Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qua | 06.09.17

A nossa casa #Cozinha

      Eu e Ele andamos em preparação para a criação da nossa casa temporária. Quartos e casa-de-banho já temos, assim como uma pequena sala que pensamos em transformar em escritório. Falta-nos apenas (apenas como quem diz!) estruturar e realizar as obras de uma garagem que será convertida numa cozinha open-space. Sabemos que é o local que ficará mais ao nosso gosto, pois queremos investir pouco nestas obras que serão apenas temporárias, mas também sabemos que é o espaço que mais dores de cabeça vai dar. A primeira vez que começamos a realizar em papel o projecto da nossa sala/cozinha foi em Março (aqui) e desde então só agora no fim de Agosto e início de Setembro é que nos começamos a mexer a sério. Temos andado tão relaxados, sempre com a ideia de 'ainda falta tanto tempo' que temos deixado as coisas passarem para o fundo das nossas prioridades, até que Setembro entrou e nos apercebemos que faltam quase dez meses para o nosso grande dia.

      Tudo o que estava projectado na nossa cabeça e apenas nos planos do IKEA teve de ser começado a falar em voz alta para ver se a motivação nos surgia para começarmos a ter coisas concretas planeadas. Sinceramente nem sei de onde vem esta nossa preguiça, mas hoje sei que andamos a adiar demasiado e que já nos devíamos ter começado a mexer há pelo menos dois meses. Agora sim, começado o mês de Setembro fomos começar a falar com este e com a aquele para nos realizarem as obras e nos darem os respectivos orçamentos. Ainda temos conseguido também focar naquilo que queremos da nossa casa e o que pretendemos alcançar.

page.jpg

      Eu, ainda antes d'Ele existir na minha vida, imaginava uma casa ampla e de fácil manutenção. Móveis lisos e claros, com pouca coisa para limpar e muita arrumação interior. Desejava uma casa clara, com muita luz e conforto. Um conforto aconchegante, um refúgio da rotina, que me permitisse respirar, relaxar e descansar, sem andar sempre preocupada com tarefas domésticas. Assim imagino também a nossa cozinha, que vai ser o valor mais alto do nosso orçamento. Tendo vivido toda a minha vida numa casa com uma cozinha com poucos balcões, dou por mim a imaginar muitos balcões livres para poder preparar massas, para poder cozinhar sem estar sempre a tentar arranjar espaço na bancada. Numa cozinha clara, que o local não tem propriamente muita entrada de luz, e com muita arrumação nos armários, pois não temos dispensa. Não imagino uma cozinha atolada de coisas, imagino um aspecto clean, leve e prático. Sendo uma cozinha open-space decidimos optar por um balcão que servirá de arrumação, em que divida a sala de jantar e estar. Gostamos da combinação de branco com a cor clara da madeira (apesar de me ter apaixonado pela cozinha que mostrei no post do IKEA, só que fica muito fora do nosso orçamento), transmite tranquilidade e serenidade, além de que faz parecer o espaço maior. Como sempre, o Pinterest tem sido a nossa maior fonte de inspiração e com vocês partilho algumas imagens que nos serviram de base para realizar o projecto da nossa cozinha.

2.jpg

      Este espaço será aquele que mais demonstrará a nossa personalidade e o nosso gosto, até porque vai ser remodelado de raiz conforme os nossos gostos. Queremos um chão flutuante claro e de fácil limpeza, mas que tenha alguma resistência para aguentar as gorduras da cozinha e até a utilização diária. Queremos logo ao lado do balcão uma mesa de refeições, facilita-nos o convívio, e é a zona mais próxima da cozinha e ainda faz com que uma única televisão sirva para toda a casa. Gosto desta sensação de termos na nossa cabeça as coisas bem decididas, gosto da sensação de me inspirar em mil e quinhentas imagens e conseguir criar a minha própria visão da casa. Gosto ainda mais da forma como isto tem sido feito, com calma e sem grande stress, pelo menos da minha parte. Ele continua ansioso com a parte orçamental, eu acredito perfeitamente que é concretizável (apesar de ser a que tem mais receios financeiros, sou neste momento a mais positiva dos dois). Gosto que tudo o que escolhemos seja ao pormenor e pensado em nós, para nós. É claro que nesta casa temporária temos mais atenção ao orçamento, mas sabemos que esta é apenas uma amostra do nosso futuro quando começarmos a construção da nossa casa. Não só vamos poder experimentar o conceito de open-space que tantos prós e contras consegue ter, mas também vamos realmente perceber a sua funcionalidade e se um dia iremos ou manter uma cozinha open-space.

      A verdade? A verdade é que todo este processo é cansativo, mas tenho-me sentido concretizada. Sei que tem muitos contras, sei que tem ainda muitos 'ses', mas porra, ver os meus sonhos finalmente ganharem forma é uma coisa simplesmente fantástica!

      Finalmente começo a imaginar-nos a viver os nossos primeiros anos de vida em conjunto!

 

23 comentários

Comentar post