Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qua | 27.01.16

Ter esperança cansa...

(Imagem retirada da Internet)

 

Há dias em que é difícil manter a esperança e há dias em que simplesmente a precisamos de esquecer, pelo menos durante 24horas. É esgotante estar sempre esperançosa. Utilizam-se as mais ínfimas energias para se conseguir manter esperançosa, manter uma mente positiva em que, sem sinais evidentes, se espera por melhores tempos e melhores oportunidades. É esgotante sorrir todos os dias e dizer a toda a gente 'mas há que manter a esperança', 'tempos melhores virão'. Parece que se a esperança desaparecer por breves momentos as pessoas consideram que estamos a desistir, que nos estamos a atirar ao fundo do poço sem regresso previsto. Mas não é verdade. É tão difícil estar todos os dias a pensar que virá uma resposta, que chegará um sim de qualquer oferta de emprego, que finalmente a nossa vida vai deixar de estar estagnada, principalmente quando não temos o mínimo sinal de tais coisas virem a acontecer. É esgotante, porra!

Ontem Ele, nas melhores das intenções voltou a dizer que é normal nesta altura estar desempregada, 'Sabes que Janeiro é o mês de arranque de muitas empresas.', pois bem, fiz contas e houve uma desculpa para todos os meses em que tive desempregada e cansei de tantas desculpas. Se em Outubro estava desempregada era porque ainda agora tinha começado a procurar. Se em Novembro estava desempregada é porque as empresas se estavam a preparar para o final do ano. Se em Dezembro estava desempregada é porque muitas empresas não contratam nesse mês porque estão a fechar contas. Se em Janeiro estou desempregada é porque as empresas ainda estão a começar o ano. Parei e respondi, um tanto irritada, mesmo sabendo que a culpa não era d'Ele 'E qual vai ser a desculpa para estar desempregada em Fevereiro? É porque há o Carnaval? Chega de desculpas, estou desempregada e ponto. É esta a situação, não é preciso estar sempre a arranjar desculpas! É isto e pronto.'.

Não sei se este meu último pensamento vem de uma necessidade de me responsabilizar por estar desempregada, apesar de saber que faço de tudo para deixar de o ser. Não sei se será de estar cansada de ouvir toda a gente a dizer que não trabalho por causa das condições do país, ou por causa das mudanças de governo, ou por causa disto e daquilo. Não sei se será simplesmente por estar cansada de me dizerem para não perder a esperança, que tanto tem esgotado as minhas energias. Comecei 2016 cheia de energia, cheia de esperança e hoje, ao dia 27 do mês esta tem vindo a desvanecer-se como o frio lá fora. Todas as pequenas oportunidades que me pareceram surgir foram-me arrancadas dos pés pelas condições mais absurdas que possam imaginar, como se pode manter sempre a esperança se estamos sempre a levar 'estaladas' das situações? É tão difícil manter uma esperança quando todos os sinais nos indicam em contrário.

Sei que é preciso ter esperança, mas hoje não, hoje estou cansada. Amanhã. Amanhã voltarei a ter esperança.

21 comentários

Comentar post