Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Ter | 08.08.17

Eu admito... #17

(Imagem retirada daqui)

 

... que não posso beber vinho. E não, não é porque me sobe rápido, nem porque fico logo bem disposta, é simplesmente porque depois tenho pesadelos. Estúpido, eu sei.

Adoro vinho verde branco e gosto especialmente de beber em jantares com amigos, o que não é assim tão frequente, mas nos últimos tempos tenho constatado um facto, nada científico, de que quando bebo vinho a minha noite de sono é bastante atribulada. Não bebo exageradamente, até porque aguento minimamente bem o álcool, mas ainda assim as minhas noites são dignas de um episódio do CSI. Depois de chegar de uma noite com os amigos faço a minha rotina normal antes de ir dormir e quando me deito é tudo perfeitamente normal, tirando o facto de ter pesadelos. São verdadeiras cenas de um thriller, com perseguições tiroteios e eu como personagem principal que se esconde de algo que me persegue. Não é a primeira vez, não é a segunda e nem a terceira vez que tal coisa me acontece depois de beber vinho. É tão ridículo que nem sei como explicar isto... Não acontece com as benditas das caipirinhas, nem com o adorado champanhe. É que nem com a Somersby acontece, é mesmo só com o raio do vinho!

Acho que vou ter de retirar, com muita pena minha, o vinho da minha vida... Ah e admito, isto é realmente ridículo!

 

 

 

21 comentários

Comentar post