Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qui | 17.12.15

Eu admito... #6

(Imagem retirada da Internet)

 

... Não gosto de usar óculos. 'Ah e tal, está na moda usar-se óculos', mas eu que sou do contra e não gosto!

Há cerca de dez anos que uso óculos, começou por ser só para ler e estudar, mas cada vez que fui ao oftalmologista fui aumentando a graduação e neste momento não vejo a 100% ao longe. Não me entendam mal, eu vejo, só não vejo as letras que dizem o resultado do futebol durante um jogo na televisão e demoro mais tempo a perceber o que está escrito nas placas da auto-estrada, de resto vejo bem. Então, desde os 15 anos que sempre usei os óculos nas salas de aula e em casa, qualquer contacto com o exterior eu tirava os óculos e pousava-os na mesa (daí muitas vezes não saber deles). Este meu hábito manteve-se sempre, fora de casa usava só no cinema para conseguir ver as legendas nitidamente e no trabalho era uma constante, até porque os meus doentes mal me reconheciam sem óculos.

Ora, durante 5 anos fui uma irresponsável e não fui ao oftalmologista até esta semana. Os óculos pareciam-me minimamente bem e só fui porque tive um derrame num olho há cerca de um mês e não me voltei a sentir 'normal'. Lá fui eu e lá perguntou o homem há quanto tempo não punha lá os pés e eu nada disse com vergonha da minha tamanha irresponsabilidade. Lá fez os exames e apesar de estar tudo bem, fiquei desiludida, porque voltou a aumentar a graduação. 'Nada de grave' disse-me ele, mas a minha carteira ficou logo ressentida e disse imediatamente que a situação era grave. Já não gosto de andar de óculos e ainda por cima vou ter de comprar outros? Resposta d'Ele 'És mais pitosga que eu que saí da consulta sem aumentar muito a graduação!', e pronto, no fundo somos dois pitosgas, em que Ele vê melhor que eu.

Arre que lá terei eu de escolher óculos!

17 comentários

Comentar post