Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Sex | 24.07.15

Sonhei contigo

(Imagem retirada da Internet)

 

Há anos que não sonhava contigo. Passaram-se 12 anos desde que partiste e já há muito tempo que não aparecias nos meus sonhos. No início era frequente sonhar contigo, por vezes, mais do que aquilo que desejava. Aos poucos começou a ser menos frequente e já nem me lembrava da última vez em que entraste nos meus sonhos. Esta semana surpreendeste-me e fizeste-me acordar com as lágrimas nos olhos. Um sonho estranho, em que o mundo parecia (literalmente) desequilibrado, em que tudo escorregava e eu tentava agarrar quem me fazia bem. Estavas tu, a avó (engraçado, ela estava bem mais nova, tal como me lembro dela na altura de tu partires e não como ela é agora), eu, Ele e até um dos meus sobrinhos. Não sei explicar o que sonhei, sei que me pareceu tão real o teu abraço que as lágrimas molharam-me a almofada. Abracei-te e disse-te que sentia mesmo muitas saudades tuas e pareceu tudo tão real. Como se tivesse realmente sentido os teus braços à minha volta, como se ainda sentisse as tuas mãos frias nos meus braços e lembro-me de sentir o coração apertado. Apertadinho. Terrivelmente apertado da saudade. Não sei o porquê do sonho, não sei o porquê de a saudade ter batido mais forte, mas sei que se a saudade me magoou, a simples visão de um abraço teu me preencheu o coração. Passei o dia sensível, com vontade de chorar à mínima coisa, mas a verdade é que ontem lembrei-me mais de ti do que os outros dias. E se não conheceste os meus sobrinhos em vida e nem Ele, conheceste agora nos meus sonhos e senti que a felicidade também te preenchia.

Passaram-se 12 anos e nunca te esqueci, nunca te esquecerei e continuas a ter lugar de destaque nas fotografias do meu quarto. 

Beijinhos da tua neta, que nunca deixará de ter saudades tuas avô.

4 comentários

Comentar post