Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qua | 18.11.15

Preciso de ir à bruxa?

(Imagem retirada do Facebook da Rádio Comercial)

 

Depois de ter visto que hoje era dia do ocultismo e ter visto em primeira página no Lifestyle se era altura de ir à bruxa, com a sorte que ando questiono-me mesmo se deveria ir à bruxa. Não sou crente nessas coisas, mas 2015 deve ter trazido consigo o seu lado pior aqui para a Just. O ano parece não ter fim e se em Janeiro já questionava as suas brincadeiras de mau gosto, imaginem agora em Novembro. Não houve um único mês de descanso, houve sempre problemas e alegrias só encontro realmente duas, o nascimento do terceiro sobrinho e afilhado e Ele ter conseguido arranjar emprego, de resto foi um ano arrasador. Então façamos a lista:

 

- Em meio ano perdi dois familiares próximos e tive de lidar com a situação, como se fosse gente crescida (além de que o falecimento do segundo familiar afectou-me de tal forma que ainda me vêm as lágrimas aos olhos);

- A máquina de lavar louça que morreu, o cartão do banco que perdi, a revolta das carteiras, o carro que não quer sair do sítio, o esquentador que só dá água fria e outras tantas pequenas maravilhas.

- Ter voltado a ficar desempregada, a informar que eu e Ele, desde que estamos juntos, só trabalhamos ao mesmo tempo durante 2 meses (se tanto), quando um arranja emprego o outro fica desempregado.

- A gripe de verão, a terapeuta da fala afónica, a intolerância à lactose e a virose que a gerou.

- Os problemas familiares, a paciência para aturar a avó e o primeiro Natal em casa (este ainda se aproxima).

- Os amigos que se afastaram e me levaram a questionar se sempre o foram assim.

- E agora, um atentado em Paris, que faz com que Ele se questione mais que eu sobre a nossa viagem, a única coisa que me tem mantido entusiasmada nas últimas semanas de desempregada.

 

E agora me pergunto, mesmo eu não acreditando na coisa, não será altura de ir à bruxa? Até vocês em determinado post me aconselharam a ir à bruxa! Sinto-me cansada de 2015, sinto-me cansada de a sorte ter andado sempre a fugir de mim este ano, de não ter havido um único momento de paz. Se não era isto, era aquilo e até as pequenas coisas se decidiram revoltar e atormentar o resto dos meus dias. Sinto-me verdadeiramente cansada, será que a bruxa me resolverá o problema? Cá em casa dizemos muitas vezes 'devias ir à bruxa', mas sabemos que ninguém leva a sério, mas depois de tantos percalços questiono-me senão deveria começar a acreditar.

E vocês? Acreditam nisso?

11 comentários

Comentar post