Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Ter | 08.03.16

Somos todas Super-mulheres!

(Imagem retirada da Internet)

 

Em 2013, no dia da Mulher escrevi este texto e hoje não lhe altero uma única palavra sobre a minha opinião sobre este dia (aqui).

 

"Toda a gente tem uma opinião sobre o dia internacional da mulher. Uns dizem-no ridículo, porque se queremos igualdade estamos a distinguir-nos. Outros dizem que o dia da mulher deveria ser todos os dias. E há quem ainda diga que é um dia para valorizar a mulher. Quanto a mim, tenho uma opinião muito própria sobre o dia da mulher e que ao longo dos anos fui transmitindo neste blog.
Se concordo com o dia da mulher? Completamente. Se o festejo de forma especial? Nadinha. E posso explicar o porquê. Durante séculos os homens pensaram que as mulheres tinham de ser submissas, que as suas capacidades cognitivas e intelectuais eram inferiores às dos homens. Mulheres só serviam para ter filhos e para tratar da casa. Durante séculos as mulheres eram vistas como objectos de procriação, de prazer e de trabalho doméstico. Pois a verdade, é para sermos as mulheres que somos hoje tivemos de lutar, lutar por algo que os homens tiveram como adquirido durante toda a vida. Tivemos de lutar pelo direito ao voto. Tivemos de lutar pela educação. Tivemos de lutar pela capacidade de termos vontade própria. Tivemos de lutar pela nossa independência para não pedir autorização ao marido, seja pelo que fosse. Tivemos de lutar por tudo aquilo que temos hoje, algo que nos distingue dos homens. Por isso sim, acho importante o dia internacional da mulher. É importante ver que ainda há milhões de mulheres pelo mundo a precisarem de serem libertadas da opressão masculinas, mostrar ao mundo que são seres vivos, tão humanos quanto eles. É preciso lutar contra a violência doméstica, contra as violações de que as mulheres são vítimas. É preciso continuar a lutar para que meninas por todo o mundo tenham autorização para estudar, que meninas por todo o mundo deixem de ser mutiladas. E se este dia nos distingue dos homens, que mal tem? Somos completamente diferentes, precisamos dos nossos direitos, igualdade em uns e diferentes noutros, simplesmente precisamos dos direitos da mulher!
A libertação das mulheres é uma luta que continua, que ainda está longe de terminada, mas que neste dia se demonstra ao mundo que ainda é preciso continuar a lutar.
 
E a todas as mulheres, feliz dia, porque realmente, digam o que disserem, todas somos SUPER-MULHERES!"

4 comentários

Comentar post