Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

justsmile

Qua | 08.03.17

As mulheres da minha vida

(Imagem retirada daqui)

 

Durante toda a minha infância estive rodeada de mulheres. Cresci com a minha avó, a minha mãe, tias e primas, já para não falar da minha irmã. Sempre tive as mulheres da minha família como modelos a seguir enquanto crescia. Mulheres fortes, que sempre trabalharam (com excepção da minha avó), mulheres que lutaram contra todas as advertências da vida. Hoje consigo ver-lhes os defeitos, as fraquezas, as coisas que eu faria diferente, mas quando era criança queria ser como elas. Como as tias que lutaram para estudar e ser alguém um dia. Ser como a mãe que trabalhava até tarde, mas que raramente se queixava. Ter a paciência da avó e aquela mão perfeita para o arroz de polvo. Ser desenrascada como a madrinha e com a sinceridade dela. Ser tão independente como a irmã. Ser destemível como a prima.

Na minha infância vi-me rodeada de mulheres fortes, que sobreviveram a muita coisa com a qual eu talvez não soubesse lidar. Vi-me rodeada de um misto de modelos em que de cada uma delas consegui tirar o bom e consegui integrar na pessoa que sou hoje. É graças a todas essas mulheres da minha vida que sou quem sou hoje. É graças às conversas com elas, às ajudas que me deram para crescer e às vezes que me 'puxaram as orelhas' para que tivesse de crescer.

Obrigada às mulheres da minha vida por serem belos exemplos!