Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

Sex | 10.03.17

After You (3/20)

 

Há bem pouquinho tempo li o livro Me Before You e no fim, apenas fiquei a pensar em como era possível fazer um segundo livro depois de um final trágico daqueles. A história parecia-me impossível de ter continuidade sem Will, não me parecia fazer muito sentido, no entanto a minha curiosidade e teimosia levaram a sua a avante e acabei por ler o livro. Este não é um livro sobre amor, mas sim sobre a perda. Se a maioria dos livros terminam e ali ficam, mesmo com finais tristes, este teve a sua continuidade e isso foi uma novidade para mim, um livro sobre a vida de quem fica depois da morte de alguém querido. 

Esta é a história de Louisa, a história da sua sobrevivência, do reencontro com a vida depois da morte de Will. Esta é a história de luto, de solidão e de tristeza, mas também de como encontrar o seu caminho para uma nova vida, uma nova luz. Depois da perda de Will, Louisa ficou perdida na vida, o amor da sua vida tinha morrido por opção, nem sei se era isso que lhe pesava mais na alma ou simplesmente a sua perda. No devaneio de uma bebedeira Louisa cai de um prédio e vê-se também numa cama. Recuperou, mas a queda levou-a a procurar um grupo de pessoas que faziam luto e onde uma parte de um novo capítulo começa. A história não fica por aqui, além da dor que é uma constante, da saudade e das memórias, há também neste livro o reencontro com o amor, com a luta por uma vida melhor e com a descoberta de uma filha de Will que ninguém imaginava existir.

É um livro ligeiramente mais 'pesado' que o primeiro, com sentimentos menos positivos, em que há momentos me irritaram e me deixaram na dúvida senão reagiria de outra forma. É um livro também sobre uma adolescente irritante que apesar de todas as dificuldades que a vida lhe impôs, apenas me apetece achocalhá-la e mostrar que tem de estar grata por ter conhecido Louisa. É nessa relação com Louisa e Lilly que o livro mais se foca e acho que foi nessa parte que mais falhou, Lilly usou e abusou (na minha honesta opinião) de quem a queria ajudar, mas ainda assim termina tudo bem. É mais um livro sobre as inseguranças de Louisa, ainda mais vincadas, mas também sobre como a personagem cresceu com todos os acontecimentos e que quando começou a acreditar, as coisas começaram realmente a melhorar.

Não apreciei propriamente o livro, mas gostei do facto de ter uma nova perspectiva sobre o luto. Para mim foi algo novo, algo que ainda não tinha lido e ver o outro lado de um final triste mostrou-me um bocadinho da realidade da vida, da luta para continuar a viver depois da perda. Gostei do facto de não ser a história perfeita, em que tudo acaba cor-de-rosa e são felizes para sempre, no entanto faltou-lhe algo. Não sei bem explicar o quê, mas sinto que este livro falhou na sensatez. É estranho eu sei, mas fiquei com a sensação que poderia ter sido um livro melhor do que realmente foi.

Ainda assim, a M.J. preferiu não ler a sua continuação, eu li e leria outra vez, sou demasiado curiosa para isso, mas acho a opção da M.J. a mais sensata.

 

"You never know what will happen when you fall from a great hight."