Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justsmile

Qua | 01.02.17

A minha opção preferida no Facebook

Sem Título.png

Apesar de já ter sobrevivido um mês sem Facebook e de cada vez menos lhe dar importância, gosto de lá passar para ver as últimas novidades de empresas, lojas e notícias de páginas que sigo. No entanto, ao longo do tempo fui adicionando páginas e páginas de coisas que em nada me dizem. Desde procura de casas (que neste momento já não faz parte do meu interesse) a páginas de materiais de Terapia da Fala que neste momento me são praticamente inúteis. Até adicionei todas as sugestões de páginas que me davam, ou de amigos que me convidavam para gostar. Por vezes, fazia-o mais por solidariedade do que propriamente por interesse. É verdade que em tempos essas páginas me poderão ter sido úteis, mas como tudo na vida, a fase passou e agora simplesmente me incomodavam. Tinha tanto, mas tanto lixo visual no feed do meu Facebook que por vezes desistia de o abrir apenas por isso, para não ver coisas que não me apeteciam. Até ao momento em que aprendi uma das melhores opções que já vi no Facebook 'Ocultar tudo de...'

Et voilá! Fez-se luz na minha vida! O meu Facebook está limpo (ou pelo menos vai ficando) e começo apenas a ver coisas que me são essenciais e úteis para o meu dia-a-dia. No meio de todas aquelas coisas desinteressantes voltei a ver as sugestões de receitas que tanto gostava, as ideias de decoração e de construção que me levam a idealizar a casa perfeita. Finalmente, depois de começar a limpar o meu feed consegui voltar a ver as notícias que realmente me interessam e até consigo ver mais publicações de amigos. Tudo o que já não me é útil, interessante ou que simplesmente me é aborrecido leva com a opção de 'ocultar tudo...'. A informação fica apenas para mim, mais ninguém fica a saber o que sigo ou deixo de seguir, mas finalmente começo a seleccionar e a filtrar as coisas que quero.

Hoje é o dia em que cada vez que vou ao Facebook raramente não uso o botão de 'ocultar tudo'. É uma espécie de destralhar tudo o que não me interessa, quase como um processo de minimalismo. Digam lá que não é um botão fantástico!

 

8 comentários

Comentar post