Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qua | 06.01.16

Há que ter esperança, não é?

(Imagem retirada da Internet)

 

Entrei em 2016 com um novo espírito. O negativismo ficou para trás, sinto uma paz que não sentia há algum tempo, mas existe um 'mas, como é claro. Tenho-me sentido positiva, esperançosa e até com bastante paciência. Tenho a sensação de que algo bom está para acontecer, mas os meus instintos andam tão desorientados que até tenho medo de lhes dar o mínimo de credibilidade que seja. Porquê? Simples, porque não tenho rigorosamente nada em vista. Aliás, nem anúncios têm surgido na minha área e nem para entrevistas fora da área fui contactada. As coisas continuam iguais, aventuras no IEFP, propostas de emprego fantásticas que depois se demonstram ser uma desilusão e nada de agradável parece surgir. Até para fora da área tenho respondido a tudo e mais alguma coisa, mas nem para uma entrevista sou chamada, o que me deixa ainda mais preocupada. No fundo penso, de onde veio toda esta esperança? Não faço a menor ideia, mas gostava que fosse real e que algo de bom acontecesse para breve, para depois não ter de bater com o nariz no chão e cair novamente na frustração.

Mas há que ter sempre esperança não é?

 

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2