Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Sex | 16.09.16

Harry Potter and the cursed child (19/25)

(Imagem retirada daqui)

 

Fui ao lançamento do livro do Harry Potter e se esse me desiludiu, tal não aconteceu com o livro. Apesar do livro ser simplesmente o guião de uma peça de teatro, gostei bastante de o ler. Entre a chegada do livro cá a casa e a minha leitura acabei por ler algumas opiniões sobre o mesmo, algumas muito más, em que diziam ter preferido não ter o livro e outras boas, em que o encanto de Harry Potter se mantém neste livro. Eu sou da segunda opinião, acho que o mundo de Harry Potter está de tal forma construído na minha mente, que não precisei mais do que um guião para gostar do que li.

Este último livro, de uma das mais conhecidas sagas do mundo, volta a trazer as personagens que tão bem conhecemos, Herminone, Ron, Ginny, Draco e o Harry, mas mais personagens são adicionadas, nomeadamente os seus filhos. Se por um lado é estranho imaginar as personagens com quem cresci já com famílias formadas, por outro lado parece que estou a ter um vislumbre dos seus futuros (tal como o meu próprio futuro).

Neste livro, apesar de faltarem as descrições minuciosas de sentimentos, contextos, cenários e personagens (algo típico em guiões), tudo o resto está presente. Todas as dúvidas, todos os receios, todas as sensações de um adolescente como é Albus o filho de Harry. Não falta a aventura, não falta a magia e muito menos a amizade que tão bem caracteriza esta saga. Está tudo lá, todos os ingredientes que tornaram Harry Potter mágico estão lá. Estava de tal forma familiarizada com as personagens e os cenários que nem senti a falta das suas descrições. Tinha de tal forma memorizada os pormenores de todos os outros livros que não tive qualquer problema em apanhar pedaços da história do passado. Foi muito bom ver as personagens crescidas, adultas e com responsabilidades acrescidas, mas sem nunca deixarem de ser quem são. Hermione mantém toda a sua sabedoria, Ron continua a personagem mais divertida de todas e Harry mantém todos os seus receios e o peso do fardo que teve em jovem.

Harry Potter and the cursed child foi sem dúvida um livro que me fez viajar até à minha adolescência, que me fez lembrar as tardes da semana de natal, sentada no sofá, envolvida na manta e agarrada a um livro de Harry Potter.

Este livro foi sem dúvida uma saborosa viagem no tempo, para o passado e para o futuro.

 

10 comentários

Comentar post