emprego, senão fosse eu a mexer-me bem que estaria a minha vida toda desempregada e ao fim de três semanas mandam-me logo para uma formação? E para uma formação que não me diz rigorosamente nada? É que ainda por cima vou tirar a parte do meu dia que mais gosto, dormir!

E agora, com toda a sinceridade, alguém me explica para que serve de útil o IEFP? É que a mim só me tem dado dores de cabeça...

 

10 comentários

Comentar post