Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

Qua | 06.09.17

A nossa casa #Cozinha

      Eu e Ele andamos em preparação para a criação da nossa casa temporária. Quartos e casa-de-banho já temos, assim como uma pequena sala que pensamos em transformar em escritório. Falta-nos apenas (apenas como quem diz!) estruturar e realizar as obras de uma garagem que será convertida numa cozinha open-space. Sabemos que é o local que ficará mais ao nosso gosto, pois queremos investir pouco nestas obras que serão apenas temporárias, mas também sabemos que é o espaço que mais dores de cabeça vai dar. A primeira vez que começamos a realizar em papel o projecto da nossa sala/cozinha foi em Março (aqui) e desde então só agora no fim de Agosto e início de Setembro é que nos começamos a mexer a sério. Temos andado tão relaxados, sempre com a ideia de 'ainda falta tanto tempo' que temos deixado as coisas passarem para o fundo das nossas prioridades, até que Setembro entrou e nos apercebemos que faltam quase dez meses para o nosso grande dia.

      Tudo o que estava projectado na nossa cabeça e apenas nos planos do IKEA teve de ser começado a falar em voz alta para ver se a motivação nos surgia para começarmos a ter coisas concretas planeadas. Sinceramente nem sei de onde vem esta nossa preguiça, mas hoje sei que andamos a adiar demasiado e que já nos devíamos ter começado a mexer há pelo menos dois meses. Agora sim, começado o mês de Setembro fomos começar a falar com este e com a aquele para nos realizarem as obras e nos darem os respectivos orçamentos. Ainda temos conseguido também focar naquilo que queremos da nossa casa e o que pretendemos alcançar.

page.jpg

      Eu, ainda antes d'Ele existir na minha vida, imaginava uma casa ampla e de fácil manutenção. Móveis lisos e claros, com pouca coisa para limpar e muita arrumação interior. Desejava uma casa clara, com muita luz e conforto. Um conforto aconchegante, um refúgio da rotina, que me permitisse respirar, relaxar e descansar, sem andar sempre preocupada com tarefas domésticas. Assim imagino também a nossa cozinha, que vai ser o valor mais alto do nosso orçamento. Tendo vivido toda a minha vida numa casa com uma cozinha com poucos balcões, dou por mim a imaginar muitos balcões livres para poder preparar massas, para poder cozinhar sem estar sempre a tentar arranjar espaço na bancada. Numa cozinha clara, que o local não tem propriamente muita entrada de luz, e com muita arrumação nos armários, pois não temos dispensa. Não imagino uma cozinha atolada de coisas, imagino um aspecto clean, leve e prático. Sendo uma cozinha open-space decidimos optar por um balcão que servirá de arrumação, em que divida a sala de jantar e estar. Gostamos da combinação de branco com a cor clara da madeira (apesar de me ter apaixonado pela cozinha que mostrei no post do IKEA, só que fica muito fora do nosso orçamento), transmite tranquilidade e serenidade, além de que faz parecer o espaço maior. Como sempre, o Pinterest tem sido a nossa maior fonte de inspiração e com vocês partilho algumas imagens que nos serviram de base para realizar o projecto da nossa cozinha.

2.jpg

      Este espaço será aquele que mais demonstrará a nossa personalidade e o nosso gosto, até porque vai ser remodelado de raiz conforme os nossos gostos. Queremos um chão flutuante claro e de fácil limpeza, mas que tenha alguma resistência para aguentar as gorduras da cozinha e até a utilização diária. Queremos logo ao lado do balcão uma mesa de refeições, facilita-nos o convívio, e é a zona mais próxima da cozinha e ainda faz com que uma única televisão sirva para toda a casa. Gosto desta sensação de termos na nossa cabeça as coisas bem decididas, gosto da sensação de me inspirar em mil e quinhentas imagens e conseguir criar a minha própria visão da casa. Gosto ainda mais da forma como isto tem sido feito, com calma e sem grande stress, pelo menos da minha parte. Ele continua ansioso com a parte orçamental, eu acredito perfeitamente que é concretizável (apesar de ser a que tem mais receios financeiros, sou neste momento a mais positiva dos dois). Gosto que tudo o que escolhemos seja ao pormenor e pensado em nós, para nós. É claro que nesta casa temporária temos mais atenção ao orçamento, mas sabemos que esta é apenas uma amostra do nosso futuro quando começarmos a construção da nossa casa. Não só vamos poder experimentar o conceito de open-space que tantos prós e contras consegue ter, mas também vamos realmente perceber a sua funcionalidade e se um dia iremos ou manter uma cozinha open-space.

      A verdade? A verdade é que todo este processo é cansativo, mas tenho-me sentido concretizada. Sei que tem muitos contras, sei que tem ainda muitos 'ses', mas porra, ver os meus sonhos finalmente ganharem forma é uma coisa simplesmente fantástica!

      Finalmente começo a imaginar-nos a viver os nossos primeiros anos de vida em conjunto!

 

Qua | 06.09.17

L - Livro mais longo que já leste

L - Livro mais longo que já leste

 

Se formos a considerar um livro que foi dividido em dois, o livro mais longo que já li foi Guerra e Paz de Lev Tostoi, em conjunto os livros da Edições Saída de Emergência têm mais de 1300 páginas. Se isso não contar, provavelmente o livro que li com mais páginas terá sido Harry Potter e a Ordem da Fénix com mais de 870 páginas, curiosamente um dos meus livros preferidos da saga Harry Potter. Se li maior, lamento, mas não me recordo.

 

Por 26 dias, euMagda PaisMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoHappyCarla B. e Princesa Sofia respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados no Sapoblogs com esta tag.