Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qui | 09.11.17

Perdida por terras de Vila Nova de Cerveira

1.jpg

      Em Outubro Ele fez 31 anos e como prenda decidi oferecer-lhe um fim-de-semana só nosso. Um fim-de-semana para relaxar, para esquecer o casamento e as obras, para simplesmente estarmos um com o outro. Só nós, mais ninguém. Finalmente, quase um mês depois, eu e Ele fomos usufruir do fim-de-semana que lhe tinha oferecido. Um local minimamente perto para quem mora no Porto, para passar apenas uma noite e depois de uma manhã de sábado cheia de trabalho. Desejávamos um local que nos permitisse descansar, relaxar e sempre numa zona com boa comida (ambos somos apreciadores da boa comida portuguesa). Depois do almoço de sábado, em que mais uma vez fiquei à espera d'Ele, seguimos rumo ao Hotel do Minho em Vila Nova de Cerveira, um local que até ao momento tinha sido apenas de passagem. Através da Odisseias, onde tinha alguns créditos a gastar, comprei o nosso voucher que nos permitia o acesso ao Spa e ao pequeno-almoço, a dizer que em época de contenção de gastos o hotel ficou-nos a um preço bastante acessível.

2.jpg

      Assim que o GPS nos indicou que tínhamos chegado ao nosso destino a primeira coisa que reparamos foi a paisagem envolvente. O Hotel localiza-se praticamente à face da estrada, o que acabou por nos desiludir, pois estávamos na esperança que fosse num local com maior contacto com a natureza. Um erro meu, que realmente apenas vi as imagens do Booking e da Odisseias sobre o Hotel e não fui verificar a sua localização exacta até ao momento da viagem. A paisagem envolvente é banal, estrada, casas e até umas fábricas, pouco agradável à vista, mas que é compensado com a beleza das piscinas exteriores e das sebes e árvores que as rodeiam. Aliás, apesar do vento frio que se fazia sentir, as piscinas deixaram-nos a vontade de lá voltar nos dias quentes do verão!

     Depois de já instalados, decidimos ir experimentar o Spa e tenho a informar, que depois da simpatia dos empregados, este é o melhor serviço do Hotel. O Spa do Hotel é realmente um local fantástico e propício ao descanso e relaxamento que tanto desejávamos. É um local com uma excelente temperatura ambiente, o que às vezes falha noutros hotéis, e com o tamanho ideal para o pretendido. A temperatura da água estava fantástica, nem demasiado quente nem demasiado fria, com dois jactos fantásticos para massajar as costas. As duas paredes de vidro deixavam a luz entrar e conseguir ter uma percepção da aproximação da noite. A sauna estava fantástica e à temperatura ideal, já para não falar do jacuzzi, que apesar de não ter experimentado, me parecia muito confortável. Ficamos imenso tempo no Spa, deitados na espreguiçadeira a aproveitar a companhia um do outro. É verdade que tinha ainda muita gente, afinal era sábado, mas o ambiente estava muito agradável e por isso nos deixamos ficar. O único se foi o banho turco não estar me funcionamento e nem o chuveiro de sensações (que nem percebi muito bem como funcionava a coisa).

      No fim de um momento super relaxante, num ambiente confortável decidimos jantar no restaurante sugerido pelo hotel e mesmo ao lado fica Braseirão do Minho. Comemos muito bem, numa sala com um ambiente familiar e agradável. A picanha era boa e meia dose chegou para os dois e ainda ficamos empanturrados! O problema desta estadia foi a dormida em si, os quartos eram giros e confortáveis à primeira vista, com uma casa-de-banho boa e um chuveiro que me deixou com desejos de ter um igual, a cama é que foi o problema. Ele queixou-se do colchão, eu queixei-me da almofada e ambos nos queixamos da entrada de luz no quarto logo de manhãzinha. Admito que a noite não foi de muito descanso porque o quarto assim não o deixou, eu acordei com dores de pescoço e Ele a queixar-se que não conseguiu dormir nada. Tirando este pequeno (GRANDE) 'se' a nossa estadia foi muito boa. O Hotel consegue misturar na perfeição o moderno com o conforto, bastando olhar para o bar e para a sala de estar, onde passamos algum tempo agradável depois do jantar. Os funcionários foram excepcionais, preocupados e simpáticos, mas sem dúvida que o Spa foi a grande vitória deste hotel.

3.jpg

      Com a estadia do hotel terminada decidimos ir visitar Vila Nova de Cerveira. Uma vila pequenina, mas bastante acolhedora. Visitamos o castelo, caminhámos pelas suas ruas e do alto do Castelo conseguimos observar o Cervo a proteger a sua terra (é o veado o simbolo da região). Um local acolhedor e muito agradável onde ainda se consegue identificar as suas gentes. Algumas casas estavam enfeitadas com pormenores em renda, mas a da fotografia estava completamente 'rendada' de cima a baixo, o que foi algo muito bonito de se ver. Foi um fim-de-semana muito breve, que passou mais rápido do que desejavamos, mas que nos fez muito bem. Não só conhecemos um novo local, como também nos demos ao luxo de fugir da rotina. A zona é bastante acessível, com paisagens entre as montanhas e o rio maravilhosas e que permite recuperar energias. Foi sem dúvida um excelente fim-de-semana, voltar à rotina é que já não foi tão saboroso.

 

P.S.: Imagens de Just Smile.

10 comentários

Comentar post