Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qua | 17.02.16

Aos meus 25 anos...

(Imagem retirada da Internet)

 

Esperava sem dúvida estar empregada. Festejar os 25 anos com trabalho, com perspectivas de trabalho pelo menos. Mas se assim não o é, que seja no próximo aniversário, daqui a precisamente um ano. No entanto, há que focar as coisas boas, certo?

Ao longo dos últimos 25 anos da minha vida conquistei muita coisa, para além da que falta conquistar. Conquistei esta personalidade de que tanto me orgulho. Consegui tornar-me na pessoa que sempre quis ser, persistente, dura, mas que se derrete com um 'amo-te' ou um 'obrigada por tudo'.

Aos fim de 25 anos viajei e concretizei dos maiores desejos de viajar, Londres e Paris já cá cantam, com muitas outras cidades. Tirei o curso e a carta de condução que sempre estiveram na minha lista de prioridades. Re-apaixonei-me pelos livros.

Com 25 anos já tenho sonhos concretizados, um amor na vida alcançado, viagens registadas e amigos que sei que serão para a vida. Aos 25 anos consegui também deixar para trás as pessoas que não me traziam nada de bom, aquelas que apenas me traziam más sensações.

Aos 25 anos, apesar de tudo, sinto-me feliz. Sinto-me cheia de ambição e de sonhos, e apesar dos últimos tempos difíceis, com força para nunca parar.

Aos 25 anos sinto-me amada por aqueles que me são próximos. Sinto-me uma eterna apaixonada pela vida, pela família e por Ele. 

Hoje, com 25 anos, sinto-me simplesmente eu. E o quão bom é chegarmos aos 25 anos sem arrependimentos, sem necessidade de justificação e tão bem connosco próprios? Acho que é assim que hoje festejo os meus 25 anos, não de tão bem com a vida e as circunstâncias, mas bem comigo mesma.

Viva aos meus 25 anos!

 

28 comentários

Comentar post

Pág. 1/2